Morro Dois Irmãos (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Morro Dois Irmãos visto da Praia de Ipanema

Morro Dois Irmãos é uma formação rochosa no bairro do Vidigal, no Rio de Janeiro. Seu topo com 533 metros de altitude acima do nível do mar é mais alto que o Pão de Açúcar (395 m) porém inferior ao Corcovado (704 m)[1] este pode ser atingido por meio de uma trilha de 1,5 km de extensão.[2][3] Também no parque se encontram uma escultura assinada por Oscar Niemeyer e um memorial dedicado pela Air France em homenagem às vítimas do voo AF-447.

O morro atrai turistas que desejam seguir pela trilha que leva ao seu topo. Do alto é possível ver toda a extensão das praias do Leblon, Ipanema e Copacabana, a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Gávea, o Cristo Redentor, a comunidade da Rocinha e o bairro de São Conrado. O acesso à trilha se situa próximo ao Campo do Vidigal e do Anfiteatro Vila Olímpica, e o trajeto até o topo dura em torno de 50 minutos.[carece de fontes?]

História[editar | editar código-fonte]

Em seu entorno foi criado, em 1992, o Parque Natural Municipal do Penhasco Dois Irmãos, que ocupa uma área de 39,55 hectares.[4] As terras vizinhas, que haviam sido utilizadas nos séculos XV e XVI como pastos e lavouras, e em seguida transformadas em canaviais até o século XIX, foram loteadas para ocupação urbana na década de 1930. As casas e edifícios construídos na região deram origem ao que ficou conhecido como Alto Leblon.[5] Desde 2011 o parque é autossuficiente energeticamente, graças à instalação de painéis de energia solar.[6]

Fauna e flora[editar | editar código-fonte]

A vegetação do parque inclui espécies ameaçadas de extinção, entre elas as orquídeas "orquídea das pedreiras", o "antúrio das pedras" e a "velózia branca", assim como diversos tipos de bromélias. A área é habitada por micos-estrela (Callithrix penicillata), esquilos (Sciurus vulgaris), gambás (Mephitidae), morcegos (Microchiroptera), além de aves como a coruja orelhuda (Asio clamator), o gavião carijó (Buteo magnirostris), o pica-pau do campo (Colaptes campestris) e a Morpho peleides.[7]

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

O pico foi citado por Chico Buarque na canção Morro Dois Irmãos ("Dois Irmãos, quando vai alta a madrugada/E a teus pés vão-se encostar os instrumentos")[8] e também por Antônio Cícero, na letra de Virgem, de Marina Lima ("As luzes brilham no Vidigal/E não precisam de você/Os Dois Irmãos também não precisam").[9]

Trilha[editar | editar código-fonte]

A trilha do Morro Dois Irmãos é uma das que possui melhor relação entre esforço físico e beleza. Não é muito exigente e compensa com visuais incríveis e ainda pouco conhecidos da Zona Sul carioca.

Ao chegar ao topo você consegue ver o Rio de Janeiro em 360º, com vista para Rocinha, Pedra da Gávea, Pedra Bonita, São Conrado, Lagoa Rodrigo de Freitas e outros atrativos da Zona Sul. Ali você entende o porquê de falarem que a Lagoa Rodrigo de Freitas ter formato de coração, fica muito claro isso. Aproveite para descansar, tirar muitas fotos, fazer um lanche e repor suas energias para a descida.[10] Para um melhor aproveitamento do dia e para guardar energias para a trilha, é possível ir mototaxi da Av. Niemayer até a base da trilha que sobe até o topo do Morro do Vidigal. Os mototaxistas oferecem capacete para uso no trajeto.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. " Wandern auf dem Morro Dois Irmãos" Erlebnis Rio de Janeiro - Wandern auf dem Morro Dois Irmãos
  2. Trilha do Morro Dois Irmãos. Trilha Dois Irmãos
  3. Parque Penhasco Dois Irmãos. O Globo - Rio Show
  4. Visual deslumbrante atrai cariocas e turistas para o Dois Irmãos. O Globo, 24 de agosto de 2013
  5. [http://vejario.abril.com.br/blog/trilhas-cariocas/tags/penhasco-dois-irmaos Penhasco Dois Irmãos ]. Trlhas Cariocas - Veja Rio
  6. Parque Natural Municipal do Penhasco - Dois Irmãos - arquiteto Sérgio Bernardes. Rio Guia Oficial
  7. "Parque Natural Municipal Penhasco Dois Irmãos" Fauna und Flora
  8. Morro Dois Irmãos. Letras.mus.br
  9. Virgem. Letras.mus.br
  10. «Roteiro da Trilha do Morro Dois Irmãos - Vamos Trilhar». Vamos Trilhar - Trilhas, aventuras e esportes radicais. Consultado em 3 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]