Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

My Heart Is Calling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"My Heart Is Calling"
Single de Whitney Houston
do álbum The Preacher's Wife:
Original Soundtrack Album
Lado B "I Go to the Rock"
Lançamento 10 de Junho de 1997
Formato(s) CD single, cassete
Gravação 1996
Género(s) R&B, gospel, funk
Duração 4:15
Editora(s) Arista Records
Composição Kenneth "Babyface" Edmonds
Produção Babyface
Cronologia de singles de Whitney Houston
"Step by Step"
(1997)
"When You Believe"
(1998)
Lista de faixas de The Preacher's Wife: Original Soundtrack Album
"You Were Loved"
(8)
"I Believe in You and Me"
(10)

"My Heart Is Calling" é uma canção gravada pela artista norte-americana Whitney Houston para a banda sonora do filme dramático The Preacher's Wife (1996). Foi lançada a 10 de Junho de 1997 como o terceiro e último single do álbum. Composta solenemente por Kenneth "Babyface" Edmonds, que também ficou a cargo dos arranjos e produção, a obra é uma balada de R&B com influências de música gospel e funk cujas letras retratam conhecer alguém especial. Em geral, "My Heart Is Calling" recebeu opiniões bastante positivas pela crítica especialista em música contemporânea, que elogiaram o desempenho cheio de alma de Houston. O tema atingiu o seu pico na septuagésima sétima posição da Billboard Hot 100 nos Estados Unidos e posicionou-se dentro das quarenta melhores colocações da tabela musical Hot R&B Singles.

Estrutura musical e letras[editar | editar código-fonte]

"My Heart Is Calling" foi composta, produzida e arranjada solenemente por Babyface.[1] Musicalmente, é uma balada de rhythm and blues (R&B) de ritmo moderado, composta com "uma batida". Chris Willman, da revista electrónica Entertainment Weekly, observou a música como uma balada de "pista-de-dança",[2] enquanto Elysa Gardner, para o jornal Los Angeles Times, notou que a obra é tão influenciada pelo género musical gospel como pelo funk. Ela escreveu ainda que a canção explora o lado mais cheio de alma de Houston.[3] De acordo com a partitura publicada na página online Musicnotes.com pela Sony/ATV Music Publishing, a canção foi escrita na tonalidade de Sol maior. A sua batida é definida no compasso de tempo comum, e movimenta-se num metrónomo de 104 batimentos por minuto. A sua progressão de acordes segue a sequência Mim7/Fá♯SolLám7. A voz de Houston vai desde a nota baixa de Ré3 até à tonalidade alta de Mi5.[4] Segundo Ted Cox, autor do livro biográfico Whitney Houston, a obra observa a cantora desenvolvendo os tons mais baixos do seu alcance.[5]

Liricamente, "My Heart Is Calling" é uma canção de amor. De acordo com Bob Waliszewski, da revista Plugged In, "Houston captura exuberantemente a alegria de conhecer um alguém especial" ao longo da música.[6]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

"My Heart Is Calling" recebeu opiniões bastante favoráveis pela crítica especialista em música contemporânea. Larry Flick, para a revista musical Billboard, observou que a música tem um "groove atrevido invulgar". Além disso, fez uma análise favorável, escrevendo que é "um lançamento refrescante perfeito que inteligentemente contorna a sua 'baladaria' honesta em favor de uma incursão credível para dentro de um território jeep-funk".[7] Steve Jones, para o jornal USA Today, comentou que o single "... tem um sentimento espiritual. [Babyface e Houston] ajudam a manter uma coesividade temática que muitas bandas sonoras carecem de nestes últimos dias."[8] Similarmente, Elysa Gardner, para o Los Angeles Times, fez uma análise positiva, escrevendo que "Houston mostra o seu lado cheio de alma com penacho igual, mesmo que tenha uma tendência de exagerar a ginástica vocal obrigatória em alguns momentos."[3]

Alinhamento de faixas[editar | editar código-fonte]

O CD single distribuído nos países da América do Norte apresenta o lado B "I Go to the Rock" como a segunda faixa.

CD single norte-americano[9]
N.º Título Duração
1. "My Heart Is Calling"   4:15
2. "I Go to the Rock"   4:05
Duração total:
8:20

Créditos e pessoal[editar | editar código-fonte]

Os seguintes créditos foram adaptados do encarte da banda sonora The Preacher's Wife: Original Soundtrack Album:[1]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, "My Heart Is Calling" estreou no número 81 da Billboard Hot 100 na publicação de 5 de Julho de 1997. Duas semanas depois, a canção alcançou o seu pico no número 77.[10] Na semana seguinte, abandonou a tabela musical. Na Hot R&B Singles, a música estreou na posição 43, na publicação de 28 de Junho de 1997.[11] Na semana seguinte, ascendeu à posição 35, que se tornou o seu pico.[12]

País — Tabela musical (1997) Posição
de pico
 Estados UnidosBillboard Hot 100[13] 77
 Estados UnidosHot R&B Singles (Billboard)[14] 35

Notas de rodapé

  1. a b (1996) Créditos do álbum The Preacher's Wife: Original Soundtrack Album por Whitney Houston [CD]. Arista Records (07822-18951-2).
  2. Chris, Willman. (29 de Novembro de 1996). "Diva la Différence" (em inglês). Entertainment Weekly. Time Inc.. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.
  3. a b Gardner, Elysa. . "Oh, Whitney – for Heaven's Sake" (em inglês). Los Angeles Times. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.
  4. Kenneth "Babyface" Edmonds (compositor, letrista). (1996). "My Heart Is Calling: Whitney Houston – Partitura Digital" (partitura) (em inglês). Musicnotes.com. Sony/ATV Music Publishing (MN0059801 (número do produto))).
  5. Cox, Ted. (1998). "Whitney Houston". Chelsea House Publishers.
  6. Waliszewski, Bob. . "The Preacher's Wife Soundtrack – Plugged In Online Album Reviews". Plugged In. Focus on the Family. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.
  7. Flick, Larry. (17 de Maio de 1997). "Billboard Reviews & Previews" (em inglês). Billboard 109 (20). Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.
  8. Jones, Steve. (26 de Novembro de 1996). "'Preacher's Wife' steeped in the spirit" (em inglês). USA Today. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.
  9. "My Heart Is Calling" [encarte do CD single norte-americano]. Whitney Houston. Arista Records. 1997. 07822-13362-4.
  10. (19 de Julho de 1997) "Billboard Hot 100 Singles" (em inglês). Billboard 109 (29). Nielsen Business Media, Inc.. ISSN 0006-2510. Visitado em 21 de Janeiro de 2011.
  11. (28 de Julho de 1997) "Billboard Hot R&B Singles" (em inglês). Billboard 109 (26). Nielsen Business Media, Inc.. ISSN 0006-2510. Visitado em 21 de Janeiro de 2011.
  12. (5 de Julho de 1997) "Billboard Hot 100 Singles" (em inglês). Billboard 109 (27). Nielsen Business Media, Inc.. ISSN 0006-2510. Visitado em 21 de Janeiro de 2011.
  13. "Histórico de singles de Whitney Houston na Billboard Hot 100 (EUA)" (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.
  14. "Histórico de singles de Whitney Houston na Hot R&B/Hip-Hop Songs (EUA)" (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Visitado em 25 de Dezembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]