Mukti Bahini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde dezembro de 2018). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

Mukti Bahini (em bengali: মুক্তি বাহিনী "Exército de Libertação") refere-se a organizações armadas que lutaram lado a lado com o Exército Indiano contra o Exército do Paquistão durante a Guerra de Libertação do Bangladesh. Foi dinamicamente formado por militares bengalis e civis, após a proclamação da independência de Bangladesh, a 26 de Março de 1971. Subsequentemente, em abril de 1971, os membros das antigas Forças Armadas do Paquistão Oriental formaram as Forças Armadas de Bangladesh, comandadas por M. A. G. Osmani.

Os grupos civis continuaram a assistência às forças armadas durante a guerra. Após a guerra, o Mukti Bahini tornou-se o termo geral para se referir a todas as forças (militares e civis) do antigo Paquistão Oriental que lutaram contra as forças armadas do Paquistão.

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • Muhammad Ayub, An Army Its Role and Rule (A history of the Pakistan Army from Independence to Kargil 1947-1999), ISBN 0-8059-9594-3.


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Bangladesh é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.