Myrtaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde maio de 2016)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaMyrtaceae
Eucalyptus sp.

Eucalyptus sp.
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Myrtales
Família: Myrtaceae
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Myrtaceae

Myrtaceae é uma família botânica que compreende 130 gêneros e cerca de 3.000 espécies. São plantas arbustivas ou arbóreas representadas nas Américas principalmente pelas plantas frutíferas. Exemplo: jambo, pitanga e uvalha (Eugenia spp.); goiaba e araçá (Psidium spp.); jaboticaba e cambuí (Myrciaria spp.). Outro gênero de grande importância é o Eucalyptus spp. nativo da Austrália. Atualmente ele é cultivado em larga escala nas regiões tropicais (principalmente África e Brasil) para obtenção de matéria-prima como: madeira serrada, celulose na fabricação de papel, carvão vegetal para fins energéticos, etc.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Do gênero Myrtus Tonnef, por sua vez, do latim myrtus; alguns sugerem do grego myrtos - perfume - devido ao aroma exalado pelas flores.

Informações Botânicas[editar | editar código-fonte]

Seu floema é interno. Geralmente há a presença abundante de ritidoma no caule. Observa-se também canais oleíferos na forma de pequenos pontos translúcidos que pode ser observado nas folhas, flores,frutos e sementes (mais facilmente nas folhas).

Folhas[editar | editar código-fonte]

São simples, opostas (alternas na maioria dos gêneros Eucalyptus) de bordo inteiro, peninérvias e geralmente com uma nervura marginal. Há pontos translúcido devido a presença de canais oleíferos.

Flores[editar | editar código-fonte]

Andróginas, actinomórfas, diclamídeas, dialipétalas, raramente com pétalas de tamanho reduzido ou abortadas, polistêmone (atrativo visual), anteras globosas, rimosas e bitecas. Ovário ínfero, com número variável de lóculos e de óvulos. Apresentando vários tipos de inflorescências.

Frutos[editar | editar código-fonte]

Do tipo baga, raramente cápsula. O embrião das sementes é muito utilizado para a classificação das Myrtaceae em tribos.

Gêneros[editar | editar código-fonte]

A família Myrtaceae inclui os seguintes géneros:

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Myrtaceae