Mosteiro de Stakna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mosteiro de Stakna
O Mosteiro de Stakna visto da margem do rio Indo
Nomes alternativos Gompa de Stakna
Tipo gompa
Estilo dominante tibetano
Construção fim do século XVI
Aberto ao público Sim
Religião Budismo tibetano
Geografia
País  Índia
Estado Jamu e Caxemira
Distrito Leh
Região Ladaque
Coordenadas 34° 0' 18" N 77° 41' 7" E
Mosteiro de Stakna está localizado em: Jammu e Caxemira
Mosteiro de Stakna
Localização do Mosteiro de Stakna em Jamu e Caxemira

O Mosteiro de Stakna ou Gompa de Stakna é um mosteiro budista tibetano (gompa) do Ladaque, no estado de Jamu e Caxemira, noroeste da Índia. Situa-se no cimo duma escarpa abruta, que faz lembrar um pedestal natural, que se ergue na margem esquerda (ocidental) do rio Indo, 25 km a sudeste de Leh, a 3 300 metros de altitude.

Foi fundado no final do século XVI por um académico e santo butanês, Chosje Jamyang Palkar e pertence à seita Drukpa Kagyu. O nome significa literalmente "focinho de tigre" e deve-se ao facto do monte escarpado onde se ergue ter a forma de um focinho de tigre. Entre os seus artefactos destaca-se uma estátua sagrada de Arya Avalokiteshvara de Kamrup, no Assam. O mosteiro de Stakna tem vários mosteiros seus dependentes, pelo menos formalmente, nomeadamente os de Mud e Kharu e, no Zanskar, Stakrimo, Bardan Sani.[1]

Referências

  1. «Stakna Gompa» (em inglês). www.buddhist-temples.com. Consultado em 31 de outubro de 2016 

Conteúdo relacionado com Stakna no Wikimedia Commons

Ícone de esboço Este artigo sobre Monumento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.