Saltar para o conteúdo

Doninha-japonesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mustela itatsi)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaDoninha-japonesa

Estado de conservação
Quase ameaçada
Quase ameaçada (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Mammalia
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentalia
Superordem: Laurasiatheria
Ordem: Carnivora
Família: Mustelidae
Subfamília: Mustelinae
Género: Mustela
Espécie: M. itatsi
Nome binomial
Mustela itatsi
Temminck, 1844
Distribuição geográfica
Distribuição geográfica da doninha-japonesa: em azul sua distribuição nativa, e em vermelho onde a espécie foi introduzida
Distribuição geográfica da doninha-japonesa: em azul sua distribuição nativa, e em vermelho onde a espécie foi introduzida

A doninha-japonesa (Mustela itatsi) é um carnívoro da família Mustelidae[2]. No passado, era frequentemente considerada uma subespécie da doninha-siberiana (Mustela sibirica).

Doninha-japonesa pega em uma armadilha, Hiroshima

Os machos têm comprimento cabeça-corpo de 28 a 39 cm, cauda de 15,5 a 21 cm e peso de 650 a 820 g; quando adultos, pesam quase o dobro das fêmeas. Nas fêmeas, o comprimento cabeça-corpo é de 25 a 30,5 cm, o da cauda é de 13,3 a 16,4 cm e o peso é de 360 a 460 g. A doninha-japonesa tem corpo longo e esguio e pernas curtas. A pelagem de verão é marrom-escura, enquanto a pelagem de inverno é marrom mais clara, quase amarelada. O lábio superior e o queixo são brancos[3].

Distribuição e habitat

[editar | editar código-fonte]

A distribuição da espécie se estende pelas ilhas japonesas de Honshū, Kyūshū, Shikoku, Sado, Ilhas Oki, Izu Ōshima, Awaji-shima, Shōdoshima, Iki, Ilhas Gotō, Yakushima e Tanegashima. Na década de 1880, a doninha-japonesa também foi introduzida com sucesso em Hokkaidō. Para controlar a população de ratos, também foi introduzido em mais de 50 ilhas, incluindo Sakhalin, Rishiri, Rebun, Miyake-jima, Hachijō-jima, Aogashima, Aoshima (na província de Nagasaki), Kuchino-shima, Nakano-shima, Suwanose -jima, Hira-jima, Akuseki-jima, Kikai-shima, Okinoerabu-jima, Yoronjima (na província de Kagoshima), Zamami, Akajima, Minami-daitō, Kita-daitō, Irabu-jima, Iriomote e Hateruma (na província de Okinawa)[1].

A doninha-japonesa é encontrada em florestas próximas à água, às vezes perto de assentamentos humanos[1].

A doninha-japonesa tem hábitos solitários e procura comida durante a noite. Alimenta-se principalmente de insetos, peixes, répteis e pequenos mamíferos, incluindo ratos. Complementa esta dieta com frutas no inverno e na primavera, bem como artrópodes e crustáceos no verão e no outono. Pouco se sabe sobre seus hábitos reprodutivos. A época de acasalamento ocorre no final do inverno e os filhotes nascem na primavera[3].

Conservação

[editar | editar código-fonte]

A doninha-japonesa ainda é bastante numerosa e é classificada como “pouco preocupante” pela IUCN[1].

Referências

  1. a b c d Kaneko, Y.; Masuda, R.; Abramov, A.V. (2016). «Mustela itatsi». Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas (em inglês). 2016: e.T41656A45214163. doi:10.2305/IUCN.UK.2016-1.RLTS.T41656A45214163.enAcessível livremente. Consultado em 2 de julho de 2021 
  2. Wilson, D.E.; Reeder, D.M., ed. (2005). Mammal Species of the World 3º ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494 
  3. a b Serge Larivière & Andrew P. Jennings: Family Mustelidae (Weasels and relatives) In: Don E. Wilson & Russel Mittermeier (Hrsg.) Handbook of the Mammals of the World Volume 1: Carnivores. Lynx Edicions. 2009. S. 651. ISBN 978-84-96-553-49-1.

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]
Wikispecies
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Doninha-japonesa
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Doninha-japonesa