Nagini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na obra de J. K. Rowling, Nagini é a cobra de estimação do vilão Voldemort, que consegue falar a língua das cobras: um ofidioglota.

Nagini, de fato, foi criada na Albânia, mas não foi logo após a derrota de Voldemort(31 de outubro de 1981). Para se criar uma Horcrux, é necessário matar uma pessoa; no caso, a pessoa que foi morta para a criação da Horcrux - Nagini, foi a bruxa Bertha Jorkins. Tal fato ocorreu um ano antes de Voldemort conseguir recuperar seu corpo e seus poderes com a ajuda de Pedro Pettigrew, o Rabicho, em 24 de junho de 1995.

Nagini foi a ultima Horcrux criada por Lord Voldermort, tal acontecimento ocorreu em uma Floresta na Albânia, logo após Voldemort ser derrotado por Harry pela primeira vez. O diretor de Hogwarts, Dumbledore, descobre que a cobra foi transformada em Horcrux, ou seja, Voldemort colocou nela um pedaço de sua alma. Até o sexto livro da série isso era uma suposição, mas que foi confirmada no sétimo livro. Desconfiando de que o segredo das Horcruxes já fora descoberto, Voldemort passa a proteger a cobra, inclusive encerrando-a num globo inatingível.

No último livro da série, a cobra acaba sendo morta por Neville Longbottom, que a decapitou com a espada de Godric Gryffindor, estando esta coberta pelo veneno do basilisco morto por Harry em 1993. Sendo assim, além da morte física de Nagini, houve também a destruição da Horcrux nela encerrada.

Ver também[editar | editar código-fonte]