Movimento de Esquerda Verde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Movimento da Esquerda Verde
Vinstrihreyfingin-grænt framboð
Presidente Katrín Jakobsdóttir (Formaður)
Fundação 1999
Sede Reiquiavique,  Islândia
Ideologia Socialismo democrático
Ecossocialismo
Pacifismo
Feminismo
Eurocepticismo
Espectro político Esquerda
Afiliação europeia Esquerda Nórdica Verde
Parlamento da Islândia
10 / 63
Cores Verde e Vermelho
Página oficial
www.vg.is

O Movimento de Esquerda Verde (em islandês Vinstrihreyfingin-grænt framboð, também conhecido como VG) é um partido político de esquerda da Islândia.[1][2][3]

O partido foi fundado em 1999, por membros de diversos partidos de esquerda, que se opunham à unificação de partidos de esquerda e de centro-esquerda que resultou na fundação da Aliança Social Democrática[4].

Ideologicamente, o partido situa-se à esquerda do espectro político da Islândia, seguindo uma linha próxima do socialismo democrático, do ecossocialismo, do feminismo e do ambientalismo[5][6]. O partido rejeita a integração islandesa na União Europeia e, também, rejeita o envolvimento da Islândia na NATO[7].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Líder Cl. Votos % +/- Deputados +/- Status
1999 Steingrímur J. Sigfússon 4.º 15 115
9,1 / 100,0
6 / 63
Oposição
2003 Steingrímur J. Sigfússon 4.º 16 129
8,8 / 100,0
Baixa0,3
5 / 63
Baixa1 Oposição
2007 Steingrímur J. Sigfússon 3.º 26 136
14,3 / 100,0
Aumento5,6
9 / 63
Aumento4 Oposição
2009 Steingrímur J. Sigfússon 3.º 40 581
21,6 / 100,0
Aumento7,3
14 / 63
Aumento5 Governo
2013 Katrín Jakobsdóttir 4.º 20 546
10,8 / 100,0
Baixa10,8
7 / 63
Baixa7 Oposição
2016 Katrín Jakobsdóttir 2.º 30 166
15,9 / 100,0
Aumento5,0
10 / 63
Aumento3 Oposição

Referências

  1. «Political Parties» (em inglês). Parlamento da Islândia (Althingi). Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  2. «VELKOMIN Á HEIMASÍÐU VG» (em islandês). Vinstrihreyfingin - grænt framboð. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  3. «The Left-Green Movement of Iceland (Vinstrihreyfingin - grænt framboð)» (em inglês). The Nordic Council. Consultado em 13 de dezembro de 2016 
  4. grapevine.is (8 de abril de 2013). «Vinstrihreyfingin–Grænt Framboð ("The Left-Green Movement") Interviewed - The Reykjavik Grapevine». The Reykjavik Grapevine (em inglês) 
  5. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». www.parties-and-elections.eu. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  6. grapevine.is (8 de abril de 2013). «Vinstrihreyfingin–Grænt Framboð ("The Left-Green Movement") Interviewed - The Reykjavik Grapevine». The Reykjavik Grapevine (em inglês) 
  7. grapevine.is (8 de abril de 2013). «Vinstrihreyfingin–Grænt Framboð ("The Left-Green Movement") Interviewed - The Reykjavik Grapevine». The Reykjavik Grapevine (em inglês)