Mylla Karvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mylla Karvalho
Mylla em 2006.
Informação geral
Nome completo Mileide Santos Carvalho Souza[1]
Nascimento 2 de julho de 1984 (34 anos)
Local de nascimento São João do Araguaia, PA
País  Brasil
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Progenitores Mãe: Maria Natividade dos Santos Carvalho
Pai: Doney Carvalho Souza
Cônjuge Danilo Freitas Silva (c. 2011)
Filho(s) Davih Lucca (n. 2014)
Daniel (n. 2018)
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Meio-soprano
Período em atividade 2001 (2001)—presente
Outras ocupações
Gravadora(s) Independente
Afiliação(ões) Companhia do Calypso
Página oficial www.myllakarvalho.com

Mileide Santos Carvalho Souza (São João do Araguaia, 2 de julho de 1984), conhecida pelo nome artístico de Mylla Karvalho, é uma cantora, coreógrafa, dançarina e bispa brasileira.[2] Mylla iniciou sua carreira em 2001, formando com seu irmão a banda Quiss, no ano seguinte é convidada para integrar os vocais da banda paraense Companhia do Calypso, onde atuou por cinco anos, na banda, Mylla gravou um álbum de estúdio, seis álbuns ao vivo e três álbuns de vídeo, ganhando fama nacional, se apresentando em toda as regiões do país e gravando programas de televisão em emissoras de alcance nacional. No ano 2008, a cantora anunciou seu desligamento do conjunto, pois, segundo ela, seu trabalho profissional era incompatível a sua conversão religiosa ao protestantismo neopentecostal.[3][4]

Em 2008, Mylla anunciou que passaria a se dedicar suas atividades como cantora apenas à gravação de canções com letras de temática cristã, porém no mesmo ritmo que a tornou conhecida o calypso, lançado em 2009, um ano após a sua saída da Companhia, o seu álbum de estréia solo Ofertar gravado ao vivo, em 2010 é lançado seu segundo álbum Abalou, em 2012 é lançado seu terceiro álbum em carreira solo Minha Vida, em 29 de março de 2013 grava seu primeiro álbum de vídeo em Palmas no estado do Tocantins, sendo lançado no ano seguinte. Em 2017, Mylla lança seu quinto álbum em carreira solo sendo o primeiro gravado totalmente em estúdio intitulado Fantástico Amor.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mileide Santos Carvalho Souza nasceu em 2 de julho de 1979 na cidade de São João do Araguaia, no sudeste do estado do Pará,[5] porém pouco ficou no município, indo morar a partir do primeiro ano de idade em Marabá. Sendo filha do casal, de Maria Natividade dos Santos Carvalho e Doney Carvalho Souza,[6] sendo a terceira dos cinco filhos do casal. De origem familiar humilde, Mylla começou a se interessar pela música ainda na infância pois seu pai era músico e ela convivia com esse mundo de forma muito próxima, aos 13 anos ela começou a cantar profissionalmente com seu pai em em festas de aniversário, serestas e confraternizações, no Pará.[5]

Em 2000, veio a formar a Banda Quiss, com seu irmão mais velho, Milson Karvalho, que atuava ao seu lado na banda, como tecladista, foi com esse trabalho, que Mylla teve a oportunidade de realizar diversas apresentações pelo Pará.[7] Em 2001, Mylla e seu irmão Milson, saíram da cidade de Marabá, para Belém, na intenção de procurar produtores que pudessem produzir e gravar o primeiro disco da banda. Após chegarem em Belém e conseguirem gravar o projeto, a dupla tinha a intenção de retornar a Marabá, porém durante o retorno mais precisamente em uma balsa, que fazia a linha entre Belém e Marabá, Mylla avistou um ônibus da famosa cantora paraense Lenne Bandeira, que vinha explodindo nas rádios paraenses naquela época. De imediato Mylla comenta com o irmão, para ele ir falar com Lenne, na esperança de quem sabe ela os atendesse e lá foram eles, Milson e Mylla contaram sua história e a suas tentativas de conquistarem o sucesso, Lenne se comoveu com a força de vontade e o talento dos irmãos, se colocando a disposição para ajudá-los e os levou para serem empresariados por seu escritório.[7] Em 2001, a Bandeira's Produções Artísticas, que era de propriedade de Lenne, lançou o primeiro álbum de estúdio da Quiss. O álbum teve reconhecimento expressivo no Pará, devido ao sucesso das canções "Itamaraty" e "Brega Sensual".[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2002–08: Carreira com a Companhia do Calypso[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2002, Lenne recebeu um convite do experiente produtor musical e empresário pernambucano Ari Karvalho, para fazer parte de uma nova banda de calypso, ritmo paraense derivado do brega e do calipso caribenho que vinha conquistando o Norte e Nordeste do Brasil, logo convidou Mylla a se juntar a ela nos vocais do projeto, da banda Companhia do Calypso. Quem completou a formação da Banda foi Charles Cill e logo banda deu início à gravação de seu álbum de estréia Ao Vivo, lançado pela gravadora Som Livre em dezembro de 2002, o projeto vendeu mais de 200 mil cópias, fazendo com que a banda recebesse o primeiro disco de platina, pela Pro-Música Brasil.[8] Não demorou muito e Charles Cill saiu da Banda, Quem o substituiu foi Robertinho do Pará que também ajudou e muito para que a Banda conquistasse o Brasil.

Depois de alguns meses a Companhia do Calypso iniciou a gravação do seu segundo álbum Volume 2 - Ao Vivo em Marabá, Que continha sucessos do primeiro trabalho da banda que mais se destacaram com canções inéditas, lançado em dezembro de 2003 pela gravadora GAL. O projeto gerou o single de enorme sucesso, "Se Mancol" interpretado por Mylla, que impulsionou as vendas do disco, atingindo a marca de 340.000 cópias vendidas.[9][10] O álbum foi certificado duas vezes disco de platina. Ainda em 2003, a banda iniciou sua primeira turnê por toda a região Nordeste e Norte do Brasil, gravando em 29 de maio de 2004, durante uma das apresentações da turnê, na cidade de Recife no Cordeiro, o primeiro DVD da banda para cerca de 28 mil pessoas. Ao Vivo em Recife foi lançado em CD e DVD em novembro de 2004, vendendo mais 260 mil cópias em geral e foi certificado duas vezes disco de diamante.[9][10] Após o lançamento desse projeto não demorou muito pra banda começar a tocar nas rádios de todo o Brasil e se apresentar em programas de televisão. Bordões como Alguém me Segure e Ao Vivo também se tornaram marcas registradas e ganharam popularidade entre o público.

Em 2005, com sucesso do seu primeiro DVD, a Companhia volta ao estúdios, para a gravação do seu terceiro álbum intitulado Volume 3 - Ao Vivo, com 19 músicas inéditas, foi lançado em 21 de maio de 2005, O primeiro single da obra, "Tchic Bum" explodiu nas paradas de sucesso e tornou-se o single de maior destaque no álbum, tornando-se um clássico exitoso da banda.[11][12] Com a boa repercussão dos single "Tchic Bum", o álbum acaba por tornar-se mais um sucesso comercial para a banda, sendo certificado de disco de platina, pelas mais de 600 mil cópias comercializadas,[9][10] além de aparecer entre um dos álbuns mais vendidos no país, naquele ano.[13] Em 17 de dezembro, a banda grava seu segundo DVD, no Goiânia Park Show em Goiânia, Goiás, com cerca de 1 milhão de reais em investimento. Que reuniu um público de mais de 70 mil pessoas, o que causou um enorme congestionamento, o maior e jamais superado de Goiânia. No inicio de 2006, Robertinho do Pará anuncia seu desligamento da banda, ele é substituído por Charles Cill, que anuncia seu retorno ao vocais do grupo. Em 25 de maio, a Companhia do Calypso lança seu segundo DVD Ao Vivo em Goiânia, sendo certificado de disco de platina, pelas mais de 200 mil cópias vendidas.[8] Em 16 de dezembro chega às lojas o sexto álbum de carreira da banda, Volume 6, com 17 músicas inéditas, sendo o último trabalho de Lenne Bandeira na banda. "Tum Tarará" foi o primeiro single liberado, obtendo enorme destaque nas rádios.

"No palco eu era feliz, mas quando eu saia, eu era vazia, triste."

— Mylla justificando sua saída da Companhia do Calypso.[14]

Em junho de 2007, após quatro anos a frente dos vocais da Companhia, Lenne Bandeira anunciou sua saída, para dedicar-se a outros projetos profissionais. Mylla Karvalho e Charles Cill ganharam parceiros na formação, Alan Clistenes e Silmara Pires, conhecida pelo seu trabalho na banda de forró Limão com Mel. Para marcar a nova formação da banda, em 20 de dezembro é lançando o álbum Companhia, Cinco singles oficiais foram lançados a partir do álbum, "É Fogo", "No MSN", "Bobo Apaixonado", "Zac Zum" e "Carro de Apaixonado", maior sucesso do álbum, que serviram como base para o repertório do terceiro DVD da banda gravado durante a madrugada de 31 de dezembro de 2007, em Teresina no Piauí.[15] Em março de 2008, Mylla anuncia que estava deixado a banda,[16] porém, ela negou desavenças com empresários ou algum membro da banda, segundo ela, sua continuidade no projeto ia contra os princípios da sua nova religião, e por conta dessa incompatibilidade ela decidiu abandonar a carreira na secular para dedicar-se a religião evangélica.[17][14] Devido a sua saída, o terceiro DVD da banda, Ao Vivo em Teresina, foi reeditado, para corte de algumas músicas interpretadas por Mylla. Junto com a Companhia do Calypso, vendeu em torno de 2 milhões de cópias entre todo o material.[8]

2008–presente: Carreira solo[editar | editar código-fonte]

Após sair da Companhia do Calypso, para dedicar-se exclusivamente a vida religiosa, Em 2008, Mylla anunciou que passaria a se dedicar suas atividades como cantora apenas à gravação de canções com letras de temática cristã, porém no mesmo ritmo que a tornou conhecida o calypso,[18] a cantora lançou o seu álbum de estréia em carreira solo na música gospel, lançado de forma independente em 11 de abril de 2009, intitulado Ofertar, cujo seu irmão Milson Karvalho é autor de todas as faixas da obra. Liricamente as canções traduzem bem a fundo a oferta de sua vida a Deus.[19] foi gravado em 4 de dezembro de 2008, na Igreja de Cristo Ministério Nova Terra.[20] Em 2 de abril de 2010, Mylla lança seu segundo CD intitulado como Abalou, de forma independente,[21] Uma grande novidade neste novo trabalho, é que além das composições marcantes do irmão da cantora, Mylla grava pela primeira vez uma música de sua própria autoria “Coração puro”.[22] O sentido lírico do título do álbum, retrata o impacto que Jesus está trazendo aos corações; “Este é um ano de colheita, onde o Senhor está nos revelando tesouros escondidos. Ele está reafirmando em nossos corações as suas promessas, abalando as estruturas”, contou a cantora.[23] O single “Abalou” que intitula o CD, retrata o impacto aos corações ao dizer que suas promessas em nós serão cumpridas.[22]

Em 7 de abril de 2012, é lançado seu terceiro álbum em carreira solo Minha Vida, a produção do material leva a assinatura do irmão da cantora e produtor musical do ministério, Milson Karvalho que também assinou todas as composições do álbum.[24] O repertório conta com 12 faixas, que variam do melhor estilo de adoração ao gênero paraense, calypso. Além disso, a faixa “Dia da tua vitória” propõe um gênero mais pentecostal. Neste disco, a cantora inova mais uma vez na faixa “É de Jesus”, que vem em ritmo de zouk, um estilo totalmente inédito no meio evangélico. Mylla Karvalho é a primeira cantora gospel a lançar uma música neste estilo.[24] Mylla apareceu no artigo Evangélicos - A fé que seduz o Brasil da Revista de História da Biblioteca Nacional,[25] No mesmo ano, foi citada pela repórter Alice Melo "como a primeira pessoa a adaptar a batida regional (calipso paraense) à música gospel, e que rapidamente conquistou uma legião de fãs".[26] Em 29 de março de 2013, grava seu primeiro DVD no Centro de Convenções Parque do Povo em Palmas no estado do Tocantins,[27] o show contou com a participação do cantor Marquinhos Gomes.[28][29]

Em 2 de abril de 2014, é lançado seu primeiro álbum ao vivo, intitulado Jesus é Nota 1000, o lançamento ocorreu no Congresso do Diante do Trono da banda Diante do Trono.[30] Em 18 de agosto de 2017, Mylla lança seu quinto álbum solo sendo o primeiro gravado totalmente em estúdio intitulado Fantástico Amor,[31] O projeto conta com as participações da cantora Ana Nóbrega em “Bem-Vindo” e da vocalista da banda Diante do Trono, Ana Paula Valadão, na faixa-título “Fantástico Amor”. O repertório mescla canções de arranjos pop e influências do calypso, gênero pelo qual Mylla alcançou notoriedade nacional.[31][32][33] Para a divulgação do projeto, Mylla liberou dois singles, O primeiro foi "Fantástico Amor", colaboração com Valadão.[34] O segundo foi “Marcha na Cidade”, divulgado em 16 de agosto, três dias antes do lançamento do álbum.[32][33][31]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Aos seis anos de idade, Mylla passou a frequentar a religião evangélica, por influência de uma prima que frequentava a igreja e decidiu converter-se, só que devido a idade, o fato da religião naquele momento não a influenciou a desistir de seguir uma carreira secular.[35] Aos 12 anos ela se afastou da igreja, pois tinha um sonho de conquistar a fama.[35] No começo do ano 2007, durante suas férias que passava em casa com sua família, após muitas Insistências do meu irmão, Milson Carvalho, ela foi convidada e convencida por ele a participar do chamado Encontro Com Deus, em uma chácara, a partir dali, decidiu voltar a seguir sua antiga religião e abandonar seu trabalho musical na Companhia do Calypso.[36][37] A cantora também revelou que aparentava uma felicidade momentânea enquanto estava nos palcos, durante as apresentações da banda, mais que internamente sentia-se infeliz e incompleta, e isso foi mudado segundo a cantora após se "encontrar" com Deus.[14] Perguntada em entrevistas se arrepende-se de algo, Mylla afirma arrepender-se "de tudo o que fiz que entristeceu a Deus".[18] A cantora foi batizada nas águas do Rio Jordão em Israel, no ano de 2008.[27] Em 2013, foi elevada a condição de bispa.[30] Em 14 de fevereiro de 2011, a cantora casa-se com o Pr. Danilo de Souza em Palmas no estado do Tocantins, onde mora desde então.[38][39] Mylla ficou grávida em janeiro de 2014,[40] sendo em 7 de setembro do mesmo ano, o nascimento do seu primeiro filho, Davih Lucca fruto de seu casamento.[41] Em 7 de setembro de 2018, Mylla anunciou o nascimento seu segundo filho Daniel, através de sua conta no Instagram.[42]

Em março de 2013, Mylla participou como encerramento da Marcha para Jesus em Porto Velho, Rondônia; com a presença de mais de 50 mil pessoas.[43] Mylla participou do quadro "Jogo do Banquinho" do Programa Raul Gil no SBT, junto da cantora Adma Andrade, da banda Magníficos; A gravação do quadro foi no dia 6 de abril e foi ao ar no dia 18.[44] Mylla cantou a canção "Se Joga", do álbum ao vivo Minha Vida de autoria de Milson Carvalho.[45] Mylla já tinha participado do programa, porém, como vocalista da Companhia do Calypso. No mês de abril de 2015, Mylla foi no evento da Sony Music Brasil representando o estado de Tocantins.[46]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Ofertar Ao Vivo[47]
Abalou Ao Vivo[48]
  • Lançamento: 2 de abril de 2010
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: Independente
Minha Vida[49]
  • Lançamento: 7 de abril de 2012
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: Independente
Fantástico Amor[31][50]
  • Lançamento: 18 de agosto de 2017
  • Formatos: Download digital, streaming
  • Gravadora: Independente

Álbum ao vivo[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Jesus é Nota 1000[30]
  • Lançamento: 22 de abril de 2014
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: Independente

Álbum de vídeo[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Jesus é Nota 1000[30]
  • Lançamento: 22 de abril de 2014
  • Formatos: DVD
  • Gravadora: Independente

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal
Título Ano Álbum
"Ofertar" 2009 Ofertar Ao Vivo
"Te Escolhi"
"Carimbó"
"Abalou" 2010 Abalou Ao Vivo
"Coração de Jesus"
"Não Há Limites"
"Minha Vida" 2012 Minha Vida
"Deus da Cura" 2013
"Fantástico Amor"
(Mylla Karvalho part. Ana Paula Valadão)
2017 Fantástico Amor
"Marcha na Cidade"
"Bem Vindo"
Como artista convidada
Título Ano Álbum
"Nele Posso Confiar"
(Robertinho do Pará part. Mylla Karvalho)
2009 Arrebatado Serei

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Título Ano Álbum
"Abalou" 2010 Christian Valente
"Não Há Limites"
"Minha Vida" 2013 Alex Barros
"Deus da Cura"
"Bem Vindo" 2017

Referências

  1. «Uma conversa com Mylla Karvalho». Igreja de cristo em Belém. 30 de abril de 2011. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  2. «Mylla Karvalho participa de Congresso do Diante do Trono e louva com Ana Paula Valadão». Portal Meio Norte. 24 de Abril de 2014. Consultado em 2 de janeiro de 2014 
  3. James Pimentel (22 de novembro de 2011). «Entrevista: Mylla Karvalho fala sobre carreira gospel». Imperatriz Notícias. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  4. «Ex-Companhia do Calypso se prepara para gravar seu 1° DVD Gospel». Meio Norte. 12 de março de 2013. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  5. a b «ARAGUATINS: Milla Karvalho será atração da EXPOATINS esta noite». Consultado em 9 de junho de 2018 
  6. «Morre Doney Karvalho, Pai Da Cantora Gospel Mylla Karvalho». 6 de julho de 2002. Consultado em 19 de junho de 2010 
  7. a b c «Mylla Karvalho - Blog Oficial». Consultado em 9 de junho de 2018 
  8. a b c «Companhia do Calypso realiza show em Areia Branca». O Mossoroense. Consultado em 9 de junho de 2018 
  9. a b c «Companhia do Calypso». Pedrobotelhoneto.blogspot. Consultado em 9 de junho de 2018 
  10. a b c «Release». Companhiadocalypso.com.br. Consultado em 9 de junho de 2018 
  11. «Rádios tocam Marisa Monte; veja 30 músicas da parada». Folha Online. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  12. «Veja lista das 30 músicas mais tocadas nas rádios». Folha Online. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  13. «Lista dos 50 CDs mais vendidos na semana». Época. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  14. a b c «"Renunciei a milhões e uma carreira de sucesso", diz ex-Companhia do Calypso». Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  15. «Companhia do Calypso grava DVD diante de 50 mil pessoas». Consultado em 29 de setembro de 2017 
  16. «MYLLA SAI da COMPANHIA DO CALYPSO». Flog. 25 de junho de 2018 
  17. «Ex-vocalista da Cia do Calypso grava com Ana Paula Valadão». Consultado em 29 de setembro de 2017 
  18. a b «Mylla Karvalho: Um novo nome na música gospel». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  19. «Mylla Karvalho (ex-Cia do Calypso) lança CD evangélico em Palmas». Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  20. «CD Ofertar - Mylla Karvalho». Forró em Sampa. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  21. «Cantora evangélica Mylla Karvalho realizou show gospel durante aniversário da cidade de Araguatins». Revista de História. 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  22. a b «ABALOU" é o novo Cd da cantora Mylla Karvalho!». Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  23. «Mylla Karvalho, ex-Cia do Calypso, lança segundo álbum em Palmas nesta sexta 02/04». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  24. a b «Minha vida (Mylla Karvalho)». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  25. Claudia Rodrigues (3 de dezembro de 2012). «Revista destaca o avanço dos evangélicos no Brasil». Amigos de Cristo. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  26. Alice Melo (1 de dezembro de 2012). «Artigo: No Ritmo de Jesus». Revista de História. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  27. a b «Cantora evangélica Mylla Karvalho realizou show gospel durante aniversário da cidade de Araguatins». Revista de História. 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  28. «Ex-vocalista da Banda Companhia do Calypso fará gravação de DVD em Palmas». Revista de História. 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  29. «Ex-vocalista da Banda Companhia do Calypso fará gravação de DVD». 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  30. a b c d «Mylla Karvalho participa de Congresso do Diante do Trono e louva com Ana Paula Valadão». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  31. a b c d «Mylla Karvalho lança o álbum Fantástico Amor». 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  32. a b «Mylla Carvalho lança CD gospel com participação de Ana Paula Valadão». 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  33. a b «"Fantástico Amor": Mylla Karvalho lança CD com participação de Ana Paula Valadão». 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  34. «Ex-vocalista da Cia do Calypso grava com Ana Paula Valadão». 1 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  35. a b «ARAGUATINS: Milla Karvalho será atração da EXPOATINS esta noite». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  36. Assessória de Imprensa (25 de abril de 2012). «Pastores Danilo Silva e Mylla Karvalho assumem novo Ministério na cidade de Palmas». Folha do Tocantins. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  37. «Testemunho Mylla Karvalho Ex- Compania do Calipso». R7. 15 de março de 2011. Consultado em 15 de setembro de 2014 
  38. «Mylla Karvalho (ex. Cia do Calypso) casou.». Forró em Sampa. 15 de março de 2011. Consultado em 15 de setembro de 2014 
  39. «Cantora gospel Mylla Karvalho faz pré-lançamento de seu terceiro CD em Belém». Site ORM. Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  40. RICKARDO S. MACEDO (Abril de 2014). «Assista "Te Escolhi", faixa do DVD "Jesus é nota 1000" de Mylla Karvalho». Notícias DT. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  41. Eri Medeiros (8 de setembro de 2014). «Nasce o primeiro filho de Mylla Karvalho». Eri medeiros.com. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  42. «Instagram Oficial». Instagram. 7 de setembro de 2018. Consultado em 9 de janeiro de 2016 
  43. Ivanete Damasceno (30 de maio de 2013). «Trio elétrico é retirado de fios de alta tensão e encerra Marcha para Jesus». G1.com RO. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  44. «Raul Gil: neste sábado tem "Jogo do Banquinho" especial de forró». Forró Dicumforça.com.br. Consultado em 1 de maio de 2015 
  45. «"Não vamos falar disso durante cinco anos" revela Roberto Justus no Programa Raul Gil». Conexão Penado. Consultado em 1 de maio de 2015 
  46. «Sony Music reúne profissionais do mercado gospel em evento». Cannã Vip. 9 de Abril de 2015. Consultado em 9 de janeiro de 2016 
  47. «Mylla Karvalho lança CD "Ofertar"». Consultado em 28 de maio de 2011 
  48. «Gospel - Mylla Karvalho lança segundo álbum em Palmas nesta sexta». Consultado em 28 de maio de 2011 
  49. «A cantora Mylla Karvalho divulga primeiro single do seu novo álbum - Minha Vida». Consultado em 28 de maio de 2011 
  50. «Mylla Karvalho lança o álbum Fantástico Amor». Consultado em 28 de maio de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.