Níkos Skalkótas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Níkos Skalkótas
Nascimento 21 de março de 1904
Cálcis
Morte 19 de setembro de 1949 (45 anos)
Atenas
Cidadania Grécia
Ocupação compositor, violinista

Níkos Skalkótas (em grego: Nίκος Σκαλκώτας, (Cálcis, 21 de março de 1904Atenas, 20 de setembro de 1949) foi um compositor grego.

Estudante de violino no Conservatório de Atenas, prossegue seus estudos em Berlim, onde estuda composição sob a orientação de Jarnach, Schoenberg e Kurt Weill.

Com 29 anos retorna à Atenas, onde passa a tocar violino em algumas orquestras.

Sua composições foram inicialmente atonais, e, a partir de 1935, mostram uma complexidade serial. Suas 36 Danças Gregas para Orquestra, porém, são obras tonais. Skalkótas, assim como Alban Berg, soube refrear a aridez estética do dodecafonismo.

Compôs três concertos para piano e orquestra, a abertura A Volta de Odisseu (1943), quartetos, obras orquestrais, obras para piano e peças vocais.

Referências