Número vampiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em teoria dos números, número vampiro é um número natural v, com número par de dígitos n, ou seja, sua divisão por dois é um número natural, que são divididos ao meio, originando x e y. Esses números x e y são formados pelos algarismos do número e podem ser trocados de ordem. Em números vampiros verdadeiros, é possível realizar a multiplicação de x por y e obter novamente o número inicial. Apenas podem ser números vampiros, os que têm número de algarismos positivo e que não tenham uma metade formada apenas por zeros. Esses números são compostos, no mínimo, por quatro algarismos. Não existem números vampiros com apenas dois algarismos. Os números vampiros apareceram pela primeira vez num artigo de 1944 de Clifford A. Pickover à Usenet.

Por exemplo, o número 1260. Ele tem quatro algarismos, portanto, pode ser um número vampiro. E ele é de fato um porque 21 × 60 = 1260. Esse número é o menor número vampiro de quatro algarismos num total de sete.

Alguns números vampiros de quatro e seis algarismos são:

  1. 1260
  2. 1395
  3. 1435
  4. 1530
  5. 1827
  6. 2187
  7. 6880
  8. 102510
  9. 104260
  10. 105210
  11. 105264
  12. 105750
  13. 108135
  14. 110758
  15. 115672
  16. 116725
  17. 117067
  18. 118440
  19. 120600
  20. 123354
  21. 124483
  22. 125248
  23. 125433
  24. 125460
  25. 125500
  26. 126027
  27. 126846
  28. 129640

Contagem de números vampiros[editar | editar código-fonte]

n Números vampiros
4 7
6 148
8 3228
10 108454
12 4390670
14 208423682

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.