Nacip Raydan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Nacip Raydan
Bandeira de Nacip Raydan
Brasão de Nacip Raydan
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1 de março de 1959
Gentílico nacipense
Prefeito(a) Eduardo" Duzao" Antonio de Oliveira (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Nacip Raydan
Localização de Nacip Raydan em Minas Gerais
Nacip Raydan está localizado em: Brasil
Nacip Raydan
Localização de Nacip Raydan no Brasil
18° 27' 32" S 42° 14' 56" O18° 27' 32" S 42° 14' 56" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Vale do Rio Doce IBGE/2008 [1]
Microrregião Governador Valadares IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes São José da Safira, Santa Maria do Suaçuí, Virgolândia, Coroaci e Marilac
Distância até a capital 317 km
Características geográficas
Área 228,587 km² [2]
População 3 261 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 14,27 hab./km²
Altitude 350 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,611 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 13 500,268 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 458,48 IBGE/2008[5]

Nacip Raydan é um município brasileiro do estado de Minas Gerais com população de 3.261 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Tendo como os primeiros moradores as famílias Lourenço e Quincas.

Tinha como nome de Bananal do Ramalhete, antes de ser fundada oficialmente. Bananal atraindo muitos comerciantes pela grades fontes de mica que na época em que era um vilarejo valia muito, foi crescendo até se tornar Nacip Raydan.

Clima[editar | editar código-fonte]

A cidade possui clima bastante quente por estar na região de Governador Valadares, mas apresenta temperaturas amenas no inverno.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Está entre altas serras, o que proporciona uma visão espetacular. Nacip Raydan fica bem no meio de uma depressão entre quatro morros, que formam uma espécie de círculo. É ideal para quem quer descansar e renovar as energias.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa populacional 2014 IBGE». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010