Nando Motta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nando Motta
Nascimento Rio de Janeiro
Progenitores
  • Maria de Nazaré
Cônjuge Jullie
Filho(s) Victor Hugo, Liz
Ocupação cantor(a), ator, cartunista, desenhista
Prêmios
Empregador Brasil 247
Obras destacadas Desenhos do Nando

Nando Motta é um cantor, ator, ilustrador e chargista brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nando Motta começou sua carreira de cantor, compositor e instrumentista em 1997. Participou de algumas bandas e fez shows no Brasil e no exterior, mas seu maior destaque na área foi a participação na segunda temporada do programa de TV The Voice Brasil, em 2003. No mesmo período também trabalhou como ator, tendo participado de algumas montagens teatrais, como O Homem de la Mancha e Rio Mais Brasil, entre outras.[1]

Em 2017, Nando se casou com a cantora Jullie, que conhecera durante o The Voice Brasil. Eles haviam se reencontrado em 2016, três anos após o fim do programa, e começaram um relacionamento, tendo inclusive criado nesta época o show "Duamô", no qual se apresentavam juntos com músicas de suas carreiras solo e novas composições feitas em conjunto.[2][3]

Embora já tivesse feito alguns trabalhos de ilustração anteriormente, foi apenas em 2018 que Nando começou a trabalhar efetivamente como chargista. Seus primeiros trabalhos foram apresentados no portal jornalístico Brasil 247, onde passou a publicar regularmente suas charges, que têm foco principalmente em questões políticas e sociais.[4][1]

Em 2021, o empresário Luciano Hang processou Nando por causa de uma charge em que personagens de filme de terror o chamam de monstro devido às alegações de que Hang fraudara a causa da morte da mãe, que havia sido internada com Covid-19 em um hospital da Prevent Senior, empresa acusada de usar remédios comprovadamente ineficazes no tratamento da doença.[5][6] O processo motivou um movimento semelhante ao da Charge Continuada, no qual, no ano anterior, diversos chargistas (incluindo Nando) reproduziram uma charge de Renato Aroeira que fora alvo de um pedido de abertura de inquérito por associar o presidente Jair Bolsonaro ao nazismo. Iniciado pelo próprio Aroeira, vários artistas passaram a divulgar suas versões da charge de Nando com a hashtag #somostodosnandomotta.[7][8]

Em 2022, a editora Quadriculando lançou o livro Desenhos do Nando, reunindo quase 100 charges do artista. A obra tem prefácio da jornalista Gisele Federicce, posfácio de Miguel Paiva e texto das orelhas de Renato Aroeira. O livro foi viabilizado por financiamento coletivo pela plataforma Catarse.[9]

Desde 2020 é chargista do portal Brasil 247.[10]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 2020, Nando Motta ganhou o Prêmio Vladimir Herzog na categoria "Prêmio Destaque Vladimir Herzog Continuado" ao lado de outros 109 cartunistas que participaram do movimento "Charge Continuada", que consistiu na recriação por centenas de artistas de uma charge de Renato Aroeira que fora alvo de um pedido de investigação pelo governo brasileiro por associar o presidente Jair Bolsonaro com o nazismo.[11][12][13] Em 2022, também ganhou o Prêmio Angelo Agostini de melhor cartunista, chargista ou caricaturista.[14]

Referências

  1. a b c «AQC entrevista: Desenhos do Nando sobre Henfil». Blog oficial da AQC-ESP. 5 de janeiro de 2022 
  2. «Ex-participantes do 'The Voice' vivem romance e fazem projeto juntos». Ego. 10 de agosto de 2016 
  3. «Cantores Jullie e Nando Motta se casam na praia». Caras. 2 de janeiro de 2017 
  4. «Nando Motta projeta seus ideais em prol da humanidade e a democracia». O Barquinho Cultural. 4 de fevereiro de 2021 
  5. «Hang vai à Justiça contra charge que o acusa de 'deixar a mãe ser cobaia'». Carta Capital. 16 de dezembro de 2021 
  6. «Luciano Hang processa cartunista por charge em que é chamado de 'monstro'». UOL. 16 de dezembro de 2021 
  7. «'Quer que desenhe?' O novo papel das charges e como elas ganharam sobrevida nas redes sociais». Rolling Stone Brasil. 22 de julho de 2020 
  8. «Chargistas saem em defesa de colega processado». Revista Pirralha. 17 de dezembro de 2021 
  9. «Livro da Editora Quadriculando reúne charges de Nando Motta». Universo HQ. 4 de março de 2022 
  10. Redação Brasil 247, Autor Nando Motta, Brasil 247, 25 de março de 2022
  11. «Premiados – 42° Prêmio Vladimir Herzog». Site oficial do Prêmio Vladimir Herzog 
  12. «#SomosTodosAroeira: cartunistas recriam a charge que Bolsonaro quer proibir». Brasil 247. 16 de junho de 2020 
  13. «Cartunistas se unem em defesa de chargista e fazem ação contra governo Bolsonaro». Folha de S.Paulo. 16 de junho de 2020 
  14. «Troféu Angelo Agostini divulga lista dos quadrinhos premiados deste ano». Revista O Grito. 17 de março de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.