Nando Carneiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nando Carneiro
Informação geral
Nome completo Fernando Ribeiro Carneiro
Nascimento 26 de junho de 1953 (64 anos)
Local de nascimento Belo Horizonte, Minas Gerais
Brasil
Nacionalidade brasileiro
Ocupação(ões) Maestro, violonista e compositor
Cônjuge Beth Goulart (1983-1988)
Nora Kholki (1996-presente)
Período em atividade 1973 – atualidade

Fernando Ribeiro Carneiro, mais conhecido como Nando Carneiro (Belo Horizonte, 26 de junho de 1953), é um maestro, violonista e compositor brasileiro.[1] Irmão do poeta e escritor Geraldo Carneiro. Conhecido principalmente por ser companheiro na guitarra e teclado de Egberto Gismonti em vários álbuns e concertos. Ele também trabalhou com André Geraissati (grupo Insight), Trilok Gurtu (grupo The Glimpse), John McLaughlin e John Scofield.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais. Começou a tocar piano aos seis anos, tendo aulas com a professora Carmen Manhães. Várias pessoas tornaram-se figuras decisivas em sua formação musical, a começar por seus pais e professores, com destaque para Leo Soares, com quem estudou violão, Roberto Gnattali, professor de teoria e harmonia, e John Neschling com quem aprendeu teoria, harmonia, composição e regência. Nando compõe desde seus 18 anos. Entre as suas composições estão: As Gralhas, Lady Jane, Verão de 74, Folia e Peregrino.[2]

Iniciou sua carreira profissional como um dos integrantes do grupo A Barca do Sol, do qual foi um dos fundadores, com quem gravou os álbuns: A Barca do Sol (1974), Durante o verão (1976), Corra o Risco (1978), primeiro LP de Olívia Byington, e Pirata (1979).[3] Em 1983, iniciou a sua carreira solo, gravando os álbuns Violão, produzido por Egberto Gismonti e lançado na Europa em 1991, Mantra Brasil e Topázio. Participou da gravação de discos da atriz Beth Goulart (O Balão e a Vida, Sementes no ar e Passional). Em 1983, casou-se com a atriz Beth Goulart, com quem teve um filho, João Gabriel, e uma neta, Maria Luiza.[4] Mais tarde, após se separarem em 1988, foi morar na Alemanha.[5] Compôs, em parceria com John Neschling, a trilha sonora do filme O Beijo da Mulher Aranha, registrada no LP Kiss of the Spider Woman, lançado em 1985.[6] Casou-se pela segunda vez em 1996 com a bailarina e coreógrafa Nora Kholki.

Em dueto com o baixista Zeca Assumpção, Carneiro lançou o CD Catavento, gravado ao vivo em show realizado no Centro Cultural Banco do Brasil (RJ). Em 2004, formou o grupo Luxo Artesanal Quarteto com Zeca Assumpção (contrabaixo), David Ganc (flautas) e Mingo Araújo (percussão).[7] Duas de suas músicas foram tiradas do álbum Topázio (2005) e incluídas na coletânea Contemporary Instrumental Music from Brasil, lançado nos Estados Unidos.[1] Nando dirige a Orquestra Kuarup, formada por jovens músicos de Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde mora. O repertório executado pela orquestra tem seus arranjos escritos por Nando.[8]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Detalhes
1974 A Barca do Sol
1976 Durante o verão
1978 Corra o Risco
1979 Pirata
  • Formato: LP
  • Gravadora: Produção independente
1981 Sementes no ar
1982 Passional
1983 Cidade Coração
Violão
  • Gravadora:Carmo/Carmo-ECM/Alemanha
1985 Kiss of the spider woman
  • Formato: LP
  • Gravadora: Warner/EUA
Mantra Brasil
  • Formato: LP
  • Gravadora: Carmo
1986 Alma
1987 Insight
  • Formatos LP
  • Gravadora: Visom Digital
1988 Topázio
  • Gravadora: Visom
1990 Infância
  • Formato: CD
  • Gravadora: ECM/Alemanha
1991 Amazônia
  • Formato: CD
  • Gravadora: Carmo
1993 Música da sobrevivência
  • Formato: CD
  • Gravadora: ECM/Alemanha
Contemporary instrumental music from Brasil
  • Formato: CD
  • Gravadora: Windham Hill/EUA
1996 Zigzag
  • Formato: CD
  • Gravadora: ECM/Alemanha
1997 The Glimpse
  • Formato: CD
  • Gravadora: Silva America Records/EUA
1998 Catavento - Nando Carneiro & Zeca Assumpção
  • Formato: CD
  • Gravadora: Sunset Music/Australia
2005 Topázio
  • Formato: CD
  • Gravadora: Visom

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote