Saltar para o conteúdo

MrBeast

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
MrBeast
MrBeast
MrBeast em 2023
Nome completo James Stephen Donaldson[A]
Outros nomes Jimmy Donaldson
Nascimento 7 de maio de 1998 (26 anos)
Wichita, Kansas, Estados Unidos
Residência Greenville, Carolina do Norte, Estados Unidos[1]
Ocupação
Carreira no YouTube
Gênero
  • Entretenimento
  • desafios
  • jogos
  • reações
  • vlogs
Período de atividade 2012–presente[2]
Inscritos + 300 milhões (canal principal)

+ 446 milhões (combinado)[B]

Visualizações + 53,7 bilhões (canal principal)

+ 72 bilhões (combinado)

100 000 inscritos2016[3]
1 000 000 inscritos2017[4]
10 000 000 inscritos2018[4]
50 000 000 inscritos2021
100 000 000 inscritos2022
Assinatura de MrBeast
Discurso de MrBeast no Kids Choice Awards de 2022

James Stephen "Jimmy" Donaldson[A] (Wichita, 7 de maio de 1998), mais conhecido como MrBeast, é um criador de conteúdo para a plataforma de vídeos YouTube, empresário e filantropo norte-americano, creditado por ser pioneiro em desafios envolvendo dinheiro.[11] Seu canal principal no YouTube possuía mais de 300 milhões de inscritos em 11 de julho de 2024,[12] tornando-o o primeiro maior, o indivíduo com mais inscritos e o mais bem pago.[13]

Donaldson começou a postar vídeos neste canal no início de 2012, aos 13 anos,[14] usando o identificador "MrBeast6000"; seu conteúdo inicial variava de jogos a reações.[15] Ele se tornou notório em 2017, depois que seu vídeo "contando até 100.000" ganhou dezenas de milhares de visualizações em apenas alguns dias.[15] Com o tempo, seu estilo de conteúdo se diversificou para incluir vídeos de desafios com recompensas de milhares de dólares e vlogs.[16] Depois que seu canal entrou em ascensão, ele contratou vários de seus amigos de infância para ajudá-lo a administrar a marca. Em 2022, a equipe era composta por 30 pessoas, incluindo o próprio Donaldson.[17]

Além de "MrBeast", Donaldson administra os canais Beast Reacts, MrBeast Gaming, MrBeast 2 (anteriormente MrBeast Shorts), uma grande quantidade de canais em outras línguas (MrBeast Brasil, MrBeast en español, MrBeast en français etc) e o canal de filantropia Beast Philanthropy.[18] Ele também é o fundador do MrBeast Burger e Feastables. Além disso, é co-criador da Team Trees, uma arrecadação de fundos para a Arbor Day Foundation que obteve mais de US$ 23 milhões,[19][20] e Team Seas, uma arrecadação de fundos para Ocean Conservancy e The Ocean Cleanup que arrecadou mais de US$ 30 milhões.[21] Em 2023, a revista Time o nomeou uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.[22]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Infância e estreia no YouTube (2012–2017)[editar | editar código-fonte]

James Stephen Donaldson,[A] frequentemente referido como Jimmy,[23] nasceu em 7 de maio de 1998,[24] em Wichita, no estado do Kansas,[25] em uma família de classe média.[26] É o segundo de três filhos de Sue Donaldson, que serviu ao exército dos Estados Unidos como diretora da prisão de Mannheim, Alemanha, antes de ser transferida para Fort Leavenworth. MrBeast não possui contato com seu pai, desde a separação do casal em 2007. Seu padrasto, o ex-fisioterapeuta Tracy, e sua mãe trabalham no gerenciamento da empresa. O irmão mais velho, Charles Donaldson, também é um influenciador digital.[27]

Donaldson enviou seu primeiro vídeo ao YouTube em fevereiro de 2012, aos 13 anos, sob o identificador "MrBeast6000"; seu conteúdo inicial era focado em temas que obtiveram sucesso em outras canais, como jogos (principalmente Minecraft e Call of Duty: Black Ops II),[2] vídeos estimando a fortuna de outros youtubers[28] e dicas para futuros criadores de conteúdo. Ele exibia o rosto com pouca frequência nesses vídeos.[2] Em julho de 2013, a contagem de inscritos do canal, então denominado "That-dude", era de cerca de 240.[29]

Em 2015 e 2016, Donaldson começou a ganhar popularidade com sua série "Piores introduções no YouTube", zombando de vinhetas de outros canais.[30] Em meados de 2016, possuía cerca de 30 mil inscritos. No mesmo ano, ele se formou na Greenville Christian Academy, uma escola particular. Aos 15 anos, no segundo ano do ensino médio, foi diagnosticado com doença de Crohn, tema que não aborda com frequência.[31] Donaldson entrou para East Carolina University,[28] mas desistiu da universidade na primeira semana para se dedicar integralmente ao canal.[32][33] Inicialmente sua mãe não aprovou a decisão e o fez sair de casa.[32]

Após ser expulso, Donaldson morou em um duplex com sua amiga de infância, Kris Tyson. Em entrevista para Rolling Stone, Tyson revelou sua primeira inscrita do canal e, apesar de estar na faculdade e trabalhar meio período na Best Buy, ajudava na gravação do conteúdo.[27] O primeiro contrato comercial foi realizado naquele ano e os US$ 10 mil foram doados para um morador de rua em um vídeo.[34] À medida que o canal crescia, na época com 750 mil inscritos, Donaldson contratou Tyson e outros amigos.[32]

Ascensão à fama (2017–2020)[editar | editar código-fonte]

Donaldson em Los Angeles em março de 2019, produzindo uma competição de US$ 200 mil para seu canal no YouTube

Em janeiro de 2017, Donaldson publicou um vídeo de quase um dia inteiro contando até 100 mil.[35] A contagem levou 40 horas, com algumas partes aceleradas para "mantê-lo abaixo de 24 horas".[35] Ele também ganhou popularidade durante esse período com desafios, como observar a tinta secar por uma hora,[33] tentar ficar debaixo d'água por 24 horas (o que acabou falhando devido a problemas de saúde) e uma tentativa malsucedida de girar um fidget spinner por um dia.[36] Em 2018, havia doado US$ 1 milhão por meio de seus desafios, o que lhe rendeu o título de "maior filantropo do YouTube".[32] Durante a competição PewDiePie vs T-Series em 2018, para obter o título de canal com mais inscritos do YouTube, Donaldson comprou outdoors, anúncios de televisão e rádio para ajudar PewDiePie a ultrapassar a empresa T-Series.[37] Durante o Super Bowl LIII, ele comprou vários assentos para si e sua equipe, cujas camisetas diziam "Sub 2 PewDiePie".[38][39]

Em março de 2019, Donaldson organizou e filmou uma competição de battle royale em Los Angeles valendo um prêmio de US$ 200 mil (dois jogos foram disputados, valendo US$ 100 mil cada).[40] O evento e a premiação foram patrocinados pela editora Apex Legends.[41] Em maio, bateu o recorde de vídeo não musical mais curtido, com mais de 25 milhões de curtidas em abril de 2023.[42] Donaldson foi acusado de usar dinheiro falso em um vídeo publicado em 23 de novembro.[32] Mais tarde, ele explicou que usou dinheiro falso para evitar preocupações com a segurança e que os participantes receberam cheques reais após as filmagens.[32] MrBeast atingiu 50 milhões de inscritos naquele ano.[4]

Em abril de 2020, Donaldson criou uma competição de pedra, papel e tesoura que contou com a participação de 32 influenciadores e um prêmio de US$ 250 mil, que na época se tornou a transmissão ao vivo mais assistida do YouTube, com 662 mil espectadores simultâneos.[43][44] Em junho lançou um jogo para celular intitulado "Finger on the App". Nele, os jogadores tocavam na tela do smartphone e a última pessoa a remover o dedo da tela ganhava US$ 25 mil.[45] No final, quatro pessoas ganharam US$ 20 mil cada, depois de manter o dedo no aplicativo por mais de 70 horas.[46]

Em 17 de setembro, foi criado o canal Beast Philanthropy.[47] No primeiro vídeo do canal, Donaldson anunciou uma instituição de caridade e banco de alimentos e nomeou Darren, que havia aparecido em vídeos anteriores, como diretor executivo.[48] De acordo com a descrição do canal, 100% de sua receita de publicidade, negócios de marca e vendas de mercadorias são doados para instituições de caridade.[47] Em outubro do mesmo ano, Donaldson organizou outro torneio de influenciadores com 24 competidores e um prêmio de US$ 300 mil. O torneio acabou sendo vencido por Charli D'Amelio, o que causou controvérsia devido a alegações de trapaça.[49]

Uma sequência do jogo, intitulada "Finger on the App 2", foi planejada para ser lançada em dezembro de 2020. No entanto, foi adiada para fevereiro e depois para março de 2021 devido a alta quantidade de downloads, causando o travamento e exigindo que os desenvolvedores atualizem seus servidores. Desta vez, o jogo contou com um prêmio de US$ 100 mil.[50] O vencedor manteve o dedo na tela por cerca de 51 horas; o segundo colocado também recebeu um prêmio de US$ 20 mil.[51]

100 milhões de inscritos (2021–presente)[editar | editar código-fonte]

MrBeast recebendo o prêmio Kids' Choice Awards 2023 na categoria Criador Masculino Favorito

Em 1 de janeiro de 2021, Donaldson lançou o vídeo "Youtube Rewind 2020, graças a Deus acabou".[52] No vídeo, ele afirma que os criadores "deveriam ter mais voz no YouTube Rewind", um vídeo de retrospectiva criado pelo YouTube, e por isso decidiu gravar com outras pessoas.[52] Um mês depois, MrBeast assinou um contrato de distribuição de conteúdo no Facebook e Snapchat.[53][54]

Em novembro de 2021, Donaldson realizou uma competição simulando a série Squid Game na vida real, em que 456 pessoas disputaram um prêmio em dinheiro de US$ 456 mil.[55] O vídeo tinha mais de 325 milhões de visualizações em 24 de dezembro de 2022,[56] tornando-o seu vídeo mais visto e também um dos mais assistidos do ano.[57] Uma análise da revista Vice criticou o conteúdo e afirmou que ele "entendeu mal a mensagem anticapitalista de Squid Game".[58] Em dezembro, ele criou um terceiro torneio de influenciadores com 15 competidores e um prêmio de US$ 1 milhão.[59][60][61]

Em 28 de julho de 2022, ultrapassou 100 milhões de inscritos em seu canal principal, tornando-se o quinto canal e o segundo indivíduo a atingir a marca.[62][63] Em 17 de novembro entrou para o Guinness World Records como o indivíduo com mais inscritos, com 112.193.139.[64] Em dezembro, duas roupas vendidas por MrBeast e outros itens foram adicionados ao Fortnite Battle Royale. A Epic Games também promoveu um torneio no Fortnite, que teve um prêmio de um milhão de dólares.[65] No mesmo mês realizou uma parceria com a Nerf[66] e apareceu na lista Forbes 30 Under 30.[67] Naquele ano possuía 215 milhões de inscritos e mais de 30 bilhões de visualizações em todos seus canais, antes do YouTube disponibilizar a função de dublagem e MrBeast desistir de canais em outros idiomas.[68]

Em janeiro de 2023, Donaldson pagou a cirurgia de catarata para mil pessoas que tinham visão severamente limitada e não podiam pagar pelo procedimento.[69] As respostas ao seu vídeo variaram, recebendo inúmeras críticas por se promover usando doenças.[70] Outros comentários criticaram o sistema médico estadunidense por não fornecer os cuidados necessários aos pacientes do vídeo, questionando por que eles tiveram que esperar por um youtuber para realizar o procedimento.[71] Em fevereiro, ele apareceu em um comercial[72] para a NFL que foi ao ar durante o Super Bowl LVII.[73] Além do YouTube, MrBeast possui a quinta conta com mais seguidores do TikTok.[74]

Em junho de 2024, MrBeast se tornou o canal com mais inscritos no YouTube, ultrapassando a T-Series com 266 milhões de inscritos. Durante uma campanha em 2019, a T-series se tornou o maior canal da plataforma, ultrapassando o criador de conteúdo sueco PewDiePie. Com mais de 270 milhões de inscritos, Donaldson comentou nas redes sociais afirmando ter "vingado" PewDiePie.

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

MrBeast Burger[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: MrBeast Burger

Will Hyde, produtor do canal MrBeast, anunciou em novembro de 2020 que Donaldson lançaria um aplicativo de restaurante chamado MrBeast Burger em dezembro do mesmo ano. Ele afirmou que o MrBeast Burger venderá os direitos de franquia para servir os hambúrgueres a restaurantes nos Estados Unidos e os clientes poderão pedir a comida através da internet.[75] Em agosto de 2022, Donaldson anunciou que lançaria uma loja MrBeast Burger em East Rutherford, New Jersey, perto de New York City, para ser o local de seu primeiro restaurante. O restaurante abriu em 4 de setembro de 2022.[76]

Feastables[editar | editar código-fonte]

Logotipo da Feastables

Em janeiro de 2022, Donaldson anunciou a criação de uma nova empresa de alimentos chamada Feastables, que lançou sua própria marca de barras de chocolate chamada "MrBeast Bars". No lançamento ofereceram 3 sabores de barras, com amêndoa e quinoa crocante. No lançamento ocorreu um sorteio de mais de US$ 1 milhão em prêmios, incluindo 10 pessoas que teriam a chance de concorrer a uma fábrica de chocolate em um futuro vídeo, em referência ao filme Charlie and the Chocolate Factory.[77] O vídeo foi lançado em junho de 2022, apresentando Gordon Ramsay como juiz e um prêmio em dinheiro de US$ 500 mil.[78][79] Em 2 de fevereiro, a Feastables anunciou parcerias com Turtle Beach Corporation e Roccat para fornecer prêmios para os sorteios.[80][81]

Em 3 de março de 2023, Donaldson pediu aos fãs no Twitter para destacar os produtos da Feastables nas prateleiras das lojas e sugeriu ocultar os concorrentes. Feastables ofereceu aos fãs US$ 5000 se eles fornecessem provas de sua ajuda. Os tweets atraíram críticas e acusações de que a empresa estava explorando os fãs para trabalho não remunerado.[82][83] Em 7 de abril foi revelada uma parceria com Karl Jacobs para lançar uma linha de balas de goma chamada "Karl Gummies".[84] A marca rendeu mais de US$ 10 milhões nos primeiros meses.[85]

Investimentos[editar | editar código-fonte]

Donaldson é um investidor da startup de tecnologia Backbone, que produz o Backbone One, um controle que torna os smartphones mais parecidos com os controles do Nintendo Switch, e o aplicativo Backbone, com ferramentas para criação de conteúdo.[86][87] Em março de 2021, fez parceria com a rede financeira Creative Juice para apresentar o Juice Funds, um fundo de investimento de US$ 2 milhões para criadores de conteúdo.[88][89] Em abril tornou-se um investidor da empresa Current.[90][91] No mesmo mês, Donaldson recebeu uma reação negativa depois que os fãs perderam grandes quantias de dinheiro no investimento em criptomoeda no qual ele promoveu.[89]

Filantropia[editar | editar código-fonte]

Team Trees[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Team Trees
Team Trees

Em 25 de outubro de 2019, Donaldson e o ex-engenheiro da NASA e YouTuber Mark Rober organizaram um evento para arrecadação de fundos chamado Team Trees. O objetivo deste projeto era arrecadar US$ 20 milhões para a Arbor Day Foundation até 1 de janeiro de 2020 e plantar árvores "no máximo até dezembro de 2022". Cada doação vai para a instituição, que se compromete a plantar uma árvore para cada dólar doado. As árvores começaram a ser plantadas em outubro de 2019 em parques nacionais dos Estados Unidos.[92][93]

O projeto recebeu atenção de diversos criadores e grandes doações dos executivos corporativos Jack Dorsey, Susan Wojcicki, Elon Musk[94] e Tobias Lütke.[95] Empresas como Discovery Channel, Verizon e Plants vs. Zombies também contribuíram.[96] Em 11 de fevereiro de 2023, a meta original de 20 milhões de árvores foi superada, com mais de US$ 24 milhões em doações.[19][97]

Team Seas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Team Seas
Team Seas

Em 29 de outubro de 2021, Donaldson e Rober organizaram outro evento colaborativo intitulado Team Seas. O objetivo deste projeto era arrecadar US$ 30 milhões para Ocean Conservancy e The Ocean Cleanup até 1 de janeiro de 2022. A meta financiaria a remoção de 30 milhões de libras de plástico e outros resíduos dos oceanos, rios e praias. Ambos foram apoiados por milhares de criadores de conteúdo.[98][99][100]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Fortuna, influência e política[editar | editar código-fonte]

Donaldson em seu escritório em 2021, com um quadro de Steve Jobs ao fundo

Donaldson cita como principais influências os empresários Steve Jobs e Elon Musk. Sobre as controvérsias envolvendo Musk, afirmou que "não apoio ou admiro tudo o que ele faz ou como ele trata as pessoas".[27] Muitos dos seus vídeos são patrocinados por várias empresas. Sua agência, Night Media, realizou contratos de seis dígitos por anúncios de 30 segundos.[15] Tim Kasser analisou que um vídeo de MrBeast promovendo um produto custaria cerca de metade do preço de um anúncio de televisão, com maior engajamento.[101]

Donaldson afirmou em janeiro de 2021 que dirige seu canal principal com prejuízo, sendo subsidiado pelos canais de jogos e reações que exigem menos trabalho.[102] Em janeiro de 2022, a Forbes classificou MrBeast como o criador de conteúdo mais lucrativo do YouTube, ganhando cerca de US$ 54 milhões em 2021, sendo US$ 32 milhões em anúncios e US$ 9 milhões em conteúdo patrocinado. A revista prevê que ele possa se tornar o primeiro criador de conteúdo a atingir a marca de um bilhão.[103] Sua renda naquele ano o teria colocado em 40º lugar na lista Forbes Celebrity 100, ganhando tanto dinheiro quanto Vin Diesel e Lewis Hamilton.[104][105] MrBeast diz que não "dá a mínima para dinheiro" e planeja doar tudo antes de morrer.[27]

Uma reportagem de 2023 do jornal New York Post revelou que a primeira residência de Donaldson foi comprada em 2018 por US$ 320 mil. Ela possui dois andares e ocupa 3 mil pés quadrados, com quatro quartos no primeiro e mais três no segundo andar. Ele também comprou outras três casas da vizinhança em um valor total de US$ 1,45 milhão,[106] com objetivo de criar um bairro exclusivo para seus funcionários.[107] Seu apartamento foi invadido anteriormente, forçando-o a se mudar para um condomínio fechado, com janelas à prova de balas, portas reforçadas com aço e um segurança.[27]

Ele se considera apolítico, dizendo que "não quero me alienar aos Republicanos ou Democratas... Eu gosto de ter um lugar onde todos possam apoiar [minha] instituição de caridade. Meu objetivo é alimentar centenas de milhões de pessoas... seria muito bobo da minha parte me alienar".[27] Em 2022, Donaldson comentou que consideraria concorrer a presidente dos Estados Unidos "daqui a 20 anos". Ele acrescentou que os Estados Unidos "devem ter presidentes mais jovens".[108]

Sexualidade e relacionamentos[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2018, The Atlantic publicou um artigo sobre falas homofóbicas e transfóbicas de Donaldson.[58][109][110] O artigo afirma que, quando adolescente, ele tinha o hábito de se referir às pessoas como "bichas" no Twitter, regularmente tratava ser homossexual como uma piada e "gay" como um insulto. Em referência a publicações no Reddit sobre transexualidade, afirmou que se identificava sexualmente como um "helicóptero de ataque".[109] Em 2021, um porta-voz de Donaldson afirmou que ele havia "crescido e amadurecido".[111]

Em uma entrevista de abril de 2022 para The Daily Beast, Donaldson anunciou que não era mais um cristão evangélico e se identificou como agnóstico, pois discorda da posição da igreja sobre a homossexualidade. Ele afirma que durante o tempo em que cresceu "no coração da Bible Belt", a religião estava "batendo em [sua] cabeça todos os dias" e que foi ensinado que "os gays são a razão pela qual Deus virá e queimará esta Terra". "Eu percebi, 'Oh, isso não é normal. Este é apenas um lugar estranho onde cresci.' Então, esse tipo de coisa, eu [queria poder] voltar no tempo e dizer: 'Ei, pare'".[112]

Em junho de 2019, iniciou um relacionamento com a também influenciadora digital Maddy Spidell.[113] Após o fim da relação em 2022, conheceu a escritora Thea Booysen na África do Sul. Segundo o Insider, MrBeast viajou para Antártida para gravação de um vídeo, mas em decorrência da pandemia de COVID-19 permaneceu na África por um período de tempo maior. Booysen também realiza transmissões na plataforma Twitch.[114]

Em abril de 2023, Chris Tyson anunciou publicamente que encerrou seu casamento e estava realizando transição de gênero com terapia de reposição hormonal.[115][116] Em resposta às alegações de que ela se tornaria um "pesadelo" para o canal, Donaldson defendeu Tyson e disse: "Chris não é meu 'pesadelo', ele é meu amigo e as coisas estão bem. Toda essa transfobia está começando a me irritar".[117][118]

Imagem pública[editar | editar código-fonte]

Estilo de conteúdo[editar | editar código-fonte]

Donaldson dando uma lamborghini para a pessoa que mantiver a mão nela por mais tempo

"Uma vez que você sabe como tornar um vídeo viral, é apenas sobre como divulgar o máximo possível, [...] você pode praticamente ganhar dinheiro ilimitado. [...] Os vídeos levam meses de preparação. Muitos deles levam de quatro a cinco dias de filmagem. Há uma razão para outras pessoas não fazerem o que eu faço."[119]

—Jimmy Donaldson

Os vídeos de Donaldson são conhecidos por terem elementos para serem "virais". Ao fazer isso, ele obtém vendas de publicidade de "dezenas de milhões de dólares", já que o algoritmo de recomendação das mídias sociais mostram seus vídeos para mais pessoas.[120] O Yahoo!, em uma matéria de 2023 sobre a popularidade de MrBeast entre crianças e adolescentes, observou que "quanto mais ultrajante um vídeo, mais potencial ele tem para se tornar viral".[121] Diversas fontes também observaram a presença de clickbait e sensacionalismo nos títulos,[122] como "Adotei TODOS os cães em um abrigo para cães", com termos em maiúsculo para chamar atenção e imagens com expressão de surpresa.[119]

Donaldson é creditado por lançar um novo estilo de vídeo de desafio com alto custo.[32] Para Rolling Stone, o personagem principal do canal não é MrBeast, mas "dinheiro vivo". "O dinheiro — pilhas, feixes, montes dele — ocupa o centro do palco em quase todos os seus vídeos". De acordo com ele, os grandes prêmios monetários são um fator importante no engajamento do espectador.[119] Portanto, seus vídeos geralmente o envolvem doando grandes quantias de dinheiro para indivíduos,[109][123][124][32] doações de casas e produtos ou viagens surpreendentes.[33][125] Em 2022, os vídeos custaram em média US$ 1,5 milhão.[126]

Conforme os integrantes do canal, alguns vídeos utilizaram mais de sete câmeras simultâneas, resultando em mais de 80 horas de filmagem. Todos são roteirizados, com objetivo de impedir descartar gravações e, consequentemente, evitar gastos financeiros com cenários e horas de edição.[34] O estúdio de MrBeast possui 60 mil pés quadrados.[27] Após conhecê-lo, o escritor Derral Eves escreveu que Donaldson "está sempre trabalhando em direção ao seu objetivo de reinvestir seu dinheiro para 'criar espectáculos maiores e fazer uma diferença maior'".[127]

Colaboradores[editar | editar código-fonte]

À medida que seu canal crescia, Donaldson contratou quatro amigos de infância – Kris Tyson, Chandler Hallow, Garrett Ronalds e Jake Franklin – para contribuir com seu canal. Hallow trabalhou em funções da casa, antes de aparecer nos vídeos em 2018.[32] Franklin e Ronalds deixaram a equipe em 2020; depois, Nolan Hansen e Karl Jacobs, anteriormente cinegrafista do seu irmão, ocuparam as posições.[128][129] A equipe era composta por pelo menos 30 pessoas em 2022.[17] MrBeast recebeu acusações de possuir um ambiente difícil; nove ex-funcionários afirmaram que, embora ele às vezes fosse generoso, seu comportamento mudava quando as câmeras estavam desligadas.[89]

Em um artigo do The New York Times de maio de 2021, Matt Turner, editor de fevereiro de 2018 a setembro de 2019, afirmou que MrBeast o repreendia quase diariamente, inclusive chamando-o de "retardado".[89] Uma reportagem da Insider mostrou que Turner postou um vídeo em 2018 explicando suas alegações, e em outubro de 2019 realizou uma publicação no Twitter, posteriormente excluida, que afirmava que ele era "gritado, intimidado, chamado de retardado mental e substituível por MrBeast todos os dias".[130]

Nate Anderson pediu demissão depois de trabalhar por uma semana em 2018 devido ao que ele disse serem exigências irracionais e chamou Donaldson de perfeccionista. Depois de lançar um vídeo descrevendo sua experiência, Anderson teria recebido ameaças de morte dos fãs de MrBeast.[130] Em 2023, Donaldson minimizou as críticas, argumentando que das centenas de ex-empregados, "duas pessoas acharam que eu era muito exigente, o que foi ótimo". "Temos padrões elevados, mas não é um ambiente de trabalho tóxico".[27]

Recepção e impacto[editar | editar código-fonte]

Pesquisas de opinião mostraram que Donaldson é um dos youtubers mais populares e influentes da plataforma. Uma pesquisa da SurveyMonkey de 2021 mostrou que 70% dos entrevistados têm uma visão favorável dele, em comparação com 12% que tiveram uma visão desfavorável.[131] Seu estilo de conteúdo também é frequentemente copiado, com MrBeast considerando em 2022 que as cópias estavam "saindo do controle".[132]

Em 21 de janeiro de 2018, o policial Matt Boyette de Tarboro apreendeu Donaldson e Luis Guerrero Rijo por estarem dirigindo a 122 mi (196 km) por hora em uma estrada de 70 mi (113 km) por hora. Os policiais também encontraram com um passageiro de Rijo uma garrafa com álcool, uma pistola 9 mm carregada e várias munições. O passageiro tinha cinco ordens de prisão pendentes, incluindo uma por violência doméstica. Os motoristas foram acusados de condução imprudente e competição de velocidade; MrBeast pagou fiança de US$ 100 mil.[8]

Em fevereiro de 2021, durante lançamento do aplicativo Clubhouse, Donaldson foi acusado de agredir o empresário Farokh Sarmad depois que ele disse que não conseguia pronunciar seu nome, uma ação que Sarmad mais tarde disse ser racista. As reivindicações de Sarmad foram negadas por outros integrantes do local, que alegaram que MrBeast o removeu junto com outros para abrir espaço para as mulheres no palco.[133][134]

Em 2023, a revista Time o adicionou em sua lista das 100 pessoas mais influentes do mundo. O influenciador Mark Rober escreveu em seu perfil: "Ele está constantemente elevando o nível para os criadores, seja recriando Squid Game na vida real ou pagando pelas cirurgias oculares de 1.000 cegos. Ele realmente não entende o pensamento pequeno ou a complacência".[22] Apesar disso, MrBeast declarou que "muitas pessoas ainda veem os youtubers como uma subclasse de influenciadores" e que "não entendem verdadeiramente a influência que muitos criadores têm".[27]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filme
Ano Título Papel Ref.
2023 Teenage Mutant Ninja Turtles: Mutant Mayhem Pessoa na Times Square [135]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado Ref.
2019 Streamy Awards Criador de Destaque Venceu [136]
Elenco Indicado
Criador do Ano Indicado
2020 12º Shorty Awards YouTuber do Ano Venceu [137]
10º Streamy Awards Criador do Ano Venceu [138][139]
Live Especial Venceu
Bem Social: Criador Venceu
Bem Social: Sem fins lucrativos ou ONG Venceu
2021 Kids' Choice Awards 2021 Estrela Masculina Favorita Indicado [140]
11º Streamy Awards Criador do Ano Venceu [141]
2022 Kids' Choice Awards 2022 Criador Masculino Favorito Venceu [142]
12º Streamy Awards Criador do Ano Venceu [143][144]
Colaboração Indicado
Bem social: Criador[C] Venceu
Produtos Indicado
Edição Indicado
Engajamento da Marca[C] Venceu
Campanha de Impacto Social[C] Indicado
2023 Kids' Choice Awards 2023 Criador Masculino Favorito Venceu [145]

Recordes Mundiais[editar | editar código-fonte]

Nome da publicação, ano em que o recorde foi concedido, nome do recorde e nome do detentor do recorde
Publicação Ano Recorde mundial Detentor do recorde Ref.
Guinness World Records 2021 Maior contribuinte do YouTube com maior rendimento (atual) MrBeast [146]
2022 Maior hambúrguer vegetariano [147]
Maior número de inscritos para um homem no YouTube Jimmy Donaldson [148]
2023 Primeira pessoa a atingir 1 milhão de seguidores no Threads MrBeast [149]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em inglês cujo título é «MrBeast».
  1. a b c Fontes conflitam sobre a grafia do nome do meio de Donaldson. Algumas usam "Steven",[5][6][7] enquanto outras afirmam ser "Stephen".[8] O site do Departamento do Secretário de Estado da Carolina do Norte lista seu nome legal como "James Stephen Donaldson".[9] Em outubro de 2022, um dos membros da equipe endossou a grafia e, quando Donaldson foi acusado pela polícia em 2018, o departamento de polícia também usou o nome "Stephen".[8] Seu pai também é chamado de "Stephen".[10]
  2. Apenas os cinco canais principais estão incluídos: MrBeast, MrBeast Gaming, Beast Reacts, MrBeast 2 e Beast Philanthropy.
  3. a b c Como Team Seas

Referências

  1. «YouTube star, Greenville's own MrBeast rethinks old notions of philanthropy». wnct.com. Consultado em 18 de julho de 2022. Cópia arquivada em 18 de julho de 2022 
  2. a b c «21-year-old YouTuber MrBeast was one of the most-viewed YouTube creators in 2019 – check out how he got his start and found success with elaborate stunts and giveaways». Business Insider. Consultado em 1 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 6 de dezembro de 2021 
  3. Donaldson, Jimmy (8 de julho de 2016). «100,000 SUBSCRIBERS.EXE». YouTube. Consultado em 13 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2021 
  4. a b c «MrBeast's YouTube stats». Social Blade. Consultado em 28 de julho de 2022. Cópia arquivada em 27 de julho de 2022 
  5. Karl, Chris (30 de novembro de 2021). «How MrBeast's Squid Game Was Made Revealed In BTS Video». Screen Rant (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2023 
  6. Asuncion, Joseph (3 de dezembro de 2021). «MrBeast's viral Squid Game video is breaking every YouTube record | ONE Esports». ONE Esports (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2023 
  7. Singh, Ishan (30 de novembro de 2021). «Inside YouTuber MrBeast's real-life Squid Game – that cost US$3.5 million». South China Morning Post (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2023 
  8. a b c «Tarboro Police Department». GFreakman (em inglês). 23 de janeiro de 2018. Consultado em 11 de junho de 2023. Cópia arquivada em 11 de junho de 2023 
  9. North Carolina Secretary of State. «Registered Agent James Stephen Donaldson». sosnc.gov. Consultado em 11 de junho de 2023 
  10. MyNewsGH (26 de maio de 2023). «MrBeast Parents: Meet Stephen Donaldson and Mrs. Donaldson». MyNewsGh (em inglês). Consultado em 10 de junho de 2023 
  11. Alexander, Julia (25 de outubro de 2019). «MrBeast changed YouTube and launched an entire genre of expensive stunt content». The Verge. Consultado em 14 de março de 2020. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2019 
  12. «I remember freaking out when I hit 300 subscribers 11 years ago.. lol». X (em inglês). 10 de julho de 2024. Consultado em 15 de julho de 2024 
  13. «MrBeast lidera lista de 10 youtubers que mais ganharam dinheiro em 2021». BBC News Brasil. Consultado em 5 de agosto de 2023 
  14. «Night Media Signs Top Influencer, 'MrBeast'». Business Wire. 23 de janeiro de 2019. Consultado em 26 de maio de 2019. Cópia arquivada em 26 de maio de 2019 
  15. a b c Asarch, Steven (2 de abril de 2019). «How YouTuber MrBeast Pulled Off a Real-life Battle Royale in three Weeks». Newsweek. Consultado em 26 de maio de 2019. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2019 
  16. Harris, Paige Leskin, Margot. «How 22-year-old YouTube star MrBeast found success through elaborate stunts and giveaways». Business Insider. Consultado em 5 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2020 
  17. a b Cacich, Allison (25 de março de 2020). «YouTuber MrBeast Reached 30 Million Subscribers With a Little Help From His Friends». Distractify (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2022 
  18. «MrBeast Just Launched A Gaming Channel. Now He's Looking To Hire An Editor.». Tubefilter. 15 de maio de 2020. Consultado em 5 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2021 
  19. a b «Team Trees count». teamseas. Consultado em 11 de fevereiro de 2023. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2023 
  20. Leskin, Paige (19 de dezembro de 2019). «YouTuber MrBeast's tree-planting campaign reached its goal of raising $20 million. Here's the list of prominent people who have donated, including Elon Musk, Jeffree Star, and even the CEO of YouTube.». Business Insider. Consultado em 8 de maio de 2020. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2020 
  21. «Team Seas». teamseas.org. Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2022 
  22. a b Rober, Mark (13 de abril de 2023). «The World's 100 Most Influential People: MrBeast». Time. Consultado em 13 de abril de 2023 
  23. Spangler, Todd (28 de julho de 2022). «MrBeast Tops 100 Million YouTube Subscribers: 'I Hope to Do YouTube Until the Day I Die'». Variety. Consultado em 28 de dezembro de 2022 
  24. «MrBeast makes a name for himself with expensive stunts and philanthropy». yahoo.com. 23 de outubro de 2020. Consultado em 28 de dezembro de 2022 
  25. Stokel-Walker, Chris (18 de novembro de 2022). «New YouTube king MrBeast: amateur poster who became $54m-a-year pro». The Guardian. Consultado em 9 de fevereiro de 2023 
  26. Sullivan & Hardy 75–76
  27. a b c d e f g h i Dickson, E. J. (19 de abril de 2022). «Is MrBeast for Real? Inside the Outrageous World of YouTube's Cash-Happy Stunt King». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2023. Cópia arquivada em 20 de abril de 2022 
  28. a b Shaw, Lucas; Bergen, Mark (22 de dezembro de 2020). «The North Carolina Kid Who Cracked YouTube's Secret Code». Bloomberg.com. Bloomberg. Consultado em 23 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 23 de dezembro de 2020 
  29. «That-dude (MrBeast6000) channel page». YouTube. 21 de julho de 2013. Consultado em 29 de maio de 2021. Cópia arquivada em 21 de julho de 2013 
  30. MrBeast (2 de dezembro de 2016). «WORST INTROS EVER». Consultado em 2 de novembro de 2022 
  31. Raphael, Shannon (18 de dezembro de 2020). «What Disease Does YouTuber MrBeast Have?». Distractify (em inglês). Consultado em 23 de dezembro de 2022 
  32. a b c d e f g h i «Is MrBeast the world's most controversial YouTuber?». South China Morning Post (em inglês). 11 de maio de 2021. Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 11 de maio de 2021 
  33. a b c Wanbaugh, Taylor (30 de julho de 2018). «Greenville YouTuber MrBeast racks up millions of views». Business North Carolina. Consultado em 30 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 7 de outubro de 2019 
  34. a b Perelli, Amanda. «2 of MrBeast's childhood friends explain what it's like to work on the YouTube star's team, from dropping $60,000 on a video to going on 'travel sprees'». Business Insider (em inglês). Consultado em 27 de maio de 2023 
  35. a b Farquhar, Peter (12 de janeiro de 2017). «Millions of people watched YouTuber 'MrBeast' count to 100,000». Business Insider. Consultado em 30 de outubro de 2018. Arquivado do original em 7 de outubro de 2019 
  36. Grasso, Samantha (28 de maio de 2017). «Watch these YouTubers attempt to break a fidget spinner record». Daily Dot. Consultado em 30 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 7 de outubro de 2019 
  37. «YouTuber 'MrBeast' Buys Smorgasbord Of Advertising To Help PewDiePie Stay Ahead Of T-Series». Tubefilter (em inglês). 29 de outubro de 2018. Consultado em 2 de novembro de 2022 
  38. «YouTubers MrBeast, Jake Paul spotted at Sup Dogs». The East Carolinian. 5 de fevereiro de 2019. Consultado em 26 de maio de 2019. Cópia arquivada em 26 de maio de 2019 
  39. Hamilton, Isabel Asher (4 de fevereiro de 2019). «PewDiePie's war with T-Series hit the Super Bowl, as YouTuber Mr Beast turned up to the game with 'Sub 2 PewDiePie' shirts». Business Insider. Consultado em 26 de maio de 2019. Cópia arquivada em 26 de maio de 2019 
  40. «MrBeast Hosts Real-life Battle Royale Tournament». Associated Press. 14 de março de 2019. Consultado em 26 de maio de 2019. Cópia arquivada em 26 de maio de 2019 
  41. Hale, James (13 de março de 2019). «MrBeast Drops Video Of Real Life, EA-Sponsored 'Apex Legends' Battle». Tubefilter. Consultado em 16 de maio de 2020. Cópia arquivada em 8 de julho de 2020 
  42. «Quem é Mr. Beast, novo recordista individual de assinantes no YouTube». www.uol.com.br. Consultado em 21 de maio de 2023 
  43. «MrBeast's 'Creator Games' Is YouTube's Most-Watched Live Original Ever, With 662K Concurrent Viewers». Tubefilter (em inglês). 27 de abril de 2020. Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 12 de maio de 2021 
  44. «Nadeshot Wins MrBeast Rock Paper Scissors Charity Livestream» (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 11 de maio de 2021 
  45. Beresford, Trilby (30 de junho de 2020). «YouTuber MrBeast Launches Multiplayer Endurance Game 'Finger on the App'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  46. Alexander, Julia (3 de julho de 2020). «MrBeast ends Finger on the App competition by telling players to stop after 70 hours». The Verge (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 18 de março de 2021 
  47. a b «Beast Philanthropy – YouTube». Consultado em 23 de abril de 2021. Cópia arquivada em 23 de abril de 2021 – via YouTube 
  48. Hale, James (26 de março de 2021). «MrBeast Opens His Own Food Bank, Shares Details On 'Beast Philanthropy'». Tubefilter.com. Consultado em 23 de abril de 2021. Cópia arquivada em 23 de abril de 2021 
  49. Tenbarge, Kat. «TikTok star Charli D'Amelio's family was accused of cheating on trivia questions after winning a $300,000 charity competition between influencers». Insider (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2022 
  50. Spangler, Todd (19 de março de 2021). «MrBeast's $100,000 'Finger on the App 2' Contest Kicks Off Saturday». Variety (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  51. «MrBeast Crowns $100,000 'Finger on the App' Winner After 50-Hour Contest». Tubefilter.com. 23 de março de 2021. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  52. a b Tran, Fonticha (1 de janeiro de 2021). «MrBeast's "YouTube Rewind 2020, Thank God It's Over"». Exclusive Hollywood (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2021 
  53. Spangler, Todd (7 de abril de 2021). «MrBeast Signs Exclusive Snapchat, Facebook Video Distribution Pact With Jellysmack». Variety (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  54. «MrBeast Signs Exclusive Facebook, Snapchat Distribution Deal with Jellysmack». Tubefilter. 7 de abril de 2021. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  55. Wilde, Tyler (25 de novembro de 2021). «$3.5M Squid Game recreation is about as accurate as you can get without actually shooting anyone». PC Gamer (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 26 de novembro de 2021 
  56. «$456,000 Squid Game in Real Life!». YouTube. MrBeast. Consultado em 24 de dezembro de 2022 
  57. Kesvani, Hussain (2 de dezembro de 2021). «The success of MrBeast's Squid Game is its own dystopia». Polygon. Consultado em 2 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2021 
  58. a b «YouTuber MrBeast Surpasses 100 Million Views on Controversial Squid Game Recreation Video». Observer (em inglês). 29 de novembro de 2021. Consultado em 5 de junho de 2022 
  59. Weiss, Geoff (14 de dezembro de 2021). «MrBeast's Third 'Creator Games' To Host Bella Poarch, Logan Paul, With $1 Million Prize». Tube Filter. Consultado em 27 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2021 
  60. Rolta, Mehul (17 de dezembro de 2021). «MrBeast Hosts Stunning Million-Dollar Tournament Featuring Some of YouTube's Biggest Stars». Essentially Sports. Consultado em 27 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2021 
  61. Francis, Bryan (18 de dezembro de 2021). «MrBeast has started a new $1,000,000 Influencer tournament». First Sportz. Consultado em 27 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2021 
  62. Spangler, Todd (28 de julho de 2022). «MrBeast Tops 100 Million YouTube Subscribers: 'I Hope to Do YouTube Until the Day I Die'». Variety (em inglês). Consultado em 20 de dezembro de 2022 
  63. Cheong, Charissa (29 de julho de 2022). «YouTube star MrBeast just became the second person in the world to reach 100 million subscribers, and livestreamed the moment he found out». Insider. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  64. Suggitt, Connie (17 de novembro de 2022). «Mr Beast now most-subscribed YouTuber ever, overtaking PewDiePie». Guinness World Records. Consultado em 20 de novembro de 2022 
  65. «Play MrBeast's Challenge in Fortnite for an Opportunity to Earn $1,000,000 USD». Epic Games' Fortnite (em inglês). Consultado em 24 de dezembro de 2022 
  66. «MrBeast's Ridiculous New Nerf Blaster Is Officially Available for Pre-Order». Yahoo Life (em inglês). 6 de dezembro de 2022. Consultado em 25 de maio de 2023 
  67. Sorvino, Chloe. «Fresh Take: MrBeast Wants To Sell Lab-Grown Meat At His Burger Chain But Doubts People Will Eat It». Forbes (em inglês). Consultado em 26 de maio de 2023 
  68. «MrBeast Tops 100 Million YouTube Subscribers: 'I Hope to Do YouTube Until the Day I Die'». Yahoo Entertainment (em inglês). 28 de julho de 2022. Consultado em 21 de maio de 2023 
  69. Sottile, Zoe (29 de janeiro de 2023). «YouTube star MrBeast helps 1,000 blind people see again by sponsoring cataract surgeries». CNN (em inglês). Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  70. Benton, Charlotte (1 de fevereiro de 2023). «MrBeast: Why has YouTuber faced criticism for blind surgery video?». BBC. Consultado em 2 de fevereiro de 2023 
  71. Ryu, Jenna (1 de fevereiro de 2023). «A YouTuber cured 1,000 blind people for a video. But is it performative altruism?». USA Today. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  72. E. Franco, Marina (16 de fevereiro de 2023). «Flag-football star of Super Bowl ad wants to empower women in sports». Axios. Consultado em 17 de fevereiro de 2023 
  73. Ho, Liam (15 de fevereiro de 2023). «MrBeast appears in official Super Bowl LVII commercial for new NFL promotion». Dexerto. Consultado em 17 de fevereiro de 2023 
  74. «Top 50 TikTok users sorted by Followers - Socialblade TikTok Stats | TikTok Statistics». socialblade.com. Consultado em 28 de dezembro de 2022 
  75. Handgraaf, Brie (10 de novembro de 2020). «Fast food with a side of cash: Burger Boy becomes Mr. Beast Burger for the day». The Wake Weekly. Consultado em 18 de dezembro de 2020. Arquivado do original em 30 de novembro de 2020 
  76. «Beast Mode at American Dream: MrBeast Burger opens first location to thousands of fans». North Jersey Media Group (em inglês). Consultado em 18 de dezembro de 2022 
  77. Marcin, Tim (29 de janeiro de 2022). «I tried MrBeast's new chocolate bars. They're pretty good!». Mashable. Consultado em 5 de fevereiro de 2022. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2022 
  78. Diaz, Eric (9 de junho de 2022). «Uncanny Replica of Willy Wonka's Chocolate Factory Is Unsettling And Delicious». Nerdist. Consultado em 11 de junho de 2022 
  79. Cheong, Charissa (6 de junho de 2022). «MrBeast recreated Willy Wonka's chocolate factory, featuring a toilet made of cake, a dessert contest judged by Gordon Ramsay, and a 'chocolate waterfall'». Insider. Consultado em 11 de junho de 2022 
  80. Deck, Colton (2 de fevereiro de 2022). «MrBeast teams up with Turtle Beach and ROCCAT for Feastables launch giveaway». Daily Dot. Consultado em 5 de fevereiro de 2022. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2022 
  81. «Turtle Beach and ROCCAT Team-Up With MrBeast's New Feastables Snack Brand for Epic Gaming Accessory Giveaway». Business Wire. 2 de fevereiro de 2022. Consultado em 5 de fevereiro de 2022. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2022 
  82. Grisafi, Patricia (7 de março de 2023). «MrBeast sparks debate on Twitter after asking fans to clean up Feastables candy displays at Walmart». The Daily Dot (em inglês). Consultado em 25 de março de 2023 
  83. «MrBeast stirs backlash after asking fans to fix Walmart displays for his Feastables chocolate bars». NBC News (em inglês). 6 de março de 2023. Consultado em 25 de março de 2023 
  84. «MrBeast drops new Feastables gummies in collaboration with Karl Jacobs». Dexerto (em inglês). 7 de abril de 2023. Consultado em 7 de abril de 2023 
  85. «Youtuber MrBeast quer alcançar fortuna de US$ 1,5 bilhão». tecmundo. 28 de outubro de 2022. Consultado em 19 de maio de 2023 
  86. «MrBeast-Backed Gaming Venture Launches Backbone One, A Controller That Turns iPhones into Consoles». Tubefilter.com. 27 de outubro de 2020. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  87. «Backed by Mr. Beast and Nadeshot, Backbone One could finally crack mobile gaming». TechCrunch (em inglês). 27 de outubro de 2020. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2022 
  88. Kastrenakes, Jacob (24 de março de 2021). «MrBeast working with $2 million fund to invest in up-and-coming creators». The Verge (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  89. a b c d Lorenz, Taylor (4 de maio de 2021). «Mr. Beast, YouTube Star, Wants to Take Over the Business World». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 4 de maio de 2021 
  90. «MrBeast Invests in Fintech Company 'Current,' Kicks off Long-Term Partnership with $100,000 Giveaway». Tubefilter.com. 26 de abril de 2021. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 29 de abril de 2021 
  91. Current. «Current and MrBeast announce exclusive, long-term partnership and investment». Prnewswire.com (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 6 de maio de 2021 
  92. Alexander, Julia (25 de outubro de 2019). «MrBeast partners with more than 600 YouTubers, including PewDiePie and MKBHD, to plant 20 million trees». The Verge. Consultado em 30 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 28 de outubro de 2019 
  93. Tenbarge, Ken (27 de outubro de 2019). «Here's why the top YouTubers from all corners of the platform are talking about planting 20 million trees for #TeamTrees». Insider Inc. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  94. Williams, David (30 de outubro de 2019). «YouTube star MrBeast wants to plant 20 million trees. Elon Musk, Jack Dorsey, and more are helping him do it.». CNN. Consultado em 31 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2019 
  95. Leskin, Paige (10 de novembro de 2019). «A YouTuber launched a viral campaign to plant 20 million trees by 2020. Here's the list of prominent people who have donated, including Elon Musk, Jeffree Star, and other tech CEOs and YouTube personalities». Business Insider. Consultado em 19 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2020 
  96. «Help Us Plant 20 Million Trees – Join #TeamTrees». teamtrees.org (em inglês). Consultado em 29 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 17 de maio de 2020 
  97. Strub, Chris. «When And Where Will #TeamTrees Plant 21.5 Million Crowdfunded Trees?». Forbes (em inglês). Consultado em 2 de novembro de 2022 
  98. Spangler, Todd (29 de outubro de 2021). «YouTubers MrBeast, Mark Rober Reteam for 'TeamSeas' Charity Fundraiser to Clean Up Trash From Marine Environments». Variety (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2021. Cópia arquivada em 29 de outubro de 2021 
  99. Stanley, Grace (29 de outubro de 2021). «#TeamSeas: YouTubers MrBeast and Mark Rober pledge to remove 30 million pounds of trash from the ocean». The Daily Dot (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2021. Cópia arquivada em 29 de outubro de 2021 
  100. Hale, James (29 de outubro de 2021). «MrBeast And Mark Rober's #TeamSeas Is Raising $30 Million For Ocean Cleanup». Tubefilter (em inglês). Consultado em 31 de outubro de 2021. Cópia arquivada em 31 de outubro de 2021 
  101. Ellis, Emma Grey. «The Psychological Impact of Seeing YouTubers Spend Millions». Wired (em inglês). ISSN 1059-1028. Consultado em 20 de março de 2022 
  102. Weiss, Geoff (11 de janeiro de 2021). «MrBeast Smashes 50 Million Subs, Though Recent Videos Have Lost A "Ridiculous" Amount Of Money». Tubefilter.com. Consultado em 11 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2021 
  103. Sorvino, Chloe. «Could MrBeast Be The First YouTuber Billionaire?». Forbes (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2023 
  104. Brown, Abram. «The Highest-Paid YouTube Stars: MrBeast, Jake Paul And Markiplier Score Massive Paydays». Forbes (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 17 de janeiro de 2022 
  105. «The Celebrity 100: The World's Highest-Paid Celebrities 2020». Forbes. Consultado em 17 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 28 de junho de 2004 
  106. «MrBeast has slowly bought up a North Carolina neighborhood» (em inglês). 8 de maio de 2023. Consultado em 25 de maio de 2023 
  107. «Youtuber milionário está construindo bairro exclusivo para funcionários». www.tecmundo.com.br. 18 de maio de 2023. Consultado em 21 de maio de 2023 
  108. Shapero, Julia (6 de outubro de 2022). «YouTube giant MrBeast considering a White House run in 20 years». The Hill. Consultado em 18 de abril de 2023. Cópia arquivada em 1 de abril de 2023 
  109. a b c Lorenz, Taylor (24 de maio de 2018). «'YouTube's Biggest Philanthropist' Has a History of Homophobic Comments». The Atlantic. Consultado em 30 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 15 de julho de 2019 
  110. Asarch, Paige Leskin, Melia Russell, Steven. «Meet the 22-year-old YouTube star MrBeast, who's famous for giving away millions of dollars to strangers». Business Insider (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2022 
  111. Gray, Gabran (17 de dezembro de 2021). «The Untold Truth Of MrBeast». Looper (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2022 
  112. Darling, Daniel (19 de abril de 2023). «Reality intrudes on MrBeast». WORLD (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2023 
  113. Delouya, Paige Leskin, Samantha (16 de junho de 2019). «Who is MrBeast? Meet the 24-year-old YouTube star who's famous for giving away millions of dollars to strangers.». Business Insider (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2023 
  114. Cheong, Charissa. «Everything we know about MrBeast's rumored relationship with a Twitch streamer who says she met him 'by accident'». Insider (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2023 
  115. «MrBeast YouTuber Chris Tyson Is Undergoing Hormone Replacement Therapy». Yahoo Entertainment (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2023 
  116. Dickson, E. J. (6 de abril de 2023). «Chris Tyson, MrBeast Sidekick, Reveals Gender Journey on Social Media». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2023 
  117. Spangler, Todd (14 de abril de 2023). «YouTube Star MrBeast Slams Anti-Trans Commentary About His Friend Chris Tyson: 'All This Transphobia Is Starting to Piss Me Off'». Variety. Consultado em 18 de abril de 2023 
  118. Sottile, Zoe (15 de abril de 2023). «'All this transphobia is starting to piss me off.' YouTuber MrBeast slams transphobic comments against collaborator». CNN (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2023 
  119. a b c Shaw, Lucas; Bergen, Mark (1 de janeiro de 2021). «How a kid cracked YouTube's secret code». The Detroit News (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2022. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2021 
  120. Shaw, Lucas; Bergen, Mark (1 de janeiro de 2021). «How a kid cracked YouTube's secret code». The Detroit News (em inglês). Consultado em 31 de julho de 2022 
  121. «Kids obsessed with MrBeast? Here's what parents should know about the hugely popular YouTuber.». Yahoo Life (em inglês). 21 de maio de 2023. Consultado em 26 de maio de 2023 
  122. Eves 165
  123. Palmer, Ewan (22 de outubro de 2018). «Who is MrBeast? North Carolina Server tipped $10,000 for two drinks by YouTube star». Newsweek. Consultado em 30 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 7 de outubro de 2019 
  124. Weiss, Geoff (21 de novembro de 2019). «Browser Extension 'Honey', A Frequent Shane Dawson And MrBeast Sponsor, Acquired For $4 Billion». Tubefilter. Consultado em 15 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de agosto de 2020 
  125. Alexander, Julia (28 de dezembro de 2018). «MrBeast, YouTube's viral philanthropist, explains where all that money comes from». The Verge (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2019 
  126. «Mr Beast: por que youtuber mais famoso do mundo foi criticado após pagar cirurgia de cataratas para mil pessoas». BBC News Brasil. 2 de fevereiro de 2023. Consultado em 19 de maio de 2023 
  127. Eves 93
  128. «Karl Jacobs reveals how a Mr. Beast fluke made him a Minecraft icon». Consultado em 25 de agosto de 2022. Cópia arquivada em 16 de abril de 2022 
  129. «Why Did Jake the Viking Leave MrBeast and What's He up to Now?». 13 de julho de 2022. Consultado em 25 de agosto de 2022. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2022 
  130. a b Asarch, Steven. «Former employees of YouTuber MrBeast alleged the star created a toxic work environment where he berated and belittled staff, report says». Insider. Consultado em 5 de maio de 2021. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2022 
  131. Asarch, Steven (16 de fevereiro de 2021). «POWER RANKING: the 10 most well-liked influencers on the internet». Insider (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2021. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2022 
  132. «MrBeast claims copycat YouTubers are "getting out of hand" stealing his ideas». Dexerto (em inglês). Consultado em 25 de maio de 2023 
  133. «YouTube accused of 'blatant racism' over social media spat with entrepreneur». Indy100. 27 de fevereiro de 2021. Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 11 de maio de 2021 
  134. Tenbarge, Kat. «MrBeast booted a user whose name he couldn't pronounce on Clubhouse, sparking a debate over racism and microaggressions». Insider. Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2022 
  135. Rowe, Jeff (diretor) (2 de agosto de 2023). Teenage Mutant Ninja Turtles: Mutant Mayhem (créditos finais) (Filme) 
  136. «9th Annual Streamy Nominees». The Streamy Awards (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2021. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2021 
  137. «Who Will Win 'YouTuber of the Year' at the 2020 Shorty Awards?». Yahoo Entertainment (em inglês). 23 de janeiro de 2020. Consultado em 21 de maio de 2023 
  138. «10th Annual Streamy Nominees». The Streamy Awards (em inglês). 2020. Consultado em 21 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2020 
  139. Jarvey, Natalie (12 de dezembro de 2020). «MrBeast Takes Top Honor at 2020 Streamy Awards». The Hollywood Reporter. Consultado em 19 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2020 
  140. Calvario, Liz (13 de março de 2021). «2021 Kids' Choice Awards: The Complete Winners List». Entertainment Tonight. Consultado em 15 de março de 2021. Cópia arquivada em 14 de março de 2021 
  141. Streamy Awards [@streamys] (12 de dezembro de 2021). «a HUGE congratulations to MrBeast for winning the #streamys for CREATOR OF THE YEAR 🎉🎉🎉» (Tweet) – via Twitter 
  142. Grenin, Paul (9 de abril de 2022). «Olivia Rodrigo, Billie Eilish, BTS & More Big Winners from 2022 Kids' Choice Awards (Full List)». Billboard. Consultado em 11 de abril de 2022 
  143. «12TH ANNUAL WINNERS». Streamy Awards. Consultado em 5 de dezembro de 2022 
  144. Chan, J. Clara (5 de dezembro de 2022). «YouTube Streamy Awards: MrBeast Takes Top Creator; Full List of Winners». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2022 
  145. Atkinson, Katie (4 de março de 2023). «Here Are the Winners of the 2023 Nickelodeon Kids' Choice Awards: Complete List». Billboard. Consultado em 5 de março de 2023 
  146. «Highest-earning YouTube contributor (current)». Guinness World Records. 31 de dezembro de 2021. Consultado em 11 de julho de 2023 
  147. «Largest vegetarian burger». Guinness World Records. 29 de setembro de 2022. Consultado em 11 de julho de 2023 
  148. «Most subscribers for an individual male on YouTube». Guinness World Records. 17 de novembro de 2022. Consultado em 11 de julho de 2023 
  149. «First person to reach 1 million followers on Threads». Guinness World Records. 6 de julho de 2023. Consultado em 11 de julho de 2023 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]