Murray Harold Protter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Murray Harold Protter
Murray Protter em 1982 (foto de George Bergman)
Nascimento 13 de fevereiro de 1918
Brooklyn
Morte 1 de maio de 2008 (90 anos)
Berkeley (Califórnia)
Nacionalidade Estados Unidos Estadiunidense
Alma mater Universidade Brown
Orientador(es) Lipman Bers
Instituições Universidade da Califórnia em Berkeley
Campo(s) Matemática
Tese 1946: Generalized Spherical Harmonics

Murray Harold Protter (Brooklyn, 13 de fevereiro de 19181 de maio de 2008) foi um matemático estadunidense.

Conhecido por suas contribuições à teoria das equações diferenciais parciais, bem como por seus livros sobre cálculo.[1]

Protter obteve o mestrado em matemática na Universidade de Michigan (1937) e o doutorado na Universidade Brown com a tese "Generalized Spherical Harmonics", orientado por Lipman Bers (1946).[2] Durante a Segunda Guerra Mundial estudou aeroelasticidade e flutter de aviões militares na companhia de aviões Vought em Stratford (Connecticut) (1943–1945). Desde sua graduação trabalhou como professor assistente na Universidade de Syracuse (1947–1951), foi pesquisador no Instituto de Estudos Avançados de Princeton (1951–1953) e na Universidade da Califórnia em Berkeley (1953–1988), onde foi catedrático (1962–1965).

Protter desenvolveu a "auto-aprendizagem" de matemática. American Mathematical Society foi membro de 1941, sendo tesoureiro (1968–1972) e editor da coluna book review.

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Calculus with Analytic Geometry: A first Course (1964). Com Charles Morrey
  • Intermediate Calculus (1971, 1985). Com Charles B. Morrey, Jr.
  • A First Course in Real Analysis (1976, 1997). Com Charles B. Morrey, Jr.
  • Basic Elements of Real Analysis (1998).
  • Maximum Principles in Differential Equations (1967, 1999). Com Hans Weinberger

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.