Nódulo de Ranvier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os prolongamentos dos neurônios formam as fibras nervosas que,em conjunto, constituirão os nervos, vias de transmissão dos impulsos nervosos.Geralmente, cada fibra nervosa é constituída pelo prolongamento do neurônio (axônio ou dentrito) envolvido e protegido pela bainha de mielina, uma bainha lipídica, produzida pelas células de Schwann (ou gliócitos do SNP), que a envolve externamente. A bainha é descontínua,pois se interrompe em intervalos REGULARES, formando os NÓDULOS DE RANVIER (ou nós neurofibrosos), regiões limites entre uma célula de Schwann e outra.''' A bainha é uma camada isolante em torno do neurônio, o que vai permitir uma transmissão mais rápida. Numa fibra mielinizada, o impulso se propaga saltando em sequência, pelos nódulos de Ranvier (regiões não mielinizadas). [1]

Ícone de esboço Este artigo sobre Histologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Biologia-Ensino Médio-Pitágoras(2015)