Mosteiro de Las Huelgas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mosteiro de Las Huelgas
Mosteiro de Santa María la Real de Las Huelgas
Estilo dominante românico, almóada e gótico
Arte cisterciense
Início da construção 1181
Fim da construção 1222
Religião Catolicismo
Ano de consagração 1187
Geografia
País Espanha
Local Burgos, Castela e Leão
Notas: Patrimônio Nacional da Espanha

O Mosteiro de Santa María la Real de Las Huelgas é um mosteiro feminino em Burgos, na Espanha. Foi fundado pelo rei Afonso VIII de Castela e pela sua jovem esposa, a princesa de Inglaterra Leonor Plantageneta, filha de Leonor de Aquitânia e de Henrique II de Inglaterra, em 1187.

Na Idade Média, foi o mais importante mosteiro feminino de Castela, albergando raparigas pertencentes à alta nobreza e da família real castelhana.

Possui uma biblioteca, onde as freiras guardavam livros de diferentes e numerosos temas, alguns até proibidos pela Igreja Católica. Um famoso livro compilado e armazenado nesta biblioteca por vários séculos é o códice de Las Huelgas.

Sepultamentos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]