Muhamed Mujić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Muhamed Mujić
Informações pessoais
Nome completo Muhamed Mujić
Data de nasc. 25 de abril de 1932
Local de nasc. Mostar, Iugoslávia
Falecido em 20 de fevereiro de 2016 (83 anos)
Local da morte Mostar,  Bósnia e Herzegovina
Informações profissionais
Posição Treinador (atacante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1950–1962
1962–1963
1963–1964
1964–1966
1966
1966–1968
Jugoslávia Velež Mostar
França Bordeaux
Jugoslávia Dínamo Zagreb
Jugoslávia Velež Mostar
Bélgica Beringen
Jugoslávia Velež Mostar
341 (104)
18 (3)
23 (7)
47 (11)
3 (1)
24 (7)
Seleção nacional
1958–1962 Flag of Yugoslavia (1943–1992).svg Iugoslávia 32 (17)
Times/Equipas que treinou
1976–1977
1982–1983
Jugoslávia Velež Mostar
Jugoslávia Velež Mostar

Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Melbourne 1956 Equipe

Muhamed Mujić (Mostar, 25 de abril de 1932 - Mostar, 20 de fevereiro de 2016) foi um ex-futebolista e treinador de futebol iugoslavo de origem bósnia que disputou a Copa do Mundo FIFA de 1962, na qual a seleção de seu país ficou em quarto lugar.[1] Jogava como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Velež Mostar em 1950, Mujić atuou por 12 anos com os Rođeni em 341 partidas e marcando 104 gols até 1962, quando assinou com o Bordeaux. No clube francês, jogou apenas 18 jogos e marcou 3 gols.

Defendeu ainda o Dínamo Zagreb na temporada 1963-64 (23 partidas, 7 gols), e regressaria ao Velež na temporada seguinte. Teve ainda uma curta passagem de 3 jogos no Beringen em 1966, antes de encerrar sua carreira 2 anos depois, novamente no Velež (24 partidas, sete gols marcados).

Seleção Iugoslava[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Iugoslava de Futebol, o atacante jogou 32 partidas e marcou 17 gols, tendo conquistado a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Melbourne, em 1956.[2]

Integrou ainda o elenco que disputou a primeira edição da Eurocopa, em 1960, quando a Iugoslávia obteve o vice-campeonato.

Um lance que sepultou a carreira internacional de Mujić[editar | editar código-fonte]

Na Copa de 1962, a única disputada por Mujić, um lance praticamente encerrou sua carreira pelo selecionado iugoslavo: na partida contra a União Soviética, ele cometeu uma violenta falta no atacante adversário Eduard Dubins'kyi. A falta foi tão violenta que Dubins'kyi contraiu sarcoma na perna atingida, falecendo em 1969.[3]

Embora o árbitro alemão-ocidental Albert Dusch não tivesse expulsado o atacante, a Federação Iugoslava resolveu afastar Mujić,[4] que não seria mais convocado devido ao incidente com Dubins'kyi.

Treinador e diretor-técnico[editar | editar código-fonte]

Afastado desde que encerrou a carreira, Mujić voltou à ativa em 1976, como técnico do Velež, treinando o clube durante um ano. Trabalhou ainda como diretor-técnico dos Rođeni entre 1981 e 1982, quando reassumiu o comando da equipe, antes de encerrar a carreira no ano seguinte.

Referências

  1. «Estatísticas no site da FIFA» 
  2. «Resultados olímpicos» 
  3. "ESPN Top Tenner: Notorious Fouls". Página acessada em 20 de maio de 2014.
  4. Hunt, Chris. World Cup of Soccer. Buffalo NY: Fierfly Books Ltd., 2010. página 131. Print.