Museu de Arte e Oficio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Museu de Arte e Oficio de Itabirito foi criado em 27 de dezembro de 2006 e registrado no Livro Registro de Títulos e Documentos de Pessoas Jurídicas sob o protocolo número 4668 do livro nº 01 registrado sob o numero 424 no livro 010 em 12 de janeiro de 2007 e no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas nº 08.814.606/0001-72.

No dia 16 de julho de 2008 foi inaugurada a sua sede com a Exposição Provisória da Amostra dos bens culturais, que proximamente serão instalados em outros casarões em torno da Bi Secular Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem e que comporão o Centro de Referência Histórico Cultural Educacional Religioso, localizado no Núcleo Histórico de Itabirito.

Encontra-se a sede do Museu situada à Rua do Rosário, nº 04, esquina com Praça Dom Silvério, Bairro Boa Viagem, Itabirito, Minas Gerais.

À sede do Museu encontrasse a exposição permanente de uma pequena mostra do que será o Centro Referencial, que reunirá os bens culturais nos legado pelos antepassados.

O Centro de Referencia Histórico Cultural Educacional Religioso é formado por um conjunto de seis casarões do Século XVIII, XIX e XX, e cada um dos casarãos abrigarão bens culturais específicos: Imaginária, Prataria e outros metais, Indumentárias e Alfaias, Mobiliário, Documentos escritos e fotográficos e etc

O Museu tem por Missão geral dar continuidade ao processo de resgate da história da arte e da cultura Itabiritense, desde a sua fundação em 03 de abril de 1709, fundamentado no trinômio passado, presente e futuro.

O idealizador do Museu de Arte e Oficio de Itabirito ancorado no seu vasto conhecimento Museológico e nos mais modernos conceitos de Museu, não têm medido esforços para se dedicar a esta causa. Acredita ele que o Museu, sobretudo o que se localiza no interior, se constitui em instrumento valioso de transformação positiva de qualidade Sócio-Cultural. Crer nele e aliar-se a sua consolidação é tarefa que pede o melhor de todos. Este pensamento e mais o desejo de continuar a contribuir para o incentivo do amor a arte e a história, objetivando despertar na criança, no adolescente e na juventude o sentimento de brasilidade pela valorização do legado de nossos antepassados é o principal motivo que o levou a dotar a cidade de Itabirito, rica em jazidas de minério de ferro, onde se instalou nos fins do século XIX a Usina Esperança, produtora de ferro-guza, de uma entidade capaz de conservar, preservar e difundir toda sua riqueza cultural.

Além disso, almeja o neo – Museu Itabiritense revelar-se como espaço privilegiado da história da arte sacra, promovendo a interação Museu-Comunidade através de ações conjuntas com vistas à investigação, comunicação, preservação e diálogo. Também é desejo disponibilizar o riquíssimo acervo para propiciar a ampliação do conhecimento e a produção de novas oportunidades de lazer e de programas que utilizem o patrimônio cultural tangível e intangível como recursos educacionais e de inclusão social.

Rua Do Rosário, 04 - Praça Dom Silvério - Itabirito - Minas Gerais