Museu Nacional da Escócia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Museu Nacional da Escócia
Tipo museu nacional, museu
Inauguração 1998 (23 anos)
Website oficial
Geografia
Localidade Edimburgo
Localização City of Edinburgh
País Reino Unido

Museu Real da Escócia (em inglês:Royal Museum) é o antigo nome do Museu Nacional da Escócia, um dos principais museus do Reino Unido, localizado na Cidade Velha de Edimburgo. Foi inaugurado no século XIX e ampliando em 1990 quando foi introduzida uma nova ala.

Coleções[editar | editar código-fonte]

O museu contem artefatos de várias áreas envolvendo a Geologia, Arqueologia, História natural, Ciência, Tecnologia e Arte. A exposição mais visitada é a do corpo embalsamado da Ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado. Outros destaques são os achados arqueológicos do Egito Antigo, o esqueleto de uma Baleia e uma parte da coleção pessoal de Elton John doada ao museu. A ala do museu referente aos mamíferos marinhos está fechado atualmente para reformas.

Coleções temporárias[editar | editar código-fonte]

O museu tem atualmente uma exposição sobre Pablo Picasso intitulada Fired With Passion ou Despedido com Paixão e para a visitação é cobrada uma taxa extra. Outra exposição foi a de Ivy Wu com coleções do Japão, China e Coreia e funcionou de 2006 a outubro 2008.

Construção[editar | editar código-fonte]

A construção começou em 1861 e foi concluídas em fases distintas. A principal etapa do prédio foi concluída em 1888 e concebida por Francis Fowke, que também projetou o Real Salão Alberto em Londres. O exterior foi inspirado na Renascença de Veneza e o interior no The Crystal Palace. Grande parte da coleção atual do museu foi transferido do Museu da Universidade de Edimburgo. O museu tem passado por várias reformas e ampliações desde que foi aberto, mas a principal ocorreu em 1998, quando se fundiu com o Museu da Escócia passado a se chamar Museu Real da Escócia.

Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.