Mr. Magoo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme de 1997 estrelado por Leslie Nielsen e baseado no desenho animado, veja Mr. Magoo (filme).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mr. Magoo
Mister Magoo e Companhia (PT)
Mr. Magoo (BR)
Mr. Magoo e seu cachorro de estimação, McBarker.
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Duração Aprox. 6 minutos
Criador(es) Millard Karfman
John Hubley
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) John Hubley
Narrador(es) Antônio Celso
Elenco José Soares
Exibição
Emissora de televisão original NBC
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 194924 de dezembro de 1977
N.º de episódios 130

Mr. Magoo ("Sr. Magoo") é um desenho animado criado pela United Productions of America. O personagem principal, Quincy Magoo, é um velhinho baixo, careca e com grave deficiência visual que se envolve em situações cômicas e perigosas devido à sua pouca visão.

A primeira exibição deste desenho foi em 1949, com a curta The Ragtime Bear. Mais tarde, transmitida na NBC.

No Brasil, foi exibido na Rede Tupi nos anos 60 e 70. Mais tarde, foi exibido no SBT nos anos 80.

Em Portugal, ficou conhecido como "Mister Magoo e Companhia". Estreou na RTP nos anos 70, na rubrica "Cinema de Animação", na versão original. Em 2008, a RTP Memória passou alguns episódios do personagem através da série americana "Totally Tooned In" (1999), na versão original com legendas em português.

Sr. Magoo recebeu dois Oscars: When Magoo Flew (1955) e Mr. Magoo's Puddle Jumper (1956).

História[editar | editar código-fonte]

Mr. Magoo (1949 - 1959)[editar | editar código-fonte]

Em 29 de setembro de 1949, surgiu a primeira curta metragem cinematográfica intitulada The Ragtime Bear, lançada pela Columbia Pictures. Com o sucesso, foram produzidas mais curtas metragens, até 1959, ano em que se decidiu criar um programa para a televisão, devido ao incrível sucesso dos desenhos animados na televisão. A última curta lançada foi 1001 Arabian Nights.

Teve um total de 54 curtas metragens.

The Mr. Magoo Show (1960 - 1961)[editar | editar código-fonte]

Em 1960, surgiu a primeira série televisiva do personagem, com um total de 130 episódios, transmitidos pela NBC.

No genérico, podemos ver Mr. Magoo a arranjar problemas devido à sua falta de visão com um comboio, uma quinta, um montanha russa e um poste de eletricidade e depois a usar os dois o's do seu nome para formar um óculos, vendo assim bem para o espetador.

The Famous Adventures of Mr. Magoo (1964 - 1965)[editar | editar código-fonte]

Em 1964, surgiu uma nova série, desta vez com apenas 26 episódios, que incluiu também um especial de Natal intitulado Mr. Magoo's Christmas Carol.

What's New, Mr. Magoo? (1977)[editar | editar código-fonte]

Em 1977, a empresa DePatie-Freleng Enterprises (empresa onde foi criada a Pantera Cor de Rosa) produziu mais 16 episódios, transmitidos entre 10 de setembro de 1977 e 24 de dezembro de 1977. No entanto, não teve o mesmo sucesso que as outras.

Filme[editar | editar código-fonte]

Em 1997, Mr. Magoo foi interpretado por Leslie Nielsen no cinema, mas foi recebido com críticas muito negativas. Em 2010, foi lançado diretamente em vídeo, o filme animado de ação e comédia Kung Fu Magoo. Ele apresenta as vozes de Jim Conroy, Chris Parnell, os irmãos Cole e Dylan Sprouse, e Alyson Stoner.[1] O filme é uma co-produção mexicano-americana, produzida pela Classic Media, Ánima Estudios, e Santo Domingo Films.[2] O filme foi dirigido por Andrés Couturier.

Crítica[editar | editar código-fonte]

O Artigo do "Wall Street Journal" (1997) revelou um segredo, que dizia que o velho míope era uma crítica velada ao senador dos EUA Joseph McCarthy. Vê inimigos que não existe, como Joseph Stalin, que via todos comunistas como tal, e os que existiam, não via.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Sr. Quincy Magoo - protagonista do desenho;
  • Charlie - empregado de Magoo;
  • Waldo - sobrinho de Magoo;
  • Presley - "cúmplice" de Waldo nos cartoons de 1960;
  • Mamãe Magoo - mãe de Magoo;
  • Vovó Magoo - avó de Magoo;
  • Bowser - gato de Magoo;
  • Wheeler e Dealer - Meninos criados por Magoo na série animada "The Mr. Magoo Show", de 1962;
  • McBarker - cachorro de estimação de Magoo;
  • Hamlet - hamster;
  • Tycoon Magoo - o "tio milionário" de Mr. Magoo;
  • Worcestershire - mordomo de Tycoon.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Dublagem original[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

  • Sr. Quincy Magoo: José Soares
  • Antônio Celso (narrador)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • DeMott, Rick (12 de outubro de 2010). "Disney XD Picks Up 'Kung Fu Magoo' Feature".
  • O'Boyle, Michael (12 de fevereiro de 2008). "Anima, Classic to do 'Magoo'". Variety