Myasishchev M-55

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
M-55
(OTAN: Mystic-B)
Picto infobox aircraft.png
M-55 Geophysica no MAKS Airshow 2001
Descrição
Tipo / Missão Aeronave turbojato monoplano bimotor de reconhecimento em alta altitude
País de origem  União Soviética
Fabricante Myasishchev
Quantidade produzida Subject 34: 1 unidade(s)
M-17: 2 unidade(s)
M-55: 5 unidade(s)
Primeiro voo em Subject 34: dezembro de 1978 (36 anos)
M-17: 26 de maio de 1982 (33 anos)
M-55: 16 de agosto de 1988 (26 anos)
Variantes
  • Subject 34
  • M-17 Stratosphera
  • M-17RN
  • M-55 Geophysica
  • M-55UTS
  • Geophysica 2
Tripulação 1 (M-55UTS: 2)
Especificações (Modelo: M-55)
Dimensões
Comprimento 22,867 m (75,0 ft)
Envergadura 37,46 m (123 ft)
Altura 4,8 m (15,7 ft)
Área das asas 131,6  (1 420 ft²)
Peso(s)
Peso vazio 13 995 kg (30 900 lb)
Peso carregado 23 400 kg (51 600 lb)
Peso de decolagem 23 800 kg (52 500 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turbofans Soloviev D-30-V12
Força de empuxo (por motor) 9 502 kgf (93 200 N)
Performance
Velocidade máxima 750 km/h (405 kn)
Alcance (MTOW) 4 965 km (3 090 mi)
Autonomia 6,5 h(s)
Teto máximo 21 500 m (70 500 ft)
Notas
Dados de: The Osprey Encyclopedia of Russian Aircraft 1875 - 1995[1] [2] [3]

O Myasishchev M-55 (Nome na OTAN: Mystic-B) é uma aeronave para reconhecimento em alta altitude desenvolvida na União Soviética pela Myasishchev. É similiar em sua missão e desenho da asa ao americano Lockheed U-2, mas com uma fuselagem tipo twin boom (duas caudas e dois estabilizadores verticais). Esta aeronave foi desenvolvida a partir do M-17. As diferenças incluem dois turbofan ao invés de um, e um maior peso máximo de decolagem (MTOW).

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O M-55 foi pela primeira vez conhecido como M-17. Seu projeto iniciou-se em 1978 quando alguns engenheiros soviéticos procuraram alguma forma de interceptar balões não tripulados de reconhecimento americanos (por exemplo Projeto Genetrix).[4] O primeiro voo do M-17 foi em 26 de Maio de 1982; esta aeronave logo foi detectada por observadores americanos.[4] Com a introdução de outro modelo deste tipo, o interceptador M-17 tornaria-se mais tarde conhecido como M-17 Mystic-A.[4] Em 28 de Março de 1990, o M-17 '17401' pilotado por Vladimir Arkhipenko[5] bateu um recorde de 21.830 m (71.621 pés). Este ainda continua sendo um recorde para aeronaves na faixa de peso entre 16 e 20 toneladas. O M-17 bateu um total de 12 Recordes Mundiais da Fédération Aéronautique Internationale, 5 deles ainda permanecem até hoje.[6]

O interceptador de balões M-17 encerrou as operações em 1987 e foi logo substituído pelo M-17RN, também conhecido como M-55 Geophysica, nomeado pela OTAN de Mystic-B.[4] O primeiro deste modelo voou pela primeira vez em 1988,mas assim que a União Soviética foi às ruínas, a demanda militar diminuiu. Em 1994, a produção versão de reconhecimento foi oficialmente encerrada após apenas cinco aeronaves construídas.

No dia 21 de Setembro 1993, um M-55 pilotado por Victor Vasenkov no aeródromo de Akhtubinsk alcançou uma altitude de 21.360 m (70.078 pés) (O M-55 estando em classe mais pesada que o M-17). O M-55 bateu um total de 15 recordes mundiais, sendo todos ainda válidos.[7]

Alguns M-55 Geophysica continuam em serviço, executando papéis de pesquisa. Um M-55 tornou-se parte de estudos na estratosfera no Ártico em 1996 e 1997.[4] Experimentos similares foram realizados em 1999 na Antarctica.[8]

Uma empresa baseada na Irlanda, Qucomhaps, focando-se no sudeste da Ásia, negociou com US$1 bilhão para usar o M55 como Estação de Plataforma de Alta Altitude para comunicações digitais.[9]

Variantes[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg
Por favor melhore esta seção, expandindo-a. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Myasishchev M-55#Variants» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (julho de 2015)
  • Subject 34
  • M-17 Stratosphera
  • M-17RN
  • M-55 Geophysica
  • M-55UTS
  • Geophysica 2

Operadores[editar | editar código-fonte]

Myasishchev M-55 no MAKS Airshow 2005
Myasishchev M-55 Geophysica 3 views.svg
 União Soviética
 Rússia

Veja Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gordon, Yefim; Bill Gunston OBE FRAeS (2000). Soviet X-planes. Leicester: Midland Publishing. pp. 136–139. ISBN 1 85780 099 0.
  2. Gunston, Bill (1995). The Osprey Encyclopedia of Russian Aircraft 1875-1995. London: Osprey Aerospace. pp. 261–263. ISBN 1855324059.
  3. Myasishchev M-55 www.emz-m.ru, visitada em 8 de julho de 2015.
  4. a b c d e Taylor, Michael J.H. Brassey's World Aircraft & Systems Directory 1999-2000, 2000. ISBN 1-85753-245-7, pág. 157.
  5. Thornborough, Anthony M.. Spy Planes and Other Reconnaissance Aircraft. London, UK: Arms and Armour Press, 1991. p. 7. ISBN 1-85409-096-8
  6. List of records established by the 'Myasishchev M-17' Fédération Aéronautique Internationale. Visitado em 19 de Junho de 2008.
  7. List of records established by the 'Myasishchev M-55' Fédération Aéronautique Internationale. Visitado em 19 de Junho de 2008.
  8. Airborne Polar Experiment - Geophysica Aircraft In Antarctica (APE-GAIA)
  9. Qucomhaps Press Release Qucomhaps. Visitado em 22 de Outubro de 2008.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]