Myasishchev M-50

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
M-50
(OTAN: Bounder)
Bombardeiro
M-50 em exibição no Museu de Aviação de Monino
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro estratégico supersônico
País de origem  União Soviética
Fabricante Myasishchev
Quantidade produzida 2
Primeiro voo em 27 de outubro de 1959 (60 anos)
Especificações (Modelo: M-50A)
Dimensões
Comprimento 57,48 m (189 ft)
Envergadura 35,10 m (115 ft)
Altura 8,25 m (27,1 ft)
Área das asas 290,6  (3 130 ft²)
Alongamento 4.2
Peso(s)
Peso vazio 85 000 kg (187 000 lb)
Peso carregado 175 000 kg (386 000 lb)
Peso máx. de decolagem 200 000 kg (441 000 lb)
Propulsão
Motor(es) 2x Dobrynin VD-7 e 2x VD-7F
Força de empuxo (por motor) 14 000 kgf (137 000 N)
Performance
Velocidade máxima 1 950 km/h (1 050 kn)
Velocidade de cruzeiro 1 500 km/h (809 kn)
Alcance (MTOW) 7 400 km (4 600 mi)
Teto máximo 16 500 m (54 100 ft)
Armamentos
Bombas 30.000 kg
Notas
Fonte[1]
M-50

O Myasishchev M-50 (Designação OTAN Bounder) foi um protótipo de bombardeiro estratégico a jato quadrimotor soviético que não foi comissionado. Apenas um protótipo foi construído, que acredita-se que voou pela primeira vez em 1957. O M-50 foi produzido pela Myasishchev.

Era um bombardeiro rápido com quatro motores: dois turbojatos Dobrynin VD-7 e dois VD-7F (pós-combustão). Dois eram colocados sob a asa e dois na ponta de sua asa em delta.

O segundo M-50 foi designado M-52 e utilizaca motores Zubets 16-17.[2] A instalação dos motores foi modificada e uma segunda seção de cauda foi adicionada no topo.[2] O M-50 participou em um voo no Dia da Aviação Soviética em 1961. O M-52 foi concluído, mas nunca testado em voo.

Como a maioria dos projetos de bombardeiros estratégicos da década de 1960, o programa M-50/52 foi encerrado devido ao desenvolvimento de mísseis balísticos intercontinentais e a prioridade dada ao programa espacial soviético.

Boato de bombardeiro nuclear[editar | editar código-fonte]

A edição de 1 de Dezembro de 1958 da Aviation Week incluiu o artigo "Soviéticos testando em voo bombardeiro nuclear" (em inglês: Soviets Flight Testing Nuclear Bomber), atestanto que os soviéticos haviam feito um grande progresso em seu programa de aeronaves nucleares.[3] Isto também foi acompanhado de um editorial sobre o tema. A revista disse que a aeronave sem dúvidas era real, atestando "Um bombardeiro movido a energia nuclear está sendo testado na União Soviética. ... Foi observado em voo e em solo por uma grande quantia de observadores estrangeiros de países comunistas e não comunistas." (em inglês: A nuclear-powered bomber is being flight tested in the Soviet Union. ... It has been observed both in flight and on the ground by a wide variety of foreign observers from Communist and non-Communist countries.). Na realidade, entretanto, o artigo era apenas um boato.[4] A aeronave nas fotos foi revelada mais tarde como sendo o M-50 e não uma aeronave movida a energia nuclear.

Na realidade, no início da década de 1960 a União Soviética testou de fato um protótipo de bombardeiro estratégico movido a energia nuclear, o Tupolev Tu-95LAL, similar ao projeto norte-americano Convair NB-36H, mas baseado no turboélice Tu-95, não foi supersônico e nunca voou utilizando energia nuclear (seu principal alvo era testar a eficiência da blindagem do reator nuclear), e além disso foi desenvolvido pela Tupolev, pois a Myasischev havia perdido a competição em construir um protótipo. Foi bem sucedido, mas foi cancelado por preocupações ambientais. Quando os ICBMs apareceram, a maioria dos fundos e esforços de desenvolvimento foram alterados para este campo, e no final da década de 1960, o projeto foi abandonado.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gunston, Bill (1995). The Osprey Encyclopaedia of Russian Aircraft 1875–1995. Londres, Reino Unido: Osprey. ISBN 1-85532-405-9 
  2. a b Pearce, William. «Myasishchev M-50 / M-52 Bounder» (em inglês) 
  3. Soviets Flight Testing Nuclear Bomber, Aviation Week, 1 de Dezembro de 1958, p. 27.
  4. Norris, Guy (14 de Outubro de 2014). «False Starts For Aviation's Atomic Age» (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Myasishchev M-50
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.