Museu de Xangai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Museu de Xangai
Tipo museu de arte
Inauguração 1952 (66 anos)
Website oficial
Geografia
Coordenadas 31° 13' 49.01" N 121° 28' 14.02" E
Cidade Huangpu
País China
Museu de Xangai
Chinês: 上海博物館

O Museu de Xangai é um museu de arte chinesa antiga, situado na Praça do Povo, no distrito de Huangpu, em Xangai, na China. Reconstruído em sua localização atual em 1996, é considerado um dos primeiros museus modernos de classe mundial do país.[1] O museu foi fundado em 1952 e foi aberto pela primeira vez ao público na antiga casa do clube de corrida de Xangai, agora na Rua Nanquim.[2]

Acervo[editar | editar código-fonte]

O museu tem uma coleção de mais de 120 000 peças, incluindo peças em bronze, cerâmica, caligrafia, móveis, jades, moedas antigas, pinturas, selos, esculturas, artes de minorias e arte estrangeira. O Museu de Xangai abriga vários itens de importância nacional, incluindo uma das três espécimes existentes de um espelho de bronze transparente da Dinastia Han.

Exposições[editar | editar código-fonte]

O museu dispões de onze galerias e três salas especiais de exposições temporárias. As galerias permanentes são:[3]

Referências

  1. Jasper Becker (3 de janeiro de 2001). «Ma Chengyuan and the creation of Shanghai Museum». South China Morning Post. Consultado em 12 de setembro de 2013. 
  2. «History» (em inglês). ShanghaiMuseum.net. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 
  3. «Gallery of Chinese» (em inglês). ShanghaiMuseum.net. Consultado em 6 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Museu de Xangai
Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.