Museu Casa de Santos Dumont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura por pela casa onde Santos Dumont nasceu, veja Museu de Cabangu.
Museu Casa de Santos Dumont
Tipo museu
Website oficial
Geografia
Coordenadas 22° 30' 37.016" S 43° 11' 4.015" O
Localidade Petrópolis
Localização Petrópolis
País Brasil

Museu Casa de Santos Dumont, mais conhecida como A Encantada, está situado no município de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro, Brasil.[1]

Fotografia dá época casa de Santos Dumont, início dos anos 1900.

A casa de Santos Dumont em Petrópolis é uma pitoresca residência incrustada em uma localidade íngreme na cidade construída em 1918.[1]

A rua escolhida é hoje chamada de Rua do Encanto e, em Petrópolis, a casa foi apelidada como "A Encantada".[1][2] Foi construída com ajuda do engenheiro Eduardo Pederneiras.[3]

A casa possui algumas peculiaridades, como uma de suas últimas invenções que é o chuveiro com água quente[1], o único do Brasil àquela época[3], sendo aquecida a álcool,[2][4] e também a escada externa onde se pode somente começar a subir com a perna direita[1][3][4], e a interna que se pode somente começar a subir com a perna esquerda[3][4][2], e a própria arquitetura da casa onde não é utilizada divisórias entre os cômodos[2][3]. Na casa não há cozinha[3] e Santos-Dumont ligava para o restaurante Palace Hotel entregar sua comida.[2] Hoje existe a Universidade Católica de Petrópolis no local onde havia o restaurante.[4]

A casa possui três andares, além de um observatório, por sobre o telhado.[1][2][3]

O segundo livro do aviador, a obra O que eu vi, o que nós veremos, foi escrito nessa casa em 1918.[4]

Após a morte de Santos-Dumont, a casa foi doada pelos seus sobrinhos à Prefeitura de Petrópolis para que "fosse instalada uma instituição que mantivesse sua memória."[3][4][5]

Em 14 de julho de 1952 a casa foi tombada pelo IPHAN e hoje faz parte do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.[1][6][5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]