Nailya Gilyazova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nailya Gilyazova
esgrima
Nome completo Nailya Fayzrakhmanovna Gilyazova
Especialidade florete
Nascimento 2 de janeiro de 1953 (67 anos)
Cazã, Rússia Soviética, União Soviética
Nacionalidade soviética

Nailya Fayzrakhmanovna Gilyazova (em russo: Наиля Файзрахмановна Гилязова; Cazã, 2 de janeiro de 1953) é uma ex-esgrimista soviética de florete. Ela conquistou duas medalhas olímpicas por equipes: um ouro nos Jogos Olímpicos de 1976, em Montreal e uma prata nos Jogos de 1980, em Moscou.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jogos Olímpicos[editar | editar código-fonte]

Gilyazova participou de duas edições de Olimpíadas: os Jogos de Montreal e os Jogos de Moscou. Na primeira edição, ela integrou a equipe soviética no evento por equipes. Gilyazova terminou a primeira fase invicta em seus embates contra as canadenses e as polacas. A invencibilidade continuou nas quartas de final diante da Romênia, quando a equipe soviética se classificou para as semifinais. Ela venceu a alemã Karin Rutz-Gießelmann, mas obteve dois reveses para Brigitte Oertel e Cornelia Hanisch. Na decisão contra as francesas, um triunfo sobre Brigitte Latrille-Gaudin e um revés para Brigitte Gapais-Dumont foram os resultados de Gilyazova, que conquistou a medalha de ouro.[1] Quatro anos depois, nos Jogos de Moscou, a equipe soviética enfrentou Romênia e Itália na primeira fase, os dois triunfos garantiram a classificação. Na fase seguinte, o adversário foi a Polônia e na ocasião Gilyazova triunfou nos embates contra Delfina Skąpska e Jolanta Królikowska, mas acabou sendo derrotada por Barbara Wysoczańska. Com o resultado, as soviéticas chegaram até a decisão diante das francesas, que saíram vitoriosas. Gilyazova foi derrotada por Pascale Trinquet-Hachin e Véronique Brouquier; no entanto, venceu Brigitte Latrille-Gaudin e Isabelle Boéri-Bégard. Apesar do revés, ela conquistou sua segunda medalha olímpica, desta vez a prata.[1]

Já no evento individual, Gilyazova se qualificou apenas para a edição de Moscou. Na ocasião, debutou com triunfos sobre a italiana Susanna Batazzi e Marlene Font, mas foi derrotada por Skąpska e Latrille-Gaudin. Apesar disso, classificou-se para a segunda fase, quando obteve quatro vitórias, incluindo um triunfo sobre Skąpska por cinco toques contra dois. Gilyazova foi superada na primeira rodada eliminatória. Conforme o resultado anterior, disputou a repescagem. Ela foi eliminada na segunda rodada da repescagem, terminando o evento na nona posição.[1]

Campeonato Mundial[editar | editar código-fonte]

Em campeonatos mundiais, Gilyazova conquistou uma medalha de bronze em 1974. Oito anos depois, tornou-se campeã mundial ao vencer a italiana Dorina Vaccaroni.[2]

Referências

  1. a b c «Nailya Gilyazova» (em inglês). sports-reference.com. Consultado em 30 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2012 
  2. The Guinness Encyclopaedia of Sports Records & Results. [S.l.]: Guinness Superlatives Ltd. 1987. pp. 165–67. ISBN 0-85112-492-5