NSS-9

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NSS-9
Localização orbital 177° W
Lançamento 12 de fevereiro de 2009 (6 anos)
Veículo Ariane-44L H10-3
Operador LuxemburgoSES
Vida útil 15 anos
Design Orbital Sciences Corporation
Cobertura Austrália
Indonésia
Filipinas
Japão
China
Coreia do Sul
Ilhas do Pacífico
Estados Unidos
Havaí
Polinésia
Órbita geoestacionária
Peso 2.230 kg
Designação COSPAR 2009-008A

O NSS-9 é um satélite de comunicação geoestacionário europeu construído pela Orbital Sciences Corporation (OSC), ele está localizado na posição orbital de 177 graus de longitude oeste e é operado pela SES World Skies divisão da SES. O satélite foi baseado na plataforma Star-2 Bus e sua expectativa de vida útil é de 15 anos.[1] [2]

História[editar | editar código-fonte]

A SES New Skies, uma empresa da SES global anunciou em novembro de 2006, que um contrato para a construção do satélite NSS-9 foi atribuído a Orbital Sciences Corporation.

O NSS-9 leva 28 transponders de banda C ativos e apresentam três feixes que podem ser interligados em uma base transponder-by-transponder: um feixe global que fornece cobertura de todo o mundo visível a 183 graus leste, um feixe para o hemisfério oriental (cobrindo a Austrália, Indonésia, Filipinas, Japão, China, Coreia do Sul e as ilhas do Pacífico) e um feixe para o hemisfério ocidental (fornecendo cobertura e conectividade para os Estados Unidos, Havaí e Polinésia). O satélite é baseado no Star-2 Bus, a sonda tinha uma massa de lançamento de 2.230 kg, um poder de carga de 2,3 kW, e conta com sistemas de bordo redundantes chave para garantir a segurança operacional máxima.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite foi lançado com sucesso ao espaço no dia 12 de fevereiro de 2009, às 22:09 UTC, por meio de um veículo Ariane-5ECA, a partir do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa, juntamente com os satélites Hot Bird 10, Spirale A e Spirale B. Ele tinha uma massa de lançamento de 2.230 kg.[1] [2]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O NSS-9 é equipado com 44 transponders em banda C para cobrir a região do Oceano Pacífico (Austrália, Indonésia, Filipinas, Japão, China, Coreia do Sul, ilhas do Pacífico, Estados Unidos, Havaí e Polinésia).[1] [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c NSS 9 (em inglês) Gunter's Space Page. Visitado em 05 de março de 2014.
  2. a b c NSS 9 (em inglês) SatBeams - Satellite Details. Visitado em 05 de março de 2014.