Mortal Kombat (filme de 1995)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mortal Kombat
Cartaz de lançamento
No Brasil Mortal Kombat
Em Portugal Combate Mortal
 Estados Unidos
1995 •  cor •  101 min 
Direção Paul W.S. Anderson
Roteiro Kevin Droney
Elenco Robin Shou
Linden Ashby
Bridgette Wilson
Christopher Lambert
Talisa Soto
Gênero ação, fantasia
Lançamento
  • 18 de agosto de 1995 (1995-08-18) (Estados Unidos)[1]
  • 29 de setembro de 1995 (1995-09-29) (Brasil)[2]
Idioma inglês
Cronologia
Mortal Kombat 2: A Aniquilação

Mortal Kombat (bra: Mortal Kombat[2]; prt: Combate Mortal[3]) é um filme de 1995, dirigido por Paul W. S. Anderson, que adaptou para as telas o videogame de mesmo nome. Lançado um ano depois de Street Fighter e dois anos depois de Super Mario Bros., Mortal Kombat foi lançado em 9 de fevereiro de 1996 em Portugal. É um dos poucos filmes adaptados de videogames que teve grande repercussão. Em 1997 foi lançada uma sequência, Mortal Kombat: Annihilation.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Três lutadores talentosos são atraídos para uma ilha misteriosa onde enfrentarão inimigos terríveis, como o espectro Scorpion e o lin kuei Sub-Zero num combate decisivo. Sonya Blade é uma agente das forças especiais americana, Johnny Cage é um vaidoso ator de filmes de ação e Liu Kang é um legitimo monge shaolin. Eles foram os escolhidos para defender o destino da humanidade no torneio milenar, o Mortal Kombat. Com a proteção do poderoso deus do trovão Raiden, eles terão de superar seus maiores medos e inseguranças para derrotar o até então atual campeão do torneio, o shokan de quatro braços Goro, e o maligno feiticeiro Shang Tsung para vencer o décimo torneio de Mortal Kombat e salvar o Plano Terreno.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagens Estados Unidos Elenco Original
Raiden Christopher Lambert
Liu Kang Robin Shou
Johnny Cage Linden Ashby
Shang Tsung Cary-Hiroyuki Tagawa
Sonya Blade Bridgette Wilson
Princesa Kitana Talisa Soto
Kano Trevor Goddard
Monge chefe John Fujioka
Assistente do Diretor Daniel Haggard
Diretor Sandy Helberg
Chan Kang Steven Ho
Mestre Boyd Peter Jason
Avô de Liu Kang Lloyd Kino
Jax Briggs Gregory McKinney
Shao Kahn Frank Welker
Goro Frank Welker

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme faturou US$127 milhões no mundo inteiro, sendo a maior bilheteria de um filme baseado em jogo até Pokémon: The First Movie.[1]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No agregador de críticas dos Estados Unidos, o Rotten Tomatoes, na pontuação onde a equipe do site categoriza as opiniões da grande mídia e da mídia independente apenas como positivas ou negativas, o filme tem um índice de aprovação de 45% calculado com base em 44 comentários dos críticos. Por comparação, com as mesmas opiniões sendo calculadas usando uma média aritmética ponderada, a nota alcançada é 4,8/10 que é seguida do consenso: "Apesar de uma atmosfera de outro mundo eficaz e visuais apropriadamente bregas, Mortal Kombat sofre com seu enredo mal construído, diálogo risível e atuação abaixo da média."[4]

Em outro agregador de críticas também dos Estados Unidos, o Metacritic, que calcula as notas das opiniões usando somente uma média aritmética ponderada de determinados veículos de comunicação em maior parte da grande mídia, o filme tem uma pontuação de 58 entre 100, alcançada com base em 12 avaliações da imprensa anexadas no site, com a indicação de "revisões mistas ou neutras".[5]

Premiações[editar | editar código-fonte]

BMI Film & TV Awards 1996 - Melhor Música (George S. Clinton)

Referências

  1. a b «Mortal Kombat (1995)». Box Office Mojo (em inglês). Estados Unidos: IMDb. Consultado em 13 de setembro de 2022 
  2. a b «Mortal Kombat». AdoroCinema. Brasil: Webedia. Consultado em 20 de maio de 2021 
  3. «Combate Mortal». SAPO Mag. Portugal: Altice Portugal. Consultado em 20 de maio de 2021 
  4. «Mortal Kombat». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2022 
  5. «Mortal Kombat». Metacritic (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2022