Nado sincronizado nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olympic Rings white.svg
Nado sincronizado nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Brasil Rio de Janeiro, Brasil
Synchronised Swimming, Rio 2016.png
Dados
Participantes 104 atletas
Sede Parque Aquático Maria Lenk
Dias de competição 16 e 19 de agosto
Eventos 2 evento
Medalhistas
Medalha de ouro Ouro RússiaRUS Rússia (2 medalhas)
Medalha de prata Prata ChinaCHN China (2 medalhas)
Medalha de bronze Bronze JapãoJPN Japão (2 medalhas)
◄◄ Reino Unido 2012 Olympic Rings white.svg Japão 2020 ►►

As competições de nado sincronizado nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 foram realizadas entre 14 e 19 de agosto no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro.[1]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Foram concedidos dois conjuntos de medalhas nos seguintes eventos:[1]

  • Equipes feminino
  • Duetos feminino

Formato da competição[editar | editar código-fonte]

Apresentação do Brasil na prova por equipes.

O formato de competição das provas é um pouco distinto entre duetos e equipes:[2]

Por duetos, começou por uma fase preliminar e numa final. Na preliminar foi disputada uma ronda de rotina livre, seguida de uma técnica, com elementos exigidos a todas as duplas. As pontuações das duas rotinas acumularam-se resultando da classificação final da fase preliminar, de onde os 12 melhores duetos se apuraram para a final. A final consistiu apenas da mesma rotina livre repetida, cuja pontuação se somou à da rotina técnica da ronda preliminar para se apurar a classificação final.

Já por equipas só houve uma final onde as nadadoras tiveram que actuar numa rotina técnica e numa rotina livre. O sorteio para a rotina técnica dividiu as equipes em dois grupos de quatro. A pontuação total final foi calculada ao juntar os pontos das duas rotinas, dando depois origem à classificação final.

Em ambos os torneios cada rotina foi avaliada por três painéis de cinco jurados: nas rotinas livres, um para a execução (30 por cento da nota para a execução e sincronização), outro para a impressão artística (40%, incluindo coreografia, interpretação da música e apresentação), e outro para a dificuldade do exercício, contando 30% para a avaliação final. As pontuações mais altas e mais baixas de cada painel foram descartadas.

Para as rotinas técnicas, o primeiro painel considerou a execução (30%), o segundo a impressão (30%) e o terceiro avaliou os elementos (40%), com as pontuações mais altas e mais baixas dois dois primeiros painéis descartadas. Já no terceiro painel só foram descartadas as pontuações mais altas e mais baixas sobre os elementos requeridos a todos os duetos ou equipes.

Qualificação[editar | editar código-fonte]

24 duetos qualificaram-se para o evento, com os oito Comitês Olímpicos Nacionais (CON) qualificados para a competição por equipas a terem automaticamente uma vaga para os duetos. Os cinco melhores CON nos campeonatos continentais que não asseguraram a qualificação directa também tiveram lugar.[3] As 11 vagas restantes foram decididas no torneio de qualificação para os Jogos Olímpicos, realizado no Parque Aquático Maria Lenk entre 2 e 6 de março de 2016.[4]

Já em equipes houve oito vagas. Os melhores CON de cada um dos cinco campeonatos continentais garantiram vaga, com excepção para o continente sul-americano, representado pelas anfitriãs (Brasil). Os outros três lugares foram decididos no torneio de qualificação Olímpico.[3][4]

Calendário[editar | editar código-fonte]

Agosto[5]
Nado sincronizado 14 15 16 17 18 19
Duetos 1
Equipe 1
Dia de competição Dia de final

Medalhistas[editar | editar código-fonte]

Rússia, China e Japão dominaram os eventos de nado sincronizado, conquistando as medalhas por duetos e também por equipes:[6] Destaque especial para a delegação russa, que alcançou o quinto título Olímpico consecutivo em ambas as competições.[7][8]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Dueto
detalhes
Natalia Ishchenko
Svetlana Romashina
RússiaRUS Rússia
Huang Xuechen
Sun Wenyan
ChinaCHN China
Yukiko Inui
Risako Mitsui
JapãoJPN Japão
Equipes
detalhes
Vlada Chigireva
Natalia Ishchenko
Svetlana Kolesnichenko
Aleksandra Patskevich
Svetlana Romashina
Alla Shishkina
Maria Shurochkina
Gelena Topilina
Elena Prokofyeva
RússiaRUS Rússia
Gu Xiao
Guo Li
Li Xiaolu
Liang Xinping
Sun Wenyan
Tang Mengni
Yin Chengxin
Zeng Zhen
Huang Xuechen
ChinaCHN China
Aika Hakoyama
Yukiko Inui
Kei Marumo
Risako Mitsui
Kanami Nakamaki
Mai Nakamura
Kano Omata
Kurumi Yoshida
Aiko Hayashi
JapãoJPN Japão

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 RússiaRUS Rússia 2     2
2 ChinaCHN China   2   2
3 JapãoJPN Japão     2 2
TOTAL 2 2 2 6

Referências

  1. a b «Aquatics Explanatory Guide» (PDF) (em inglês). Rio 2016. pp. 36, 37, 38. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  2. «Aquatics Explanatory Guide» (PDF) (em inglês). Rio 2016. pp. 36, 37, 38. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  3. a b «Qualification system - Games of the XXXI Olympiad - Rio 2016» (PDF) (em inglês). Comité Olímpico de Portugal. Outubro de 2015. Consultado em 30 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 30 de agosto de 2016 
  4. a b «Synchronised swimming Olympic Games qualification tournament» (PDF). FINA. Consultado em 30 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 30 de agosto de 2016 
  5. «Nado sincronizado - Programação da competição» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 8 de agosto de 2016. Consultado em 30 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 30 de agosto de 2016 
  6. «Nado sincronizado - Medalhistas por evento» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 19 de agosto de 2016. Consultado em 30 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 30 de agosto de 2016 
  7. Souza, Richard (16 de agosto de 2016). «É penta! Russas ampliam hegemonia do país no nado e ficam com o ouro». globoesporte.com. Consultado em 30 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2016 
  8. «Rússia sagra-se pentacampeã por equipas». Cofina. 19 de agosto de 2016. Consultado em 30 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]