Nando (músico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde abril de 2016) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nando
Nandoroupanova.jpg
Informação geral
Nome completo Luiz Fernando Oliveira da Silva
Nascimento 15 de junho de 1953 (65 anos)
Origem Rio de Janeiro  Rio de Janeiro
País  Brasil
Gênero(s) música pop
Instrumento(s) baixo, violão, piano e vocal
Afiliação(ões) Roupa Nova

Luis Fernando Oliveira da Silva (Rio de Janeiro, 15 de junho de 1953), conhecido como Nando, é um baixista, pianista, violonista e cantor brasileiro, integrante do grupo carioca Roupa Nova.

História[editar | editar código-fonte]

Nando começou a sua vida musical ainda no grupo escolar e já escolheu o baixo como instrumento. Seu primeiro baixo foi construído por ele mesmo e seu pai, pois não havia na época bons instrumentos à venda no mercado. Entrou no grupo Os Famks aproximadamente em 1971 para tocar baixo. O grupo Famks foi fundado pela família Cataldo em 1967. Na época era formado por Alceu Cataldo (guitarra e crooner), Francisco Cataldo (guitarra solo), Newson Cataldo (guitarra contrassolo e vocal), Marcelo (bateria e percussão), Marquinhos (teclado) e Túlio (contrabaixo). O Nando veio substituí-lo. Ainda em 1971, Fernando "Fefeu" (Baterista) substituiu o Marcelo, Mauro Salgado (Teclado) substituiu o Marquinhos. Mais tarde, Cleberson Horsth foi convidado para tocar teclado, substituindo o Mauro Salgado. Na referida época Nando tinha aproximadamente 18 anos. Mais tarde (1980) Os Famks se transformaram na banda Roupa Nova. A sua história musical mistura-se fortemente com a história do grupo inicial.

Roupa Nova[editar | editar código-fonte]

Nando toca baixo e violão, além de compor vários sucessos gravados pelo Roupa Nova como Meu Universo É Você, Vício, Chama (Tema da telenovela da Rede Globo Que Rei Sou Eu), Agora Sim, Luz do Teu Caminho e Lembranças, parcerias com Ricardo Feghali, Cartas, parceria com Cleberson Horsth, Coração Pirata (Tema da telenovela da Rede Globo Rainha da Sucata), parceria com Aldir Blanc, Sonho, parceria com Serginho Herval, e ainda sucessos mais recentes como A Lenda, também sucesso das vozes de Sandy e Júnior, Já Nem Sei Mais e A Metade da Maçã, parcerias com Kiko e Ricardo Feghali e O Meu Sentimento Voa Muito Mais, parceria com Alex Lamounier.

Como vocalista do Roupa Nova Nando é responsável por sucessos como Bem Simples, Coração Pirata, Lembranças, Agora Sim (na gravação do álbum Roupacústico 2), Todas Elas e Tenha Fé na Música, entre outras.

Em 2004 gravou em dueto com Ed Motta a voz principal na versão acústica de Bem Simples, para o álbum Roupacústico.

A parceria com Ed Motta se repetiu em 2015 na canção O Poderoso Sonho, faixa do álbum duplo do Roupa Nova intitulado Todo Amor do Mundo lançado pela gravadora Roupa Nova Music. O projeto Todo Amor do Mundo foi idealizado por Nando, para comemorar os 35 anos de carreira do Roupa Nova, incluindo 19 canções com narrativas intercaladas, Livro de fotos, versão para os palcos e lançamento também em DVD.[1][2]

No álbum Todo Amor do Mundo Nando reveza os vocais com Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas Roque Clube, na canção Princípio de Um Novo Tempo.

Composições[editar | editar código-fonte]

Canção Compositor Álbum
A Lenda Nando/Kiko/Feghali RoupAcústico (2004)
A Nossa Canção Ricardo Feghali – Nando Vida Vida (1994)
Adrenalina Nando - Ricardo Feghali Através dos tempos (1997)
Agora Sim Ricardo Feghali – Nando Agora sim! (1999)
Alguém no meu Lugar Serginho – Nando Vida Vida (1994)
Anos 60 Cleberson Horsth - Ricardo Feghali – Nando 6/1 (1996)
Bate um Coração Nando - Ricardo Feghali 6/1 (1996)
Betty e Lou Nando - Ricardo Feghali - Ed Wilson Frente & Versos (1990)
Cartas Cleberson Horsth – Nando Frente e Versos (1990)
Chama Ricardo Feghali – Nando Luz (1988)
Continente Perdido Kiko – Nando Através dos tempos (1997)
Coração Pirata Nando - Aldir Blanc Frente e Versos (1990)
Dia Vai, Dia Vem Serginho – Nando 6/1 (1996)
Feito pra Sonhar Nando - Paulo Massadas Roupa Nova (1985)
Filhos Serginho - Nando – Nilson Luz (1988)
Ídolos Kiko - Ricardo Feghali – Nando Luz (1988)
Já Nem Sei Mais Kiko/Ricardo Feghali/Nando ROUPAcústico (2004)
Lembranças Nando - Ricardo Feghali 6/1 (1996)
Luz do Teu Caminho Ricardo Feghali – Nando Através dos tempos (1997)
Mágica Serginho – Nando Herança (1987)
Mais uma Chance Nando - Ricardo Feghali Vida Vida (1994)
Metade da Maçã Ricardo Feghali, Kiko e Nando ROUPAcústico II (2006)
Meu Universo é Você Ricardo Feghali – Nando Luz (1988)
Mudança Cleberson Horsth – Nando Frente e Versos (1990)
Na Mira do Coração Cleberson Horsth - Nando Luz (1988)
O Meu Sentimento Voa Muito Mais Nando - Alex Lamounier EP Box Roupa Nova Music (2014)
Sonho Serginho – Nando Roupa Nova (1985)
Tempo de Paz Nando - Ricardo Feghali 6/1 (1996)
Tipos Fatais Kiko – Nando Luz (1988)
Tolo Ciúme Cleberson Horsth - Ricardo Feghali – Nando Herança (1987)
Tudo de Novo Ricardo Feghali – Nando Roupa Nova (1985)
Últimas Palavras de Amor Ricardo Feghali - Nando Vida Vida (1994)
Um Lugar no Mundo Ricardo Feghali – Nando Herança (1987)
Vício Ricardo Feghali – Nando Luz (1988)

Referências