NCAA Football

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A NCAA Football é o principal campeonato nacional de futebol americano universitário nos Estados Unidos, atualmente dividido em 3 divisões que não possuem o sistema de promoção e rebaixamento convencional. Para ascender de divisão, é obrigatório que seja chamado para participar de uma conferência da divisão superior e o rebaixamento pode ser feito por escolha da própria universidade ou imposto pela NCAA, ao verificar que esta instituição não possui os requisitos para estar naquela divisão, como por exemplo, a quantidade de bolsa de estudos dos jogadores e a infra-estrutura do estádio são requisitos que podem fazer com que a NCAA rebaixe alguma universidade. A NCAA Division 1 é dividida em duas subdivisões a Football Bowl Subdivision (FBS), com 130 equipes universitárias e Football Championship Subdivision (FCS), com 125 equipes, sendo a FBS a mais popular e as instituições são mais ricas entre os times das duas.

Algumas das regras usadas pela NCAA diferem das usadas na NFL, como pode ser visto na página: Futebol americano universitário.

Organização[editar | editar código-fonte]

Os times universitários jogam contra outras escolas do mesmo tamanho através do sistema de divisão da NCAA. A Division I geralmente consiste das principais universidades esportivas com orçamentos maiores, as instalações mais elaboradas, e maiores bolsas atléticas. A Division I é dividida em Football Bowl Subdivision (FBS) o que significa Subdivisão de Bowls e que não tem um torneio organizado para determinar o seu campeão, e em vez disso equipes competem em jogos de pós-temporada (jogos de bowls) e a Football Championship Subdivision (FCS), o que significa Subdivisão do Campeonato, que possui um sistema de playoffs semelhante ao de outros esportes americanos. A FBS são as escolas mais ricas, com mais infra-estrutura e nela é obrigatório que todos os atletas possuam bolsas integrais. Já na FCS, os times possuem menos infra-estrutura que os times da FBS e só é obrigatório que 90% dos atletas recebam bolsas integrais. Há ainda a NCAA Division II, que consiste principalmente de menores instituições públicas e privadas que oferecem bolsas de estudo inferiores às da Division I. Já a NCAA Division III as equipes não oferecem bolsas de estudo.

As equipes em cada uma dessas quatro divisões são divididos em várias conferências regionais. Há ainda as divisões inferiores à NCAA Division III que são a NAIA Football e a NJCAA Football, que também são divididas em conferências regionais, porém não são controladas pela NCAA.

Campeonatos Nacionais[editar | editar código-fonte]

Dentro da NCAA há 4 divisões e portanto cada uma possui uma maneira diferente de determinar seu campeão. Há ainda divisões inferiores à NCAA que também possuem seu próprio campeonato. Ao longo da história houve diversas maneiras diferentes de determinar os campeões de seus torneios. Na NCAA Football Bowl Subdivision (Division I FBS) há o College Football Playoff (CFP) que iniciou na temporada de 2014-15. Anteriormente seu campeão era definido por um sistema conhecido como Bowl Championship Series (BCS) que ocorreu entre 1998 e 2014. Anterior à BCS, havia o National Football Championship que definia o campeão da Division I. Já na NCAA Football Championship Subdivision (Division I FCS), a outra parte da primeira divisão possui um Playoff semelhante ao de outros esportes americanos e é conhecido como FCS Playoff.

College Football Playoff (CFP) e Bowl Championship Series (BCS)[editar | editar código-fonte]

Em parte como compromisso entre simpatizantes de jogos de bowls e simpatizantes do playoff, a NCAA criou a Bowl Championship Series (BCS) na Division I (FBS), em 1998, a fim de criar um jogo do Campeonato Nacional de futebol americano universitário definitivo. A série deveria incluir os quatro jogos de bowl mais proeminentes (Rose Bowl, Orange Bowl, Sugar Bowl, Fiesta Bowl), enquanto o jogo do Campeonato Nacional se revezaria cada ano, entre um desses locais. Se, por exemplo, o Rose Bowl era para ser jogado como o Campeonato Nacional de um ano, os outros três jogos da série ainda seguem seus procedimentos normais para selecionar as equipes, tais como considerar campeões de conferência e vagas restantes. Os campeões das conferências mais fortes, conhecidas como Power Five (SEC, Big 12, Big Ten, Pac-12 e ACC) teriam todos um lugar garantido em um dos jogos de BCS, enquanto as vagas restantes iriam para equipes de outras conferências.

O comitê de seleção BCS usava um complicado, e muitas vezes controverso sistema de computador para classificar todas as equipes da Division I-FBS e as duas melhores equipes no final da temporada para jogar o Campeonato Nacional. Este sistema de computador, que se baseia nas pesquisas de jornais, enquetes online, pesquisas de treinadores, a força dos oponentes, e vários outros fatores de temporada de uma equipe, tem levado a muita controvérsia sobre se os dois melhores times do país estão sendo selecionados para jogar na o jogo do Campeonato Nacional. O sistema BCS foi ligeiramente ajustado em 2006, com a NCAA adicionado um jogo 5 da série, chamado de BCS National Championship Game. Isso permitiria que os quatro outros bowls usem a BCS para o seu processo de seleção normal para selecionar as equipes em seus jogos, enquanto os 2 melhores times no ranking BCS iriam jogar no National Championship Game.

A partir da temporada de 2014-15, foi criado o College Football Playoff (CFP), que substituiu a BCS. NO CFP, ao invés dos 2 melhores times já se classificarem para a final como na antiha BCS, agora os 4 melhores times baseados nesse ranking se classificam para as semifinais, que são revezadas de ano em ano entre os 6 bowls mais importantes: (Rose Bowl, Orange Bowl, Sugar Bowl, Fiesta Bowl, Cotton Bowl e Peach Bowl), o vencedor de cada semifinal se classifica para a final do campeonato, chamada de: College Football Playoff National Championship, e o vencedor deste jogo se consagra campeão da temporada.

Jogos de Bowl[editar | editar código-fonte]

Os jogos de bowl são tradicionais no futebol americano universitário e colegial, Diferentemente da maioria dos outros esportes-universitários ou profissionais. A Football Bowl Subdivision (FBS), anteriormente conhecida como Divisão I-A do futebol americano universitário preserva esta tradição e tem uma série de jogos de pós-temporada chamados "bowl games". Os quatro primeiros colocados que fazem o College Football Playoff são tradicionalmente determinados por votos de ex-jogadores, escritores esportivos e de outros não-jogadores.[1] As semifinais são jogos de bowls tradicionais e são chamados de New Years Six (que são o Rose Bowl, Fiesta Bowl, Sugar Bowl, Orange Bowl, Peach Bowl e Cotton Bowl Classic, revezando entre estes a cada ano.) e são disputados próximo ao Ano-novo, daí vem o nome.

O primeiro bowl foi o Rose Bowl de 1902, disputado entre Michigan e Stanford, Michigan venceu 49-0. Ele terminou quando Stanford solicitou e Michigan concordou em terminar com oito minutos faltando no relógio. Esse jogo era tão desequilibrado que o jogo não foi disputado anualmente até 1916, quando o Tournament of Roses decidiu fazer novamente o jogo pós-temporada. O termo "bowl" origina-se da forma do estádio Rose Bowl, em Pasadena, Califórnia, que foi construído em 1923 e parecia uma tigela. Este é o lugar onde o nome veio ser usado, como se tornou conhecido como o Rose Bowl. Outros jogos vieram e usaram o termo "bowl", indpendentemente se o estádio tinha a forma de uma tigela ou não.

A NCAA Division I FBS possui diversos bowls, enquanto a NCAA Division I FCS apresenta apenas um, porém no passado já apresentou outros que foram extintos, a NCAA Division II e Division III também apresentam seus bowls, assim como a NAIA Football e a NJCAA Football também apresentam jogos de bowls. O futebol americano de ensino médio (colegial) também possui diversos jogos de bowls por todo o país.

No nível Division I FBS, as equipes devem ganhar o direito de ser elegíveis a um bowl ao vencer, pelo menos, seis jogos (de 12 na temporada regular) durante a temporada, (há casos em que as equipes jogam 13 jogos em uma temporada, o que é o caso da Universidade do Havaí e qualquer um de seus adversários que tenham de jogar no Havaí, tem o direito de jogar um jogo a mais na temporada regular para tentar a sua eligibilidade para os bowls. Há ainda o caso das conferências que são subdivididas em Norte e Sul ou Leste e Oeste por exemplo, neste caso o melhor time de cada divisão fazem uma final para ver quem se consagrará campeão geral da conferência, isso explica porque há times com 13 jogos antes dos bowls por exemplo). Em seguida, esses times que atingiram seis vitórias são convidados para um jogo de bowl com base em sua classificação de conferência e das vagas que a conferência tem para indicar times para cada jogo de bowl. Para a temporada de 2019, havia 40 jogos de bowl (39 bowls normais e a final do Playoff), então 78 das 130 equipes da Division I FBS foram convidadas para jogar em um bowl (porém nem sempre 78 times terminam com ao menos 6 vitórias na temporada regular, nestes casos os melhores times de 5 vitórias são chamados para bowls. Mas também há temporadas em que mais de 78 times ficam com 6 vitórias, então há times que apesar de serem elegíveis não são chamados para nenhum bowl). Estes jogos são disputados a partir de meados de dezembro até o início de Janeiro. Os jogos de bowl no meados de dezembro são de menor importância e os bowls de maior prestígio são disputados próximos ao Ano-novo.

As vagas para os bowls na FBS são distribuídas de acordo com as conferências ou acordo feito diretamente com o próprio time (no caso dos times independentes). Todas as conferências possuem um contrato com diferentes bowls e seus times de acordo com sua posição no ranking da conferência já são selecionados para aquele bowl pré-determinado. As conferências mais fortes, conhecidas como Power Five (SEC, Big 12, Big Ten, Pac-12 e ACC) possuem mais vagas para bowls que as conferências menores, conhecidas como Group of Five (American, C-Usa, MAC, Mountain West e Sun Belt) portanto se possui mais times elegíveis para bowls do que vagas, provavelmente os times que não serão convidados para bowls serão da Group of Five. E caso haja mais vagas do que times elegíveis para bowls, os times de 5 vitórias que serão chamados para compor essas vagas provavelmente serão da Power Five.

Há ainda alguns times que não fazem parte de nenhuma conferência e são chamados de Independentes. Todas as divisões da NCAA (Division I FBS, Division I FCS, Division II e Division III) possuem alguns poucos times chamados de independentes. Um time independente pode ser chamado para participar de uma conferência e aceitar o convite ou também pode recusá-lo e continuar como independente. A vantagem de ser um time independente é que o próprio time monta todos os jogos do seu calendário, diferentemente dos times das conferências que são obrigados a jogarem contra times de sua própria conferência e possuem poucos jogos para poder escolher times de outras conferências para jogar. O time independente também faz seus próprios acordos com determinados jogos de bowls, diferentemente dos times que pertencem as conferências que estão submetidos aos bowls que a sua conferência possui acordo.

Devido à popularidade dos bowls universitários, a NFL decidiu dar o nome de sua final de Super Bowl, desta forma destaca-se como se fosse o mais importante de todos os bowls.

FCS Playoffs[editar | editar código-fonte]

A Division I FCS, anteriormente chamada de Division I-AA, apresenta um sistema de Playoff semelhante ao de outros esportes americanos (diferentemente da FBS). Iniciou-se em 1978 com 4 times, em 1987 foi expandido para 16 times, em 2010 foi expandido novamente, desta vez para 20 times e em 2013 se expandiu mais uma vez, para a configuração atual de 24 times. O playoff define o campeão anual da FCS.[2]

Outros campeonatos[editar | editar código-fonte]

  • National Football Championship (anterior a criação do BCS em 1998) - NCAA Football Division I FBS
  • NCAA Division I FCS Consensus Mid-Major Football National Championship - NCAA Football Division I FCS
  • NCAA Division II National Football Championship - NCAA Football Division II
  • NCAA Division III National Football Championship - NCAA Football Division III
  • NAIA National Football Championship - NAIA Football
  • NJCAA National Football Championship - NJCAA Football (junior colleges).

Mapa dos times[editar | editar código-fonte]

U.S. Map of Division 1-A Football Team Locations


Abaixo està a lista de campeões da Division I FBS e Division I FCS:

Campeões da Bowl Championship Series (BCS) e do CFP National Championship[editar | editar código-fonte]

Ambos são um sistema de playoff, que define o campeão anual da FBS. A diferença é que na BCS apenas os dois finalistas se classificavam e no CFP National Championship: 4 times se classificam e fazem as semifinais e posteriormente a final.

Campeões da Bowl Championship Series (BCS) (1998–2013)[editar | editar código-fonte]

Temporada Campeão
1998 Tennessee
1999 Florida State
2000 Oklahoma
2001 Miami (FL)
2002 Ohio State
2003 LSU
2004* USC
2005 Texas
2006 Florida
2007 LSU
2008 Florida
2009 Alabama
2010 Auburn
2011 Alabama
2012 Alabama
2013 Florida State
  • *Título retirado pela BCS.

Campeões do CFP National Championship (2014–presente)[editar | editar código-fonte]

Temporada Campeão
2014 Ohio State
2015 Alabama
2016 Clemson
2017 Alabama
2018 Clemson
2019 LSU

Com mais campeonatos nacionais da Bowl Championship Series (BCS) e do CFP National Championship[editar | editar código-fonte]

Bowl Championship Series (BCS) (1998–2013)[editar | editar código-fonte]

Time Titulos Temporada(s)
Alabama 3 2009, 2011, 2012
Florida 2 2006, 2008
Florida State 2 1999, 2013
LSU 2 2003, 2007
Auburn 1 2010
Miami (FL) 1 2001
Ohio State 1 2002
Oklahoma 1 2000
Texas 1 2005
Tennessee 1 1998
USC 0* 2004
  • *Título retirado pela BCS.

CFP National Championship (2014–presente)[editar | editar código-fonte]

Time Titulos Temporada(s)
Alabama 2 2015, 2017
Clemson 2 2016, 2018
Ohio State 1 2014
LSU 1 2019

Com mais campeonatos nacionais no total (títulos auto-declarados)[editar | editar código-fonte]

Como não havia um campeão oficial, vários times, que tinham campanhas boas em uma temporada, se auto-declaravam campeões da temporada. Alguns jornais e rankings famosos da época, cada um escolhia um time campeão, assim dando um embasamento para um time se auto-declarar campeão da temporada.

Time Titulos Temporada(s)
Princeton 28 1869, 1870, 1872, 1873, 1874, 1875, 1877, 1878, 1879, 1880, 1881, 1884, 1885, 1886, 1889, 1893, 1894, 1896, 1898, 1899, 1903, 1906, 1911, 1920, 1922, 1933, 1935, 1950
Yale 27 1872, 1874, 1876, 1877, 1879, 1880, 1881, 1882, 1883, 1884, 1886, 1887, 1888, 1891, 1892, 1893, 1894, 1895, 1897, 1900, 1901, 1902, 1905, 1906, 1907, 1909, 1927
Alabama 17 1925, 1926, 1930, 1934, 1941, 1961, 1964, 1965, 1973, 1978, 1979, 1992, 2009, 2011, 2012, 2015, 2017
Michigan 11 1901, 1902, 1903, 1904, 1918, 1923, 1932, 1933, 1947, 1948, 1997
Notre Dame 11 1924, 1929, 1930, 1943, 1946, 1947, 1949, 1966, 1973, 1977, 1988
USC 11* 1928, 1931, 1932, 1939, 1962, 1967, 1972, 1974, 1978, 2003, 2004*
Pittsburgh 9 1915, 1916, 1918, 1929, 1931, 1934, 1936, 1937, 1976
Ohio State 8 1942, 1954, 1957, 1961, 1968, 1970, 2002, 2014
Harvard 7 1890, 1898, 1899, 1910, 1912, 1913, 1919
Minnesota 7 1904, 1934, 1935, 1936, 1940, 1941, 1960
Oklahoma 7 1950, 1955, 1956, 1974, 1975, 1985, 2000
Penn 7 1894, 1895, 1897, 1904, 1907, 1908, 1924
Michigan State 6 1951, 1952, 1955, 1957, 1965, 1966
Tennessee 6 1938, 1940, 1950, 1951, 1967, 1998
California 5 1920, 1921, 1922, 1923, 1937
Cornell 5 1915, 1921, 1922, 1923, 1939
Illinois 5 1914, 1919, 1923, 1927, 1951
Iowa 5 1921, 1922, 1956, 1958, 1960
Miami (FL) 5 1983, 1987, 1989, 1991, 2001
Nebraska 5 1970, 1971, 1994, 1995, 1997
Georgia Tech 4 1917, 1928, 1952, 1990
LSU 4 1958, 2003, 2007, 2019
Texas 4 1963, 1969, 1970, 2005
Washington 4 1960, 1984, 1990, 1991
Army 3 1944, 1945, 1946
Clemson 3 1981, 2016, 2018
Florida 3 1996, 2006, 2008
Florida State 3 1993, 1999, 2013
Lafayete 3 1896, 1921, 1926
Ole Miss 3 1959, 1960, 1962
SMU 3 1935, 1981, 1982
Texas A&M 3 1919, 1927, 1939
Auburn 2 1957, 2010
Chicago 2 1905, 1913
Georgia 2 1942, 1980
Penn State 2 1982, 1986
TCU 2 1935, 1938
Stanford 2 1926, 1940
Arkansas 1 1964
Boston College 1 1940
BYU 1 1984
Centre 1 1919
Colorado 1 1990
Dartmouth 1 1925
Detroit 1 1928
Kentucky 1 1950
Maryland 1 1953
Navy 1 1926
Oklahoma State 1 1945
Rutgers 1 1869
Syracuse 1 1959
UCF 1 2017
UCLA 1 1954
  • *Título retirado pela BCS mas ainda aparece nas estatísticas totais.

Com mais campeonatos nacionais na Era Moderna (desde 1936), eleitos pela votação de Técnicos (Coaches) e pela Votação da AP[editar | editar código-fonte]

Cada votação pode eleger um campeão diferente para a mesma temporada.

Time Titulos Temporada(s)
Alabama 12 1961, 1964, 1965 (AP), 1973 (Coaches), 1978 (AP), 1979, 1992, 2009, 2011, 2012, 2015, 2017
Notre Dame 8 1943, 1946, 1947, 1949, 1966, 1973 (AP), 1977, 1988
Oklahoma 7 1950, 1955, 1956, 1974 (AP), 1975, 1985, 2000
USC 7 1962, 1967, 1972, 1974 (Coaches), 1978 (Coaches), 2003 (AP), 2004 (AP)*
Ohio State 6 1942, 1954 (AP), 1957 (Coaches), 1968, 2002, 2014
Miami (FL) 5 1983, 1987, 1989, 1991 (AP), 2001
Nebraska 5 1970 (AP), 1971, 1994, 1995, 1997 (Coaches)
LSU 4 1958, 2003 (Coaches), 2007, 2019
Minnesota 4 1936, 1940, 1941, 1960
Texas 4 1963, 1969, 1970 (Coaches), 2005
Clemson 3 1981, 2016, 2018
Florida 3 1996, 2006, 2008
Florida State 3 1993, 1999, 2013
Army 2 1944, 1945 (AP)
Auburn 2 1957 (AP), 2010
Michigan 2 1948, 1997 (AP)
Michigan State 2 1952, 1965 (Coaches)
Penn State 2 1982, 1986
Pittsburgh 2 1937, 1976
Tennessee 2 1951, 1998
BYU 1 1984
Colorado 1 1990 (AP)
Georgia 1 1980
Georgia Tech 1 1990 (Coaches)
Maryland 1 1953
Oklahoma State 1 1945 (Coaches)
Syracuse 1 1959
TCU 1 1938
Texas A&M 1 1939
UCLA 1 1954 (Coaches)
Washington 1 1991 (Coaches)
  • *Título retirado pela BCS mas ainda aparece nas estatísticas totais.

Campeões da Football Championship Subdivision (FCS)[editar | editar código-fonte]

É a outra parte da Division I, embora faça parte da Division I os times têm menos investimento por parte das universidades do que os times da FBS.

Temporada Campeão Vice-campeão Placar Sede
1978 Florida A&M Massachusetts 35–28 Wichita Falls (Texas)
1979 Eastern Kentucky Lehigh 30–7 Orlando (Flórida)
1980 Boise State Eastern Kentucky 31–29 Sacramento (Califórnia)
1981 Idaho State Eastern Kentucky 34–23 Wichita Falls (Texas)
1982 Eastern Kentucky (2) Delaware 17–14 Wichita Falls (Texas)
1983 Southern Illinois Western Carolina 43–7 Charleston (Carolina do Sul)
1984 Montana State Louisiana Tech 19–6 Charleston (Carolina do Sul)
1985 Georgia Southern Furman 44–42 Tacoma (Washington)
1986 Georgia Southern (2) Arkansas State 48–21 Tacoma (Washington)
1987 Northeast Louisiana Marshall 43–42 Pocatello (Idaho)
1988 Furman Georgia Southern 17–12 Pocatello (Idaho)
1989 Georgia Southern (3) Stephen F. Austin 37–34 Statesboro (Geórgia)
1990 Georgia Southern (4) Nevada 36–13 Statesboro (Geórgia)
1991 Youngstown State Marshall 25–17 Statesboro (Geórgia)
1992 Marshall Youngstown State 31–28 Huntington (Virginia Ocidental)
1993 Youngstown State (2) Marshall 17–5 Huntington (Virginia Ocidental)
1994 Youngstown State (3) Boise State 28–14 Huntington (Virginia Ocidental)
1995 Montana Marshall 22–20 Huntington (Virginia Ocidental)
1996 Marshall (2) Montana 49–29 Huntington (Virginia Ocidental)
1997 Youngstown State (4) McNeese State 10–9 Chattanooga (Tennessee)
1998 UMass Georgia Southern 55–43 Chattanooga (Tennessee)
1999 Georgia Southern (5) Youngstown State 59–24 Chattanooga (Tennessee)
2000 Georgia Southern (6) Montana 27–25 Chattanooga (Tennessee)
2001 Montana (2) Furman 13–6 Chattanooga (Tennessee)
2002 Western Kentucky McNeese State 34–14 Chattanooga (Tennessee)
2003 Delaware Colgate 40–0 Chattanooga (Tennessee)
2004 James Madison Montana 31–21 Chattanooga (Tennessee)
2005 Appalachian State Northern Iowa 21–16 Chattanooga (Tennessee)
2006 Appalachian State (2) Massachusetts 28–17 Chattanooga (Tennessee)
2007 Appalachian State (3) Delaware 49–21 Chattanooga (Tennessee)
2008 Richmond Montana 24–7 Chattanooga (Tennessee)
2009 Villanova Montana 23–21 Chattanooga (Tennessee)
2010 Eastern Washington Delaware 20–19 Frisco (Texas)
2011 North Dakota State Sam Houston State 17–6 Frisco (Texas)
2012 North Dakota State (2) Sam Houston State 39–13 Frisco (Texas)
2013 North Dakota State (3) Towson 35–7 Frisco (Texas)
2014 North Dakota State (4) Illinois State 29–27 Frisco (Texas)
2015 North Dakota State (5) Jacksonville State 37–10 Frisco (Texas)
2016 James Madison (2) Youngstown State 28–14 Frisco (Texas)
2017 North Dakota State (6) James Madison 17–13 Frisco (Texas)
2018 North Dakota State (7) Eastern Washington 38–24 Frisco (Texas)
2019 North Dakota State (8) James Madison 28–20 Frisco (Texas)

Com mais campeonatos nacionais (FCS)[editar | editar código-fonte]

Time Títulos Temporada(s) Vice-Campeonatos Temporada(s)
North Dakota State 8 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2017, 2018, 2019 0
Georgia Southern* 6 1985, 1986, 1989, 1990, 1999, 2000 2 1988, 1998
Youngstown State 4 1991, 1993, 1994, 1997 3 1992, 1999, 2016
Appalachian State* 3 2005, 2006, 2007 0
Montana 2 1995, 2001 5 1996, 2000, 2004, 2008, 2009
Marshall* 2 1992, 1996 4 1987, 1991, 1993, 1995
Eastern Kentucky 2 1979, 1982 2 1980, 1981
James Madison 2 2004, 2016 2 2017, 2019
Delaware 1 2003 3 1982, 2007, 2010
Furman 1 1988 2 1985, 2001
UMass* 1 1998 2 1978, 2006
Boise State* 1 1980 1 1994
Eastern Washington 1 2010 1 2018
Florida A&M 1 1978 0
Idaho State 1 1981 0
Northeast Louisiana* 1 1987 0
Montana State 1 1984 0
Richmond 1 2008 0
Southern Illinois 1 1983 0
Villanova 1 2009 0
Western Kentucky* 1 2002 0
  • *Agora membros da FBS.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  1. White, Gordon (8 de janeiro de 1979). «N.C.A.A. Committee Urges Football Playoff». The New York Times. Consultado em 6 de outubro de 2011 
  2. «NCAA Division I Football Championship - Official Web Site». Consultado em 28 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 29 de março de 2010