Moon pool

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Moon pool diagrams.PNG

Moon pool é uma parte essencial das plataformas petrolíferas, dos navios de perfuração, dos navios de apoio ao mergulho, de alguns navios para pesquisas marinhas e exploração subaquática e dos habitats subaquáticos. É uma abertura no chão ou na base do casco, plataforma ou câmara, que dá acesso à água abaixo, permitindo que técnicos ou pesquisadores introduzam ferramentas e instrumentos de medida no mar. Ela fornece abrigo e proteção, de modo que, mesmo que o navio esteja em alto-mar, ou cercado por gelo, os pesquisadores possam trabalhar confortavelmente e não num convés exposto às intempéries. Uma moon pool também permite a mergulhadores ou pequenas embarcações submersíveis entrar ou sair da água com facilidade e num ambiente mais protegido.

Moon pools podem ser utilizadas em câmaras abaixo do nível do mar, especialmente para o uso de mergulhadores, e o seu projeto exige uma consideração mais complexa da pressão do ar e da água atuando na superfície da moon pool.

Primeiro uso em exploração de petróleo no mar[editar | editar código-fonte]

As moon pools se originaram na indústria de exploração do petróleo, onde são usadas em perfurações no mar ou em lagos, para passar o equipamento de perfuração para a água a partir de uma plataforma ou navio de perfuração.[1] Os tubos de perfuração precisam descer verticalmente através da estrutura ou do casco e a moon pool fornece os meios para fazer isso.

Tipos e estruturas associadas[editar | editar código-fonte]

Acima da linha de flutuação[editar | editar código-fonte]

Numa plataforma de perfuração, a moon pool fica geralmente acima do nível do mar e é aberta para o ar acima e abaixo. O navio de investigação Western Flyer (na imagem) possui uma moon pool acima da linha de flutuação, tal qual o seu design SWATH (casco-duplo) permite. Veja a parte A do diagrama. A câmara acima da moon pool também está conectada ao ar aberto, através de escadas e passagens.

Na linha de flutuação[editar | editar código-fonte]

Em um navio monocasco, a parte inferior do casco está abaixo do nível do mar e a água sobe dentro da abertura da moon pool, de modo que, de dentro do casco, a moon pool se parece com uma piscina no chão. A água não entrará no casco e afundará o navio, desde que os lados da moon pool se estendam por dentro do casco acima da linha de flutuação, como mostrado na parte B do diagrama. Este tipo de moon pool também é aberta para o ar acima do navio. As portas seriam usadas para fechar o fundo da moon pool quando o navio estiver em movimento ou em condições meteorológicas adversas. Os lados da moon pool são completamente profundos porque precisam ser maiores do que o projeto do navio por uma margem de segurança.

Abaixo da linha de flutuação[editar | editar código-fonte]

É possível ter uma moon pool abaixo da linha de flutuação e para manter a água fora da câmara acima dela, a câmara deve ser hermética, ao invés de aberta para a atmosfera. Este arranjo é mostrado na parte C do diagrama. A pressão do ar dentro da câmara impede que a água suba até o nível do mar. Para manter a câmara hermética, o acesso da câmara ao resto do navio é feito através de uma câmara de ar com portas herméticas. O design do navio e de seus sistemas de segurança precisa levar em conta a possibilidade de um vazamento de ar ou a falha catastrófica da câmara.

Neste arranjo, os lados da moon pool podem ser razoavelmente rasos e podem ser usados num navio de tração profunda, sem desperdício de espaço.

Em habitats subaquáticos[editar | editar código-fonte]

Exemplos de habitats subaquáticos que utilizam moon poolsː[editar | editar código-fonte]

Tripulantes da NEEMO 13 na moon pool do habitat Aquarius.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]