Museu Ingres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Museu Ingres
Museu Ingres

O Museu Ingres é um museu da França, localizado na cidade de Montauban, afamado por abrigar importantes coleções de dois notáveis artistas naturais de Montauban: Jean-Auguste-Dominique Ingres e Antoine Bourdelle.

O museu está instalado em um prédio histórico que foi um palácio episcopal no século XVII. Seu maior atrativo são as coleções de obras de Ingres e Bourdelle, mas possui também um rico acervo de arte antiga e arqueologia.

Alguns dos outros mestres que expõe são Andrea del Sarto, Giovanni Bellini, François Boucher, Philippe de Champaigne, Honoré Fragonard, Giulio Romano, Pieter de Hooch, Leonardo, Charles Lebrun, Bartolomé Murillo, Pietro da Cortona, Rembrandt, Rubens, Tintoretto, Jan van Eyck e Diego Velásquez, e diveros outros de grande fama.

Sua coleção de Ingres foi doada pelo artista em testamento, e compreende cerca de 50 pinturas, desenhos e esboços, expostos em seis salas, dentre as quais são importantes o Rogério libertando Angélica (versão em tondo), Eva, O sonho de Ossian, e o Retrato de Madame Gonse.

Outras coleções significativas são as de peças de Armand Cambon, pintor do século XIX, com dezenas de composições, e de Antoine Bourdelle, também com grande número de trabalhos entre esculturas e desenhos. O Museu mantém salas para arqueologia galo-romana, cerâmicas e faianças, e obras contemporâneas.

Obras[editar | editar código-fonte]

Pinturas[editar | editar código-fonte]

Esculturas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Museu Ingres
Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.