Nº1 Imperial Majesty

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Nº1 Imperial Majesty, Clive Christian Nº1 ou simplesmente Nº1 é uma fragrância criada e introduzida no mercado em 2001 pelo designer britânico Clive Christian. É o perfume mais caro do mundo, custando US$2150 – 1.450,35 EUR a onça ou US$215.000 - 145.035,10 EUR a garrafa.[1]

O perfume é vendido apenas em Londres, em Piccadilly Circus, na loja Fortnum & Mason, por 415 libras - cerca de 930 dólares - 467,547 BRA - a garrafinha com 50 ml. O que realmente o torna caro é a embalagem. O Nº1 vem dentro de um frasco de cristal, decorado com um anel de ouro no gargalo e um diamante de cinco quilates na tampa.[2]

Das cinco garrafas produzidas, três foram vendidas até hoje.

Referências

  1. Banay, Sophia. «Most Expensive Perfumes». Forbes. Consultado em 30 de abril de 2011. 
  2. «As coisas mais caras do mundo (em suas categorias)». Consultado em 30 de abril de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre vestuário ou moda é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.