My Favorite Things

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela canção "My Favorite Things" do ligações a musical de 1959 e filme "The Sound of Music" de 1965, veja My Favorite Things (canção).
My Favourite Things
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/9/9b/My_Favorite_Things.jpg
Álbum de estúdio de John Coltrane
Lançamento 1961
Gravação 21 de Outubro - 26 de Outubro de 1960
Gênero(s) Jazz, Jazz Modal
Duração 40:42
Formato(s) LP
Gravadora(s) Atlantic Records
Produção Nesuhi Ertgün
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de John Coltrane
Giant Steps (1959)
Coltrane's Sound (1960)

My Favorite Things é um álbum de jazz de 1961 do saxofonista John Coltrane. É considerado por muitos críticos e ouvintes por ser uma significante e histórica gravação. Foi a primeira sessão gravada por Coltrane para o selo Atlantic e a primeira a apresentar o novo quarteto com McCoy Tyner (Piano), Elvin Jones (Bateria) e Steve Davis (Baixo).

É um álbum onde Coltrane faz uma mudança do estilo bop, um álbum em que Coltrane introduz revisitações harmônicas mais complexas de músicas como "My Favorite Things" (uma valsa de Richard Rodgers & Oscar Hammerstein), e "But Not For Me" (de George Gershwin). Em uma época em que o saxofone soprano se tornava obsoleto, Coltrane demonstrou uma inventiva habilidade com ele para o idioma do jazz.

O standard "Summertime" é notável por seu ritmo alegre, e pela demonstração da técnica sheets of sound, uma total antítese à melancolia de Miles Davis, versão lírica de Porgy and Bess.

"But Not For Me" é re-harmonizado usando outra técnica de John Coltrane, chamada Coltrane changes, e apresentando um longa coda sob uma progressão em II-V-I-vi.

A faixa título é uma versão modal da canção de autoria de Richard Rogers e Oscar Hammerstein, do musical The Sound of Music. A melodia é escutada diversas vezes por todos os 14 minutos de duração, e ao invés de "solar" sobre os acordes escritos, tanto Tyner quanto Coltrane tocam os solos sob vamps de dois acordes tônicos E menor e E maior. O solo de Tyner ficou famoso por ser extremamente cordal e rítmico, ao contrário de desenvolver melodias. No documentário The World According to John Coltrane, o narrador Ed Wheeler diz:

"Em 1960, Coltrane deixa Miles [Davis] e forma seu próprio quarteto para explorar o estilo modal, com livres direções com certa influência Indiana. Eles transformaram "My Favorite Things", a famosa e alegre canção de The Sound of Music, em uma hipnótica dança abdal. A gravação virou um hit tornando-se a gravação de Coltrane mais requisitada.

Lista de Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "My Favorite Things" (Richard Rodgers) — 13:41
  2. "Everytime We Say Goodbye" (Cole Porter) — 5:39
  3. "Summertime" (George Gershwin) — 11:31
  4. "But Not for Me" (Gershwin) — 9:34

Formação do Grupo[editar | editar código-fonte]

Gravado em 21 de Outubro, 24 e 26 de Outubro, 1960 na cidade de Nova Iorque.