Núcleo Museológico de Estremoz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Núcleo Museológico de Estremoz
Tipo Museu ferroviário
Website Página do museu, no portal da Fundação Museu Nacional Ferroviário Armando Ginestal Machado
Geografia
Localidade Estremoz, no Distrito de Évora
Portugal Portugal

O Núcleo Museológico de Estremoz, também conhecido como Museu Ferroviário de Estremoz, é um museu de tipologia ferroviária na cidade de Estremoz, no Distrito de Évora, Alentejo, em Portugal. Está instalado no interface ferroviário desativado, até à década de 1990 término da Linha de Évora e dos ramais de Vila Viçosa e de Portalegre.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Instalado nas antigas cocheiras da Estação Ferroviária de Estremoz, este museu procura representar a história do transporte ferroviário em Portugal, através da apresentação de várias peças, como material circulante e ferramentas, e de documentação gráfica.[1]

O acervo do museu incluía várias locomotivas e outros veículos ferroviários, destacando-se as locomotivas a vapor 020-001, construída na Alemanha em 1882 pelo fabricante Sächsische Maschinenfabrik, e a 005, mais conhecida como Maria Alice, produzida na Bélgica em 1901 pela firma John Cockerill, que foi a única locomotiva com caldeira vertical em Portugal.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Núcleo Museológico de Estremoz». Comboios de Portugal. Consultado em 3 de Fevereiro de 2010 [ligação inativa] 
  2. Blázquez, José Luís Torres (1992). «El Museo de Ferrocarril de Estremoz». Maquetren (em espanhol). Ano 2 (8). Madrid: Resistor, S. A. p. 12-17