Mortimer Wheeler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sir Robert Eric Mortimer Wheeler (1890-1976) foi um dos principais arqueólogos britânicos do século XX, criador do método estratigráfico para escavações e estudo de sítios arqueológicos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Glasgow, na Escócia, em 10 de setembro de 1890, Mortimer Wheeler estudou na Universidade de Londres, obtendo o mestrado em 1912. Já em 1913 começou a trabalhar com uma bolsa concedida pela universidade em conjunto com a Sociedade de Antiquários de Londres, cujo valor foi dobrado pelo arqueólogo e professor Sir Arthur Evans do próprio bolso. No entanto, foi convocado para lutar durante a Primeira Guerra Mundial, sendo comissionado para a França e depois para a Alemanha no período final da guerra.

Foi diretor do Museu Nacional de Gales de 1920 a 1926, e administrador do Museu de Londres de 1926 a 1944. Suas escavações em solo britânico incluíram o sítio pré-histórico do Castelo Maiden, em Dorset, a cidade romana de Verulâmio (St. Albans) e as fortificações antigas de Stanwick. Com o início da Segunda Guerra Mundial, alistou-se novamente e lutou em brigadas anti-aéreas no norte da África e na Itália.

Ao voltar às atividades civis, tornou-se diretor geral da das escavações britânicas na Índia, explorando detalhadamente os sítios de Moenjodaro e Harapa, principais cidades da Civilização do Vale do Indo. Em 1952 obteve o título de Sir, como reconhecimento pelos seus trabalhos em Arqueologia.

Motimer Wheeler se tornou bastante conhecido do grande público britânico, graças aos seus livros e às suas participações em programas de rádio e TV.

Inovações metodológicas[editar | editar código-fonte]

Mortimer Wheeler foi pioneiro no uso de estratigrafia para estudar as ocupações sucessivas em sítios arqueológicos e criou um método de grades para catalogar melhor a posição dos achados nos sítios, posteriormente aperfeiçoado pela arqueóloga Kathleen Kenyon. Influenciado pela metodologia de Pitt Rivers, Wheeler procurou sistematizar o máximo possível o estudo e a catalogação de todos os artefatos do sítio, registrando-os como foram encontrados nas suas posições exatas. Wheeler também procurou publicar o mais rápido possível os resultados de suas escavações, procurando fazer um retrato completo mas inteligível dos sítios a um publico mais amplo.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • The excavation of Maiden Castle, Dorset : second interim report (1936).
  • Five thousand years of Pakistan; an archaeological outline (1950).
  • Reports of the Research Committee of the Society of Antiquaries of London No.XVII: The Stanwick Fortifications, North Riding of Yorkshire (1954).
  • Archaeology from the earth (1954).
  • Roman art and architecture (1964).
  • Civilizations of the Indus Valley and beyond (1966).
  • Early India and Pakistan: to Ashoka (1970). (edição em português: Índia e Paquistão, Verbo, 1972.)


Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.