Naja ashei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaNaja ashei
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Naja
Espécie: N. ashei
Nome binomial
Naja ashei
Wüster e Bradley, 2007

A cobra cuspideira de Ashe ou cobra cuspideira gigante (nome comum em inglês: Ashe's spitting cobra, or large brown spitting cobra)[1] é uma espécie de Naja recentemente descrita.

Nomenclatura[editar | editar código-fonte]

O nome Naja ashei foi escolhido em homenagem a James "Jimmy" Ashe, herpetólogo da região de Watamu, Quénia e o primeiro a sugerir a existência desta nova espécie na década de 1960..[2] Ashe, que faleceu em 1994, foi o fundador do centro de investigação Bio-ken responsável pela reprodução de serpentes e por investigação de possíveis antivenenos.[1].Seu veneno é letal.

Características[editar | editar código-fonte]

Com um comprimento de cerca de 2,75 metros é a maior espécie do seu género,[1][3][4] possuindo teoricamente veneno suficiente para matar de 15 a 20 pessoas.[2][4]

Foi identificada pela primeira vez nas zonas costeiras do norte e este do Quénia,[2] pensando-se que existe também nas zonas baixas do Uganda e Etiópia.[1][3]

Descoberta recente[editar | editar código-fonte]

Esta espécie foi apenas reconhecida como distinta em dezembro de 2007, depois de investigadores da Universidade de Gales e da Fundação Africana para a biodiversidade em Buluwayo, Zimbabué terem descoberto diferenças genéticas[2] e morfológicas [1] significativas. Estas descobertas estão publicadas na revista Zootaxa e disponivéis em http://www.mapress.com/zootaxa/2007f/z01532p068f.pdf.[1] Não existe ainda um antiveneno para esta espécie.[4]https://candybox2.github.io/

Referências

  1. a b c d e Nicholas Wadhams. «Largest Spitting Cobra Found -- New Species» (HTML) (em English). National Geographic. Consultado em December 09, 2007  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b c d Nicolo Gnecchi. «Record-size spitting cobra found in Kenya» (em English). Reuters. Consultado em 9 de dezembro de 2007. Arquivado do original (HTML) em 10 de dezembro de 2007 
  3. a b «New species of spitting cobra identified» (HTML) (em English). United Press International. Consultado em December 09, 2007  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. a b c Lewis Smith. «Don't look now, it's a new species of spitting cobra and there is no antidote» (HTML) (em English). Times Online. Consultado em December 09, 2007  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)