Morato Arrais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o pirata holandês, veja Jan Janszoon van Haarlem.
Morato Arrais
Nascimento 1534
Morte 1609 (75 anos)
Cidadania Império Otomano
Ocupação corsário, pirata

Morato Arrais[1] ou Murade Reis[2] (em turco: Murat Reis; Albânia, c. 1535 - Vlore, 1638) foi um almirante corsário albanês muçulmano otomano, que viveu no século XVI. É considerado um dos mais importantes corsários bárbaros.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Quando tinha 11 anos foi capturado pelo pirata Cara Ali Reis. Navegou com ele até Cari Ali Reis falecer, 20 anos mais tarde. Murat continuou então a atividade pirata por sua conta.

Atacou a Espanha e os estados italianos em terra e no mar, tendo mesmo capturado um barco com o pavilhão do Papa. Cerca de 1580 tornou-se conhecido por atacar navios e cidades cristãs. Foi morto enquanto mantinha sob cerco a cidade de Vlorë, em 1609.[3]

Referências

  1. Sousa 1945, p. 602.
  2. Alves 2014, p. 667.
  3. a b Konstam, Angus (2008). Piracy: the complete history. [S.l.]: Osprey Publishing. p. 89. ISBN 1-84603-240-7 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Alves, Adalberto (2014). Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa. Lisboa: Leya. ISBN 9722721798 
  • Sousa, Manuel de Faria e. Asia portuguesa: - Volume 1. Porto: Livraria Civilização