My Way

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja My Way (desambiguação).
"My Way"
Canção de Frank Sinatra
do álbum My Way
Lançamento 14 de junho de 1969 (1969-06-14)
Formato(s) LP
Gravação Dezembro de 1968,
em Los Angeles.
Gênero(s) Pop tradicional
Duração 04:35
Gravadora(s) Reprise
Letrista(s) Paul Anka
Composição Claude François
Jacques Reveaux
Produção Sonny Burke
Faixas de My Way
Último
"All My Tomorrows"
(5)
"A Day in the Life of a Fool"
(7)
Próximo

My Way (Claude François/Jacques Revaux/Paul Anka) é o título em inglês da canção francesa Comme d'habitude, que foi lançada pela primeira vez pelo autor, Claude François[1] , em 1967, na França. Em 1968, Frank Sinatra[2] lançou sua versão em língua inglesa, adaptada por Paul Anka e que virou um de seus maiores clássicos. É uma das músicas populares mais gravadas da história.

A versão em inglês manteve somente a melodia, pois o texto é completamente diferente da versão francesa original. A versão inglesa em resumo, conta a história de um único homem que tem a convicção de ter "trilhado seu caminho" conforme sua própria vontade após uma longa vida. Já a versão francesa canta a história, provavelmente na perspectiva masculina, de um casal que vive um relacionamento que já deixou de ser entusiástico e possui uma rotina fria, como se pode ver, como exemplo, nos versos selecionados abaixo:

Je me lève (Eu me levanto)...
Ma main / Caresse tes cheveux (Minha mão acaricia seus cabelos)
Mais toi / Tu me tournes le dos / Comme d'habitude (Mas tu me viras as costas como de costume)...
Sans bruit / Je quitte la maison (Silenciosamente eu saio de casa)...
Moi je reviendrai / Comme d'habitude (Como de costume eu voltarei)...
Tu seras sortie (Tu terás saído)...
Tout seul / J'irai me coucher (sozinho eu irei me deitar)...
Tu rentreras / Comme d'habitude (Tu voltarás, como de costume)...
Tu te déshabilleras / Oui comme d'habitude / Tu te coucheras ( Você se despirá, como de costume, e se deitará)
On s'embrassera / Comme d'habitude (Nos beijaremos, como de costume)
Comme d'habitude / On fera semblant (Como de costume, vamos fingir).


A versão de estúdio de Elvis Presley foi gravada em junho de 1971 e lançada só em 1995 no disco "Walk A Mile In My Shoes". Existem as versões ao vivo do show do Hawaii que foi lançada no disco ao vivo em 1973 denominado Aloha from Hawaii e outra lançada em 1977 em um compacto simples com America The Beautiful no "lado B", não se esquecendo da versão do disco Elvis in Concert, uma versão ao vivo de 1977[3] .

O cantor e compositor Marcelo Nova regravou a musica My Way em uma versão brasileira em 1986 no album Viva da banda Camisa de Vênus

O grupo musical Gipsy Kings(em português os Reis Ciganos) com influência de música característica da cultura da etnia romani (cigana), gravou uma versão deste tema em castelhano a qual foi inserido no album intitulado Gispsy Kings em 1987.

Em 16 de julho de 1994, no show realizado no Dodge Stadium de Los Angeles, Os Três Tenores[4] Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras gravam My Way, estando Frank Sinatra na platéia. No filme do grupo de punk rock inglês Sex Pistols, The Great Rock'n'Roll Swindle, de 1980, o baixista da banda, Sid Vicious, canta uma versão da música.

Em 14 de setembro de 2012 foi lançado o filme de origem francesa intitulado My Way, o Mito Além da Música, dirigido por Florent Emilio Siri, que conta a vida de Claude François, coautor da versão original composta em 1967 [5] .

A minha vida - My Way Ao vivo - Chitãozinho e Xororó. Gravado em 1992, com regência do maestro Eduardo Lages. Imortalizada por Frank Sinatra e Elvis Presley, em uma versão emocionante

Referências