Naruto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Naruto
ナルト
Capa do primeiro volume do mangá.
Gênero Ação, Aventura, Fantasia, Comédia
Inadequado para menores de 12 anos i DEJUS (Brasil)
Mangá
Autor(es) Masashi Kishimoto
Editora(s) Japão Shueisha
Editora(s)
lusófona(s)
Brasil Planet Manga
Portugal Devir Manga Portugal
Revista(s) Japão Weekly Shōnen Jump
Público-alvo Shōnen
Data de publicação 21 de setembro de 1999 – 10 de novembro de 2014
Volumes 72 (Lista de Volumes)
Página no Anime News Network (em inglês)
Anime
Naruto
Direção Hayato Date
Roteiro Katsuyuki Sumisawa (Episódios #1-132)
Junki Takegami (Episódios #133-220)
Música Musashi Project
Toshiro Masuda
Estúdio Studio Pierrot
Emissoras de TV Japão Animax
Japão TV Tokyo
Emissoras lusófonas Brasil SBT
Brasil Cartoon Network
Portugal SIC Radical
Portugal SIC
Portugal Animax
Portugal SIC K
Exibição original 3 de outubro de 20028 de fevereiro de 2007
Nº de episódios 220 (Lista de episódios)
Página no Anime News Network (em inglês)
Anime
Naruto Shippuden
Direção Hayato Date
Yasuaki Kurotsu (Episódios #290-295)
Roteiro Junki Takegami (Episódios #1-289, #296-presente)
Satoru Nishizono (Episódios #1-53)
Yasuyuki Suzuki (Episódios #54-71)
Yasuaki Kurotsu (Episódios #290-295)
Música Yasuharu Takanashi
Estúdio Studio Pierrot
Emissoras de TV Japão Animax
Japão TV Tokyo
Emissoras lusófonas Brasil Play TV
Portugal SIC K
Portugal SIC Radical
Exibição original 15 de fevereiro de 2007
Nº de episódios 426 (Lista de episódios)
Página no Anime News Network (em inglês)
Filmes
Naruto

Naruto Shippuden

OVAs
Naruto
  • Ache o Trevo de Quatro Folhas Vermelho
  • Batalha na Cachoeira Escondida. Eu sou o Herói!
  • Batalhem Finalmente! Jounin contra Genin! Sem discriminação, Grande Abertura da Exibição de Lutas!
  • A Grande Gincana da Vila da Folha
  • As Encruzilhadas (The Cross Roads)
  • O Gênio e os Três Desejos


Naruto Shippuden

  • O Exame Chuunin das Chamas! Naruto vs Konohamaru!
  • Shippuu Konoha Gakuen Den
  • Naruto x UT: Sage Naruto vs Sasuke
  • Madara vs Hashirama
  • Jump Festa 2013, A Batalha Estalada
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Naruto (ナルト?) é uma série de mangá japonesa escrita e ilustrada por Masashi Kishimoto. Conta a história de Naruto Uzumaki, um jovem ninja que constantemente procura por reconhecimento e sonha em se tornar Hokage, o líder máximo e mais poderoso de sua vila. A série é baseada em um one-shot de Kishimoto publicado na edição de agosto de 1997 da revista Akamaru Jump.

Naruto foi serializado na revista Weekly Shonen Jump da edição 43 de 1999 até a edição 50 de 2014, com os capítulos reunidos em setenta e dois volumes tankobon pela editora Shueisha. Mais tarde o mangá foi adaptado para anime, que foi produzido pelo Studio Pierrot e Aniplex. Estreou no Japão pela TV Tokyo e outras emissoras TX Networks em 3 de outubro de 2002. A primeira fase teve 220 episódios, enquanto a segunda fase, chamada de Naruto Shippuden, estreou dia 15 de fevereiro de 2007 e vai ao ar até hoje. Além da série de TV, o Studio Pierrot desenvolveu dez filmes e vários OVAs. Outros produtos, como light novels, cards colecionáveis e vídeo games, também foram desenvolvidos por diversas empresas.

A Panini Comics é responsável pela publicação do mangá no Brasil desde maio de 2007. O anime estreou em janeiro de 2007 na Cartoon Network e em julho do mesmo ano no SBT. A CBS, estúdio de dublagem responsável pela série no país, já anunciou o início da dublagem de Naruto Shippuden. Em janeiro de 2015 a PlayTV começou a exibir vinhetas do anime em sua programação e teve sua estreia no canal em 7 de abril.[1] A Netflix brasileira transmite 156 episódios da primeira fase do anime e 53 episódios da segunda fase em seu serviço de streaming; ambas tendo opções de idioma em português, espanhol e japonês.[2] [3] A Claro Video (outro serviço de streaming) exibe a mesma quantidade de episódios de Naruto Shippuden e os 220 episódios da primeira fase, porém as duas séries não possuem a opção de áudio em japonês.[4] [5]

Além do mangá ser vendido em 35 países fora de sua pátria, em setembro de 2014, teve mais de 200 milhões de cópias impressas, sendo mais de 130 milhões de cópias no Japão e os 70 milhões restantes no exterior, tornando-se a terceira série de mangá mais vendida da história.[6] Críticos da série elogiaram o equilíbrio entre as cenas de combate e as de comédia, assim como a personalidade das personagens.

Enredo

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Um monstro poderoso conhecido como a Raposa de Nove Caudas (Bijū Kyūbi) atacou a vila ninja conhecida como Konoha, matando várias pessoas. Em resposta, o líder da Vila – o Quarto Hokage – selou o monstro dentro de seu filho recém-nascido, Naruto Uzumaki - tal ato custou sua vida. Quando criança, Naruto fica isolado da comunidade ninja, pois ele é visto como o próprio monstro. Um decreto feito pelo líder atual, o Terceiro Hokage, proíbe qualquer menção do ataque da Raposa para outras pessoas. Doze anos depois, Mizuki, um ninja perverso, diz a Naruto sobre o ataque antes de ser derrotado por ele com o Jutsu Clones das Sombras, ganhando respeito do sensei Iruka Umino. Pouco depois, Naruto torna-se um gennin e é designado juntamente com Sasuke Uchiha, seu rival, e Sakura Haruno, sua paixão, a formar o Time 7, sob o comando de um experiente e rigoroso sensei, o ninja de elite Kakashi Hatake. Assim como todas as equipes de cada Vila, o Time 7 é encarregado de missões solicitadas pelos moradores, como fazer tarefas domésticas ou ser guarda-costas. Após várias missões, sendo que a mais notável foi a missão no País das Ondas, Kakashi autoriza seus alunos a participem de um exame que permitirão a ascensão deles a um posto superior, o Exame Chūnin . Durante o evento, Orochimaru, um ninja procurado, invade a Vila Oculta da Folha e, em um ato de vingança, mata seu antigo sensei, o Terceiro Hokage. Tal ato força Jiraya, um dos Sannins Lendários, a procurar, junto com Naruto, por sua antiga companheira de equipe, Tsunade, que foi nomeada para se tornar a Quinta Hokage. Durante a busca, é descoberto que Orochimaru pretende adquirir Sasuke, devido a sua poderosa herança genética, o Sharingan. Acreditando que Orochimaru lhe dará a força necessária para matar seu irmão Itachi, o qual destruiu todo seu clã, Sasuke se junta a ele depois de provar ser fraco em uma luta contra seu irmão. Tsunade envia uma equipe, incluindo Naruto, para fazer Sasuke retornar a Vila, porém Naruto falha em sua missão. Naruto e Sakura não desistem de Sasuke, entretanto, o primeiro deixa Konoha para treinar sob a tutela de Jiraiya, com a intenção de se preparar para a próxima vez que encontrar Sasuke, enquanto a segunda se torna aprendiz de Tsunade.

Dois anos e meio depois, Naruto volta de seu treinamento com Jiraiya, e a organização criminosa chamada Akatsuki, a qual Itachi é um membro, começam a sequestrar os Jinchūrikis, (hospedeiros) das nove poderosas Bijūs. Vários ninjas da Vila da Folha, incluindo o Time 7, lutaram contra seus membros e procuraram por seu colega de turma, Sasuke. A organização teve sucesso na captura de sete Bijuus, matando seus hospedeiros no processo, exceto Gaara, o Jinchuuriki do Shukako (Ichibi - uma cauda), pois sua vida foi salva a tempo por Naruto e seus companheiros. Enquanto isso, Sasuke trai Orochimaru e enfrenta Itachi para ter sua vingança. Após Itachi morrer em batalha, Sasuke ouve do fundador da Akatsuki, Tobi, que o primeiro recebeu ordens de seus superiores de Konoha para destruir seu clã com o objetivo de evitar um golpe de estado – ele aceitou com a condição de poupar Sasuke e deixa-lo seguro na Vila. Enraivecido com a situação, Sasuke junta forças com a Akatsuki pretendendo matar a alta cúpula de Konoha que orquestrou a eliminação dos Uchiha e destruir a Vila para ter sua vingança. Pouco tempo depois, Jiraiya reúne informações sobre o líder da organização criminosa - na época, achava-se que era o Pain, mais tarde, descobre-se que o mesmo era manipulado por Nagato, um antigo discípulo de Jiraiya - e parte em uma investigação. Acaba encontrando-o e travando uma difícil batalha na Vila da Chuva, contudo, por compreender o segredo do inimigo tardiamente, Jiraiya acaba sendo morto em combate. Ao saber da morte de seu mestre e tomar conhecimento do provável ataque para capturar a Bijū de Nove Caudas, Naruto começa seu treinamento Sennin. Nesse meio tempo, Pain invade e destrói a Vila da Folha. No entanto, Naruto retorna e o derrota, ganhando respeito e admiração da aldeia, passando a ser conhecido como “O Herói de Konoha”.

Hakke no Fuuin Shiki, selo usado para selar a Kyuubi dentro de Naruto.

Com a morte de Nagato, Tobi, disfarçado como um dos fundadores da Folha, Madara Uchiha, anuncia que planeja obter todas as Bijūs a fim de realizar uma ilusão poderosa o suficiente para controlar toda a humanidade; é o plano “Olho da Lua”. Os Kages das cinco vilas ninjas se recusam a tomar parte no plano e unem forças para derrotar Tobi e seus aliados. Tal ato resulta em uma Quarta Guerra Mundial Ninja entre os exércitos unificados dos Cinco Grandes Países Ninjas (conhecidos como Aliança Shinobi) e as forças restantes da Akatsuki. Naruto e Killer Bee, o Jinchūriki do Bijū de Oito Caudas, se recusam a não tomar parte no conflito e partem para o campo de batalha. Durante o conflito, é revelado que Tobi na verdade é Obito Uchiha, ex-companheiro de equipe de Kakashi, que foi dado como morto, porém foi salvo pelo verdadeiro Madara e tem trabalhado com ele desde então. Após ressuscitar os antigos Hokages, com a ajuda de Orochimaru, e ouvir deles a história da Vila da Folha e as circunstâncias que levaram ao declínio do Clã Uchiha, Sasuke decide proteger a aldeia e se une a Naruto e Sakura para deter os planos de Madara e Obito, que desencadeiam na liberação do Jūbi. No entanto, após Madara se tornar o Jinchūriki do Jūbi, seu corpo é possuído por Kaguya Ootsutsuki, uma antiga princesa que foi a progenitora do chakra no mundo e agora quer subjugar toda a humanidade. Obito se sacrifica para ajudar o Time 7 a detê-la. Depois de Kaguya ser derrotada e Madara morrer, Sasuke aproveita-se da situação e assume o controle sobre todas as Bijuus para implantar um novo sistema de governo global. Naruto o confronta para tentar botar juízo em sua cabeça, e após quase matarem um ao outro em uma batalha descomunal, Sasuke admite sua derrota e se redime por todas as decisões erradas que tomou. Após a guerra, Kakashi é escolhido como o Sexto Hokage e concede perdão a Sasuke por seus crimes. Anos mais tarde, Kakashi se aposenta e Naruto assume seu posto, tornando-se o Sétimo Hokage.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Aspectos da série

A influência dos guerreiros ninjas foi indispensável para criar os personagens da série. Na foto, uma Kunai e um Shuriken usados simbolicamente como armas por eles.

Naruto tem um grande número de personagens que se assimilam, sobretudo, por serem ninjas. No começo, estudam na Academia Ninja e depois são divididos em equipes com três Genins (ninjas novatos) e conferidos a um sensei experiente - na maioria das vezes um Jounin (ninja de elite). Essas equipes se intercalam sucessivamente para ocorrer uma interação entre os personagens, os quais são escolhidos para missões de acordo com seus desempenhos e suas capacidades. O Time 7 torna-se gradualmente a base social de Naruto, que pouco a pouco começa a se familiarizar com Sakura e Sasuke, assim como com seu sensei Kakashi, que entra para o grupo de protagonistas da série. As outras equipes são formadas por seus antigos colegas de classe, os quais Naruto se relaciona em vários aspectos; aprendendo suas vulnerabilidades e aspirações, aspectos que frequentemente se conectam com sua vida.

No mundo de Naruto, os países operam como órgãos políticos separados, governados por senhores feudais. Dentro desses países estão as Vilas Ocultas (também chamada de Aldeias), que servem de moradia para os ninjas. Uma vila mantém a economia de sua nação formando jovens ninjas desde cedo para que realizem missões em outros países e tenham lucros a partir delas. O ninja de uma aldeia também serve como força militar para seu país de origem. Na história, existem cinco diferentes países: o País do Fogo, o País do Vento, o País do Trovão, o País da Água e o País da Terra (conhecidos como Os Cinco Grandes Países Ninjas). Essas são as nações mais poderosas no mundo de Naruto, sendo governadas por seus respectivos senhores feudais, enquanto os líderes das vilas ocultas recebem o título de Kage. Outros países menores são mencionados no anime e mangá, porém seus dados não foram totalmente revelados.

Personagens

Símbolo da Vila da Folha, um dos principais cenários da série e lar dos protagonistas.

A grande maioria dos personagens introduzidos na série são ninjas provenientes das distintas vilas e facções que aparecem na trama. Os protagonistas pertencem a Vila Oculta da Folha e a história, que não gira apenas em torno deles, é narrada, principalmente, com base em suas aventuras.

O personagem principal que dá nome a série é Naruto Uzumaki, um jovem ninja que possui em seu interior o “demônio” Raposa de Nove Caudas (Kyuubi) e que deseja se tornar o Hokage de sua vila para mostrar a todos seu verdadeiro poder e coragem, já que muitos o consideram o próprio demônio. No início da história, seus companheiros de equipe são Sasuke, Sakura e Kakashi, sendo o último seu mestre. Com o avanço da trama, o grupo se altera, já que Sasuke deserta da vila. Pouco depois, Naruto se torna aprendiz de Jiraiya, um dos Sannins Lendários.

Sasuke Uchiha é um membro do Clã Uchiha. É um garoto sério e que possui grandes habilidades para técnicas ninjas do estilo do fogo. Seu objetivo é tornar-se forte o suficiente para derrotar seu irmão mais velho, Itachi, que assassinou todos os outros membros de seu clã. Diante de tal meta, ele abandona a Vila para treinar com Orochimaru (outro Sannin Lendário), um ninja impiedoso que procurar dominar todos os Jutsus do mundo.

A única menina desse grupo é Sakura Haruno, que inicialmente está loucamente apaixonada por Sasuke, assim como suas colegas da academia, e menospreza Naruto. Torna-se aprendiz de Tsunade (a última Sannin Lendária e Hokage da Vila), com quem aprende técnicas medicinais ninja.

Kakashi Hatake foi o primeiro sensei dos integrantes do Time 7. É um ninja experiente, inflexível à primeira vista, apreciador de romances para adultos e que preza bastante o trabalho em equipe. Possui um Sharingan em seu olho esquerdo, o qual conseguiu de um membro do Clã Uchiha que era seu amigo (Obito Uchiha). Com esse olho, Kakashi copiou muitas técnicas de outros ninjas e ganhou o apelido “Ninja Copiador”.

Além dos protagonistas, são vistas outras equipes com ninjas que estudaram com Naruto na Academia Ninja. Destacam-se o Time 10, com Ino, Chouji, Shikamaru e seu sensei Asuma Sarutobi; o Time 9, com Rock Lee, Neji, Tentei e seu mestre Maito Gai e o Time 8, com Hinata, Kiba, Shino e sua líder Kurenai.

Outros personagens importantes são os já mencionados Três Sannins Lendários (Jiraiya, Tsunade e Orochimaru), assim como os membros da organização criminosa Akatsuki, cujo objetivo é capturar as Bijuus.

Produção

O autor da série, Masashi Kishimoto, primeiro autorizou o one-shot de Naruto em agosto de 1997 na revista Akamaru Jump.[7] [8] O Naruto original tinha uma temática significante de amizade e confiança. No início da história, nem Naruto e nem Kuroda confiavam em ninguém, mas no final os dois se tornam amigos e passam a confiar um no outro. Apesar dos bons resultados na pesquisa com leitores depois do lançamento, Kishimoto pensou: "a arte está ruim e a história uma bagunça!". Kishimoto também revelou que ele estava originalmente trabalhando no mangá Karakuri para o Hop Step Award quando, insatisfeito com as mudanças da história, decidiu trabalhar em algo diferente, o que o levou a criar Naruto.

A astrologia chinesa é baseada em ciclos anuais de doze animais, cada um associado a cinco possíveis elementos (água, madeira, fogo, metal e terra). Kishimoto queria trazer parte dessa tradição para Naruto por causa de sua grande influência histórica no Japão.

Quando estava a criar a história de Naruto, Kishimoto olhou para outros mangás do estilo shonen para influenciar o seu trabalho, apesar dele tentar tornar seus personagens serem únicos o máximo possível.[9] A separação dos personagens em diferentes times teve a intenção de dar a cada grupo um sabor especial. Kishimoto queria que cada membro fosse "extremo", tendo uma grande quantidade de aptidão em um atributo mas não tendo talento em outro.[10]

A inserção dos vilões na história foi principalmente para agir como contra-partes para os valores morais dos personagens. Kishimoto admitiu que esse foco em ilustrar as diferenças de valores nos vilões foi tão importante na hora da criação dos vilões que "Eu não pensei realmente como eles seriam em combate".[11] Quando desenhava os personagens, Kishimoto seguiu um processo de cinco partes que ele seguia continuamente: "concept and rough sketch, drafting, inking, shading, and coloring". Esses passos foram usados quando ele desenhou o mangá atual e fez as ilustrações coloridas dos tankobon, as capas da Weekly Shonen Jump, e outras mídias, mas as ferramentas que ele usava mudavam ocasionalmente.[12] Por exemplo, ele usou um "airbrush" em uma ilustração para uma capa da Weekly Shonen Jump, mas decidiu não usar mais para desenhos futuros por causa da grande quantidade de correções que era necessário.[13]

Kishimoto também falou que precisa definir algumas regras para ele poder criar a história mais facilmente. Kishimoto queria representar a tradição do zodíaco chinês, que tem uma grande presença no Japão, assim criando os símbolos com as mãos usados para fazer os jutsus. Quando Kishimoto estava criando o cenário da série ele inicialmente se concentrou em fazer o design da Vila da Folha, o ambiente inicial da série.

Kishimoto falou que o design da Vila da Folha foi criado "bem espontaneamente sem muitas reflexões", apesar dele admitir que o cenário é baseado na sua casa na Prefeitura de Okayama no Japão. Sem ter um período de tempo específico, Kishimoto incluiu elementos modernos na série como lhe convinha, mas especificamente excluindo as armas projéteis e os veículos. Para o material de referência, Kishimoto fez sua própria pesquisa na cultura japonesa - e as incluiu em seu trabalho.[14] Quanto a tecnologia, Kishimoto falou que Naruto não teria armas de fogo. Ele disse que talvez incluisse automóveis, aviões, e computadores com pouco poder de processamento.[15] Ainda confirmou em uma outra entrevista que pensa no último capítulo da série dando um grande desfecho para a trama.[16]

Recepção

Cosplayers de Naruto na Anime Expo 2006

Naruto tem tido uma boa recepção comercial tanto no Japão e nos Estados Unidos como no restante do mundo. A partir do volume 36, vendeu mais de 71 milhões de cópias em seu país de origem.[17] Em 2008, foi vendido aproximadamente dois milhões de cópias do volume 43, sendo considerado um dos dez mangás mais vendidos no mesmo território.[18] Embora os volumes 41, 42 e 44 também estarem no Top 20, cada um deles vendeu menos exemplares que o mencionado anteriormente.[18] No total, o mangá já vendeu 4.261.054 cópias no Japão em 2008, tornando-se a segunda série mais vendida[19] e uma das mais bem-sucedidas da VIZ Media,[20] representando quase 10% do total das vendas realizadas em 2006.[21] O sétimo volume foi a primeira edição de mangá a ganhar um Prêmio Quill depois de ganhar o prêmio de “Melhor Graphic Novel” também em 2006.[21] O mangá também apareceu na USA Today Booklist com o volume onze tendo o título de melhor série de mangá, até ser ultrapassado pelo volume vinte e oito, que conquistou a 17ª posição na primeira semana de lançamento em março de 2008.[22] [23] [24] O volume vinte e oito também é um dos volumes com o melhor lançamento de todos os mangás há anos e é o título de mangá mais vendido de 2008.[25] Em abril de 2007, o volume catorze ganhou o prêmio da Viz de "Manga Trade Paperback of the Year".[26] A partir de 2008, a série gráfica tornou-se o principal mangá nos Estados Unidos, com 31 volumes publicados até esse período,[27] enquanto a palavra Naruto foi um dos 10 termos mais pesquisados no Yahoo! durante 2007 e 2008.[28]

Apesar do seu excelente crescimento no mercado internacional, Naruto obteve críticas divididas por parte de vários especialistas da indústria. Por exemplo, para A. E. Sparrow do IGN, alguns volumes do mangá focam apenas em certos personagens, tal fator pode ocasionar um aumento considerável do público que busca por um novo volume. Ele também parabenizou a maneira que Kishimoto combina cenas de luta com comédia e um bom trabalho artístico.[29] No entanto, a revista Neo descreveu Naruto como um personagem irritante, atribuindo a ele um vício doentio. Por sua vez, Carl Kimlinger do Anime News Network elogiou o design dos personagens, já que cada um consegue manifestar suas emoções individuais. Entretanto, observou que todas as personalidades são “tontíssimas”. Kimlinger também manifestou apreço pelo frescor das cenas de luta, porém destacou que alguns volumes possuem tantos combates que impedem um adequado desenvolvimento da história.[30]

O início da segunda fase foi elogiado por Casey Brienza da ANN, que observou o progresso dos personagens em sua aparência e habilidades. Também elogiou o equilíbrio entre a trama e as cenas de ação, o que resulta no “gozo dos leitores”, porém acrescenta que “nem todos os volumes tem sempre a mesma qualidade”.[31] Briana Lawrence da Mania Entertainment acrescentou que “a continuação do mangá parece um pouco mais adulta, uma vez que vários personagens cresceram, entretanto, ainda existem cenas cômicas na série”.[32] Em uma pesquisa realizada pela TV Asahi para eleger os 100 melhores animes, Naruto esteve na décima sétima posição,[33] frequentemente listado como um dos animes mais vistos no Japão.[34] [35] O anime também ganhou o prêmio de “Melhor anime a longo prazo” no Third UStv Awards, celebrado na Universidade de Santo Tomás em Manila, Filipinas.[36] A primeira compilação de DVD (contendo treze episódios) foi indicada no American Anime Awards por “Melhor Design de Embalagem”.[37] Da mesma forma, a franquia foi classificada como uma das três mais lucrativas comercialmente em 2008.[38]

Naruto tem sido criticado constantemente por sua violência. Alguns consideram que as cenas de luta são um dos elementos mais importantes da história, muitas vezes julgadas como emocionantes .

Em algumas pesquisas, vários entrevistados indicaram que o principal objetivo da série são os combates, por considerarem as cenas de luta uma alusão às origens de Naruto. A música teve avaliações positivas, vista como uma boa combinação em cenas de luta, porém, às vezes interfere nos diálogos.[39] Nesse mesmo âmbito, o Active Anime elogiou os distintos combates, avaliando grande parte deles como emocionantes, porque “os personagens tem razões muito importantes para ganhar”. Também pontuou a comédia como um componente imprescindível nas mesmas cenas.[40] Por outro lado, avaliou negativamente a violência gratuita, dizendo que viola os “conceitos estereotipados Shōnen”. Assim como os combates, a trilha sonora foi elogiada por desempenhar um papel importante no contexto de cada cena.[41] Christina Carpenter da T.H.E.M. Anime Reviews disse que considera os personagens da série “simpáticos” e Kishimoto como um “artista mediano”. Entretanto, empregando um tom sarcástico, ela criticou os pobres estilos artísticos usados na adaptação em anime da série.[42] Apesar disso, o segundo crítico da T.H.E.M. Anime Reviews, Derrick L. Tucker, admitiu que quando os animadores estavam em seu melhor momento, produziam “representações artísticas que deixam os fãs do mangá mais do que satisfeitos”. Ele acrescentou que, embora haja lutas entre os personagens, Naruto estava se tornando divertido, porém, como consequência, a trama se estendia durante um tempo indefinido.[43]

A respeito dos demais elementos da série, alguns críticos definiram o segundo OVA como um “golpe de misericórdia” para os primeiros episódios de Naruto. Um crítico do Anime News Network o classificou como “ruim”.[44] Enquanto isso, Todd Douglass Jr. do DVDTalk.com comentou que o OVA era bom, “mas não tem a profundidade que o enredo da série oferece”.[45] Devido ao formato original do anime ser direcionado especificamente ao público adolescente, e antes da introdução de cenas com um alto nível de violência, a VIZ Media se deu ao trabalho de editar e censurar várias sequências, com o objetivo de “suavizar seu conteúdo e difundi-lo para um público de todas as idades”. Como consequência, a empresa norte-americana foi fortemente criticada.[46]

Mangá

Naruto foi publicado pela primeira vez em 1999 pela editora Shueisha na edição 43 da Weekly Shonen Jump, tendo capítulos semanais desde então.[47] Os primeiros 238 capítulos são conhecidos como primeira fase, e constituem a primeira parte da história da série, equanto que os capítulos 239 a 244 são um gaiden da juventude do personagem Kakashi Hatake. Todos os capítulos subsequentes pertencem a segunda fase, que continua a história original, se passando dois anos e meio depois. Até maio de 2008, 42 volumes foram lançados pela Shueisha no Japão, sendo que os primeiros vinte e sete pertencem a primeira fase, e os outros quinze a segunda fase. O primeiro volume foi lançado em 3 de março de 2000,[48] e o volume 44 em 4 de Novembro de 2008.[49] O mangá também lançou um spin-off em SD com foco no personagem Rock Lee. Além disso, quatro edições, cada um contendo um animangá baseado em um dos quatro primeiros filmes de Naruto, foram lançados pela editora.[50] [50] [51] [52]

A adaptação inglesa do mangá é licenciada pela VIZ Media, que o publica em sua versão norte-americana da Weekly Shonen Jump.[53] Para poder compensar a diferença de lançamento entre a edição japonesa e inglesa, a empresa anunciou a campanha "Naruto Nation", em que seriam lançados três volumes por mês.[54] Cammie Allen, gerente de produtos da Viz, comentou que "Nosso maior motivo (para acelerar o cronograma) foi alcançar o calendário de lançamentos do Japão para dar aos nossos leitores uma experiência similar aos dos leitores japoneses".[54] [55] Além disso, em novembro de 2007, ela lançou todos os vinte e sete volumes em um "box", constituindo assim toda a primeira fase de Naruto.[56]

No Brasil, Naruto é publicado pela editora italiana Panini Comics desde maio de 2007,[57] sendo vendido em bancas ou comic shops. A primeira fase do mangá foi finalizada em julho de 2009, com todos os 27 volumes. A segunda fase teve início em agosto do mesmo ano e está em andamento. Devido à proximidade com os lançamentos do Japão, o mangá se tornou bimestral a partir do volume 54, em abril de 2012.[58] Após o sucesso da série, em maio de 2010, a Panini lançou uma nova versão do mangá: Naruto Pocket.[59] Tal versão é publicada no formato original dos tankobons (11,4 cm x 17,7 cm, formato A dos livros de bolso); ao contrário da edição tradicional, que é feita no formatinho brasileiro (13,5 cm x 21 cm).[60] [61] A primeira aparição nacional de Naruto Pocket foi em um comercial exibido no Cartoon Network em abril de 2010. O comercial dizia a facilidade da versão pocket e o bônus da primeira edição com um pôster da série.

Anime

Naruto

Dirigida por Hayato Date e produzida pelo Studio Pierrot junto a TV Tokyo, a adaptação de Naruto estreou no Japão em 3 de outubro de 2002. Com um total de 220 episódios, a primeira fase teve suas transmissões encerradas em 8 de fevereiro de 2007.[62] [63] Os primeiros 136 episódios foram adaptados a partir dos primeiros 27 volumes do mangá, enquanto o restante (85 episódios) contam histórias originais que usam elementos do enredo, os chamados fillers.[64] Essa fase do anime mostra as aventuras de Naruto Uzumaki junto a Sakura Haruno, Sasuke Uchiha e seu sensei, Kakashi Hatake (conhecidos como Time 7), enquanto realizam certas missões e operam para a Vila Oculta da Folha; entretanto, chega o momento em que Sasuke parte para treinar com Orochimaru visando ficar forte o suficiente para vingar o massacre que houve com seu clã. Assim, Naruto parte para um treinamento junto com Jiraya, almejando trazer seu companheiro de volta a vila. A primeira fase foi remasterizada em alta definição, com novos efeitos 2D e 3D, sob o nome Naruto: Shōnen Hen (少年篇?, "Versão Jovem").[65] Foram incluídas cenas nunca antes vistas e muitos materiais não canônicos foram cortados para torná-lo mais fiel ao enredo original. Além disso, contém aberturas e encerramentos diferentes da primeira exibição. No Japão, a Aniplex distribui a série em DVD para a Região 2,[66] enquanto a Viz Media licencia a distribuição na Região 1.[67]

A adaptação inglesa do anime estreou em 10 de setembro de 2005[68] e foi exibida no bloco estadunidense Toonami do Cartoon Network. No Canadá, essa versão é transmitida como parte do Bionix no canal YTV, enquanto no Reino Unido é através do Jetix. Na transmissão para os Estados Unidos, as referências ao álcool, à cultura japonesa, insinuações sexuais e até mesmo sangue e morte foram constantemente retiradas da exibição, porém foram mantidas nas edições em DVD.[69] A série também foi licenciada pelos sites Hulu e Joost, com a finalidade de transmitir os episódios online com áudio em japonês e legendas em inglês.[70] [71]

No Brasil, a série estreou, com dublagens em português, em 1 de janeiro de 2007 pelo Cartoon Network, na edição norte-americana da licenciadora Viz Media. Meses depois, a série começou a ser exibida pelo SBT, em 2 de julho de 2007. Foi exibida pelo Cartoon Network durante quatro anos, encerrando a transmissão em 18 de abril de 2011. Atualmente, os serviços de streaming Claro Video e Netflix exibem 220 e 156 episódios desta fase, respectivamente.[2] [5]

Temas de abertura e encerramento
Aberturas Encerramentos
Música Tema Episódios Música Tema Episódios
1
"Rocks"
(por Hound Dog)
1-25
1
"Wind"
(por Akeboshi)
1-25
2
"Haruka Kanata"
(por Asian Kung-Fu Generation)
26-53
2
"Harmonia"
(por Rythem)
26-51
3
"Kanashimi wo Yasashisa ni"
(por Little by Little)
54-77
3
"Viva Rock"
(por Orange Range)
52-64
4
"Alive"
(por Raiko)
65-77
4
"GO!"
(por Flow)
78-102
5
"Ima Made Nando Mo"
(por The Mass Missile)
78-89
6
"Ryūsei"
(por Tia)
90-103
5
"Seishun Kyōsōkyoku"
(por Sambomaster)
103-128
7
"Mountain a Gogo Two"
(por Captain Stridum)
104-115
8
"Hajimete Kimi to Shabetta"
(por GagagaSP)
116-128
6
"No Boy, No Cry"
(por Stance Punks)
129-153
9
"Nakushita Kotoba"
(por No Regret Life)
129-141
10
"Speed"
(por Analog Fish)
141-153
7
"Namikaze Satellite"
(por Snorkel)
154-178
11
"Soba ni iru Kara"
(por Amadori)
154-165
12
"Parade"
(por Chaba)
166-178
8
"Re:member"
(por Flow)
179-202
13
"Yellow Moon"
(por Akeboshi)
179-191
14
"Pinocchio"
(por Ore Ska Band)
192-202
9
"Yura Yura"
(por Hearts Grow)
203-220
15
"Scenario"
(por Saboten)
203-220

Naruto Shippuden

Naruto Shippuden (NARUTO -ナルト- 疾風伝, Naruto Shippūden?, em tradução livre, "Naruto - Crônicas do Furacão") é sequência do anime Naruto que está em andamento e abrange do volume vinte e oito em diante. Teve sua estreia no Japão em 15 de fevereiro de 2007 na TV Tokyo.[72] É desenvolvido pelo Studio Pierrot e dirigido por Hayato Date. A rede de TV filipina ABS-CBN foi a primeira fora do Japão a exibir Naruto Shippuden; começando com a transmissão de 40 episódios a partir de 19 de março de 2008. Em 8 de janeiro de 2009, a TV Tokyo começou a transmitir novos episódios via streaming diretamente para assinantes mensais. Cada episódio é disponibilizado online dentro de uma hora após sua estreia japonesa e inclui legendas em inglês.[73] A Viz começou a exibir a segunda fase via streaming em seu site oficial da série com legendas em inglês em 2 de janeiro de 2009.[74] Desde outubro de 2009, os episódios dublados em inglês de Naruto Shippuden começaram a ser exibidos semanalmente no canal Disney XD.[75] Desde Janeiro de 2014, o Adult Swim exibe o anime com dublagem em inglês e sem cortes, através do bloco semanal Toonami, exibido nos sábados.[76]

Depois de treinar durante dois anos e meio com Jiraya, Naruto Uzumaki retorna a Vila Oculta da Folha, onde se reúne com seus velhos amigos para voltar a formar o Time 7, agora chamado de Time Kakashi. Na ausência de Sasuke, Sai ocupa o lugar vago na equipe. Nesta fase, os companheiros de Naruto estão mais experientes em relação ao anime anterior. Durante seu treinamento, Naruto aprendeu a controlar parte do chakra da Raposa de Nove Caudas. Ao contrário da antiga série, em que apenas desempenhava um papel secundário, a organização criminosa Akatsuki assume o papel de antagonista principal em Shippuden, tendo como objetivo capturar todas as Bijuus para seus propósitos. Com o decorrer da história, Naruto aprende a controlar totalmente o chakra da Kyuubi e a organização criminosa quase conclui sua ambição, culminando na Quarta Grande Guerra Ninja.

No Brasil, Naruto Shippuden teve sua dublagem iniciada em 2014, porém não foi licenciado por nenhuma rede de TV aberta. No início de 2015, estreou no serviço de streaming Claro Video com 53 episódios dublados em português e espanhol.[77] [4] A partir de fevereiro do mesmo ano, a Netflix começou a exibir a mesma quantidade de episódios do serviço anterior, entretanto, além das duas opções de áudio ditas, possui opção em japonês.[3] A distribuidora Playarte comunicou que pretende lançar o anime em DVD entre março ou abril de 2015.[78] No final de janeiro, a PlayTV começou a exibir propagandas do anime em sua programação, em março a emissora anunciou que a estreia do anime ocorrerá no dia 07 de Abril de 2015.[1]

Temas de abertura e encerramento
Aberturas Encerramentos
Música Tema Episódios Música Tema Episódios
1
"Hero's Come Back!!"
(por Nobodyknows+)
1-30
1
"Nagareboshi"
(por HOME MADE Kazoku)
1-18
2
"Mitch: to You All"
(por Aluuto)
19-30
2
"Distance"
(por Long Shot Party)
31-53
3
"Kimi Monogatari"
(por Little by Little)
31-41
4
"Mezamero! Yasei"
(por MATCHY with QUESTION?)
42-53
3
"Blue Bird"
(por Ikimono Gakari)
54-77
5
"Sunao na Niji"
(por Surface)
54-63
6
"Broken Youth"
(por Nico Touches the Walls)
64-77
4
"Closer"
(por Joe Inoue)
78-102
7
"Long Kiss Good Bye"
(por HALCALI)
78-90
8
"Bacchikoi!!"
(por Dev Parade)
91-102
5
"Hotaru no Hikari"
(por Ikimono Gakari)
103-128
9
"Shinkokyuu"
(por Super Beaver)
103-115
10
"My Answer"
(por Seamo)
116-128
6
"Sign"
(por Flow)
129-153
11
"Omae Dattanda"
(por Kishidan)
129-141
12
"For You"
(por Azu)
142-153
7
"Toumei Datta Sekai"
(por Motohiro Hata)
154-179
13
"Jitensha"
(por Ore Ska Band)
154-166
14
"Utakata Hanabi"
(por Supercell)
167-179
8
"Diver"
(por Nico Touches the Walls)
180-205
15
"U' Can do It"
(por Domino)
180-192
16
"Mayonaka no Orchestra"
(por Aqua Timez)
193-205
9
"Lovers"
(por 7!! Seven Oops)
206-230
17
"Freedom"
(por HOME MADE Kazoku)
206-218
18
"Yokubou o Sakebe!!"
(por Okamoto's)
219-230
10
"Newsong"
(por Tacica)
231-256
19
"Place to Try"
(por TOTALFAT)
231-242
20
"By My Side"
(por HEMENWAY)
243-256
11
"Totsugeki Rock"
(por THE CRO-MAGNONS)
257-281
21
"Cascade"
(por UNLIMITS)
257-268
22
"Kono Koe Karashite"
(por AISHA Feat. CHENON)
269-281
12
"Moshimo"
(por Daisuke)
282-306
23
"Mother"
(por MUCC)
282-295
24
"Sayonara Memory"
(por 7!! Seven Oops)
296-306
13
"Niwaka Ame Nimo Makezu"
(por Nico Touches the Walls)
307-332
25
"I Can Hear"
(por DISH//)
307-319
26
"Yume o Kakaite ~Hajimari no Kurisurodo~"
(por Rake)
320-332
14
"Tsuki no Ōkisa"
(por Nogizaka46)
333-356
27
"Black Night Town"
(por Akihisa Kondou)
333-343
28
"Niji"
(por Shinkū Horō)
344-356
15
"Guren"
(por DOES)
357-379
29
"FLAME"
(por DISH//)
357-366
30
"Never Change feat.Lyu:Lyu"
(por SHUN)
367-379
16
"Silhouette"
(por KANA-BOON)
380-405
31
"Damedame"
(por Tomita Shiori)
380-393
32
"Spinning World"
(por Diana Garnet)
394-405
17
"Kaze"
(por Yamanazu)
406-
33
"Kotoba ni Naranai Yakusoku"
(por Sana)
406-418
34
"Niji no Sora"
(por Flow)
418-

Filmes

A série teve ao todo dez filmes; dos quais os três primeiros estão situados no enredo oficial da primeira fase, e os seis seguintes podem ser considerados fillers de Naruto Shippuden. O primeiro filme, O Confronto Ninja no País da Neve, foi lançado dia 21 de agosto de 2004 no Japão e em abril de 2010 diretamente em DVD no Brasil. Conta a história do Time 7 sendo encarregado de ir ao País da Neve para proteger os atores durante as filmagens do novo filme da Princesa Fuun, a qual Naruto é um fã. Como um extra, o OVA A Grande Gincana da Vila da Folha foi incluída na versão japonesa do filme.[79]

O filme seguinte foi Legend of the Stone of Gelel, traduzido de maneira não-oficial como As Ruínas Fantasmas nos Confins da Terra - o filme não teve seu lançamento por nenhuma distribuidora no Brasil - já nos cinemas japoneses, o filme estreou dia 6 de agosto de 2005. O longa envolve Naruto, Shikamaru e Sakura durante uma missão ninja em que eles são envolvidos em uma guerra entre a Vila Oculta da Areia e um grande número de guerreiros armados.[80]

O terceiro filme, Guardians of the Crescent Moon Kingdom, também traduzido de maneira não-oficial como A Revolta dos Animais da Lua Crescente, foi lançado dia 5 de agosto de 2006 no Japão. A história conta como Naruto, Sakura, Lee e Kakashi são designados para proteger o futuro príncipe do País da Lua, Hikaru Tsuki.[81]  

O quarto longa da série e primeiro de sua segunda faseNaruto Shippuden the Movie, foi lançado na Terra do Sol Nascente dia 4 de agosto de 2007 e conta a missão de Naruto de proteger o padre Shion que começou a ter visões da morte do protagonista título.[82] O quinto filme, Naruto Shippuden the Movie: Bonds, estreou dia 2 de agosto de 2008. Narra o ataque de um ninja do País do Céu a Folha e que para pará-lo, Naruto e Sasuke trabalham juntos.[83] O próximo longa, Naruto Shippuden the Movie: The Will of Fire, chegou aos cinemas dia 1 de agosto de 2009[84] e mostra a história do Time Kakashi trabalhando juntos para impedir que o próprio Kakashi se sacrifique para parar uma Guerra Mundial Ninja. Naruto Shippuden the Movie: The Lost Tower foi o próximo a ser lançado no Japão no dia 31 de julho de 2010. Conta a história de Naruto sendo enviado para 20 anos no passado e explorando, com o futuro Quarto Hokage, uma torre mistica comandada por um ninja fugitivo. O oitavo filme da série, Naruto the Movie: Blood Prison, lançado dia 30 de julho de 2011, mostra Naruto sendo acusado de tentativa de assassinato ao Raikage e suas tentativas de sair da prisão enquanto descobre seus segredos.[85] Road to Ninja: Naruto the Movie foi o próximo da lista; lançado dia 28 de julho de 2012,[86] o longa narra Naruto e Sakura sendo enviados por Tobi para um universo alternativo, em que a personalidade de seus amigos está diferente e situações ocorridas no universo tradicional foram mudadas. 

O décimo filme da série estreou dia 6 de dezembro de 2014 no Japão e está com data de estreia agendada para 7 de maio de 2015 no Brasil,[87] sendo o primeiro filme da série a ser lançado nos cinemas do país. The Last: Naruto the Movie foi feito para comemorar o 15º aniversário da série e é o primeiro a fazer parte do enredo oficial da franquia. O longa mostra Naruto e seus companheiros dois anos após os acontecimentos do Capítulo 699 do mangá tentando impedir que a Lua se choque com a Terra. Assim como Road to Ninja, o esboço do roteiro e os designs das personagens foram feitos por Masashi Kishimoto.

A dublagem de Naruto Shippuden já foi iniciada no Brasil, porém não foi anunciado se os nove filmes citados que não possuem a versão brasileira serão dublados no processo.

Trilha sonora

As trilhas sonoras da primeira fase de Naruto foram compostas e arranjadas por Toshio Masuda. A primeira, intitulada Naruto Original Soundtrack foi lançada dia 3 de abril de 2003 e contém vinte e duas faixas que apareceram durante a primeira temporada do anime.[88] A segunda, chamada Naruto Original Soundtrack II teve lançamento dia 18 de março de 2004 e contém dezenove faixas.[89] A terceira, denominada de Naruto Original Soundtrack III começou a ser vendida dia 27 de abril de 2005 e contém vinte e três faixas.[90]

Um conjunto de duas trilhas sonoras contendo todas as aberturas e encerramentos da primeira fase, intitulados Naruto: Best Hit Collection e Naruto: Best Hit Collection II, foi lançado dia 17 de novembro de 2004 e dia 2 de agosto de 2006, respectivamente.[91] [92] De todas as faixas da série, oito foram selecionadas e lançadas dia 19 de dezembro de 2007 em um CD chamado Naruto in Rock – The Very Best Hit Collection Instrumental Version.[93] Cada um dos três filmes da primeira fase têm uma trilha sonora que teve seu lançamento perto da estreia de seus respectivos longas.[94] [95] Também existem vários CD Drama que contêm a voz original dos atores que dublam personagens em Naruto.[96]

As trilhas sonoras de Naruto Shippuden têm sido produzidas por Yasuharu Takanashi; embora alguns episódios usem faixas da primeira fase. O primeiro e o segundo álbum (Naruto Shippūden Original Soundtrack e Naruto Shippuden Original Soundtrack II) foram lançados dia 9 de dezembro de 2007 e dia 16 de dezembro de 2009, respectivamente.[97] [98] Naruto All Stars teve lançamento em julho de 2008 e possui dez músicas originais de Naruto remixadas e cantadas por personagens da série.[99] Dez temas das duas fases foram reunidos no box Naruto Super Hits 2006-2008, publicado dia 23 de julho de 2008.[100] Cada um dos filmes de Naruto Shippuden tiveram suas trilhas sonoras lançadas a partir agosto de 2007.[101] [102] [103] [104] [105] [106] A trilha sonora do último filme lançado, The Last: Naruto the Movie, começou a ser vendida dia 3 de dezembro de 2014.[107]

Outros

Rock Lee no Seishun Full-Power Ninden

Rock Lee no Seishun Full-Power Ninden (ロック・リーの青春フルパワー忍伝, Rokku Rī no Seishun Furupawā Ninden?, lit. "Rock Lee e as Peripércias Ninjas de uma Juventude Poderosa") é uma série spin-off de Naruto em SD criada por Kenji Taira, focando Rock Lee como personagem principal. Começou como um mangá publicado pela editora Shueisha na revista Saikyō Jump,[108] e posteriormente, deu origem à um anime exibido na TV Tokyo.[109]

Jogos eletrônicos

Os jogos eletrônicos de Naruto foram lançados para diversos consoles da Nintendo, Sony e Microsoft. A maior parte deles são jogos de luta em que o jogador pode controlar um dos personagens da franquia e enfrentar os restantes. O primeiro jogo de Naruto foi Naruto: Konoha Ninpōchō, lançado no Japão em 2003 para o console portátil WonderSwan Color. Os primeiros jogos lançados fora do Japão foram Naruto: Gekitou Ninja Taisen e Naruto: Saikyou Ninja Daikesshu, lançados no ocidente como Naruto: Clash of Ninja e Naruto: Ninja Council.

Jogo de cartas colecionáveis

Publicado pela Bandai, o Naruto Collectible Card Game é um jogo de cartas colecionáveis baseado na série. O jogo foi lançado em 2006 e depois de um tempo lançado em vários países. No Brasil o jogo já foi vendido por meio de pacotes individuais e álbuns de figurinhas. Além disso também foram lançados tazos especiais pela empresa Elma Chips em seus produtos com a marca de uma shuriken em 2008.

Artbooks e Databooks

Foram lançados vários suplementos para a série Naruto.

Um artbook chamado Art of Naruto: Uzumaki contém ilustrações da Parte 1 do mangá e foi lançado no Japão e nos Estados Unidos.[110] Para a Parte 2 do mangá foi lançado o artbook PAINT JUMP: Art of Naruto pela Shueisha no dia 4 de Abril de 2008[111]

Uma série de Guidebooks foram lançadas. Para a Parte 1 foram lançados no Japão os DataBooks Primeiro Data Book Oficial (秘伝・臨の書キャラクターオフィシャルデータBOOK, Hiden: Rin no Sho Character Official Data Book?)[112] e Segundo Data Book Oficial (秘伝・闘の書キャラクターオフィシャルデータBOOK, Hiden: Tō no Sho Kyarakuta Ofisharu data?).[113] Esses livros contém os perfis dos personagens e guia de Jutsu. Para a Parte 2 da série foi lançado o Terceiro DataBook.

Para o anime, uma série de Guidebooks chamada Naruto anime profiles foi lançada. Esses livros contém informações sobre a produção dos episódios do anime e explicações para o design dos personagens.[114]

Referências

  1. a b PlayTV Anuncia Naruto Shippuden e Yu-Gi-Oh! JBox.com.br (27 de Janeiro de 2015). Visitado em 29 de Janeiro de 2015.
  2. a b Naruto online | Netflix Netflix. Visitado em 01 de Fevereiro de 2015.
  3. a b Naruto Shippuden online | Netflix Netflix (1 de Fevereiro de 2015). Visitado em 1 de Fevereiro de 2015.
  4. a b Naruto Shippuden Claro Video. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  5. a b Naruto Claro Video. Visitado em 1 de Fevereiro de 2015.
  6. Naruto Manga Has 200 Million in Print Worldwide Anime News Network (11 de Agosto de 2014). Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  7. Revista American Shonen Jump, dezembro de 1991 • vol. 5, número 12, página 56.
  8. SJ Runs Yu-Gi-Oh's End, Slam Dunk's Debut, Naruto's Origin Anime News Network (11 de Maio de 1991). Visitado em 21 de novembro de 1991.
  9. Kishimoto Masashi, Uzumaki: the Art of Naruto, 2007, Viz Media, página 138, ISBN 1-4215-1407-9
  10. Kishimoto Masashi, Uzumaki: the Art of Naruto, 2007, Viz Media, página 141, ISBN 1-4215-1407-9
  11. Kishimoto Masashi, Uzumaki: the Art of Naruto, 2007, Viz Media, página 142, ISBN 1-4215-1407-9
  12. Kishimoto Masashi, Uzumaki: the Art of Naruto, 2007, Viz Media, página 112-114, ISBN 1-4215-1407-9
  13. Kishimoto Masashi, Uzumaki: the Art of Naruto, 2007, Viz Media, página 118, ISBN 1-4215-1407-9
  14. Kishimoto Masashi, Uzumaki: the Art of Naruto, 2007, Viz Media, página 145, ISBN 1-4215-1407-9
  15. Shonen Jump#33 Volume 3 Número 9, Setembro de 2005, Página 8, Viz Media
  16. USA Shonen Jump, Maio de 2006, Viz Media
  17. The Rise and Fall of Weekly Shōnen Jump: A Look at the Circulation of Weekly Jump Comi Press (6 de Março de 2007). Visitado em 21 de novembro de 2008.
  18. a b 2008's Top-Selling Manga in Japan, #1-25 Anime News Network (19 de Dezembro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  19. 2008's Top-Selling Manga in Japan, by Series Anime News Network (2 de Janeiro de 2009). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  20. USA Today's Top 150 Best Seller list features Viz Media's Shonen Jump's Naruto manga at number 29 Viz Media (7 de Março de 2006). Visitado em 21 de novembro de 2008.
  21. a b Naruto Nabs Quill Award ICv2 (12 de Outubro de 2006). Visitado em 21 de novembro de 2008.
  22. A Quiet Week for Manga on Booklist Anime News Network. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  23. Naruto 11 Breaks Booklist Record Anime News Network. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  24. USA Today Booklist, March 3–9: Highest-Ranking Naruto Anime News Network. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  25. BookScan's Top 20 Graphic Novels for March icv2. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  26. Viz Wins Two 2007 Gem Manga Awards from Diamond Anime News Network (7 de Abril de 2008). Visitado em 21 de novembro de 2008.
  27. TOP 20 Q3 2008 MANGA PROPERTIES ICv2 (10 de Novembro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  28. Naruto Makes Yahoo's Top-10 Search Terms List at #7 Animes News Network (3 de Dezembro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  29. Naruto Vol. 13 Review IGN (27 de Fevereiro de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  30. Naruto GN 8-10 - Review Anime News Network (2 de Novembro de 2006). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  31. Naruto GN 28 - Review Anime News Network (7 de Agosto de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  32. Naruto Vol. #28 Review Mani Entertainment (27 de Fevereiro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  33. Japan's Favorite TV Anime Anime News Network (12 de Outubro de 2006). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  34. Japanese Anime TV Ranking, April 9-15 Anime News Network (19 de Maio de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  35. Japanese Anime TV Ranking, September 22–28 Anime News Network (10 de Julho de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  36. Studio 23 tops USTv Awards Inquirer.net (22 de Fevereiro de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  37. NYCC 07: Viz Anime Dominates Award Noms IGN (13 de Fevereiro de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  38. Top Q3 2008 Anime Properties ICv2 (10 de Novembro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  39. Naruto Box Set 04 (also w/special edition) Mania Entertainment (4 de Outubro de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  40. Naruto Uncut Box Set 10 Limited Edition (Adnace Review) Active Anime (7 de Outubro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  41. Naruto DVD - Uncut DVD Box Set 6 - Review Anime News Network (29 de Fevereiro de 2008). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  42. THEM Anime Reviews 4.0 - Naruto T.H.E.M. Anime Reviews. Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  43. THEM Anime Reviews 4.0 - Naruto - Second Opinion T.H.E.M. Anime Reviews. Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  44. Naruto Special: Battle at Hidden Falls. I am the Hero! Anime News Network (4 de Agosto de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  45. Naruto OVA - The Lost Story DVDTalk.com (8 de Junho de 2007). Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  46. Diferenças e censuras em Naruto (em Japonês) Anime-editz.net. Visitado em 24 de Janeiro de 2015.
  47. Masashi Kishimoto Viz Media. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  48. NARUTO 1 Shueisha. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  49. NARUTO 44 Shueisha. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  50. a b NARUTO―ナルト― s-book.com. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  51. 劇場版NARUTO―ナルト― s-book.com. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  52. 劇場版NARUTO―ナルト―疾風伝― ゲキジョウバンナルト Shueisha. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  53. Naruto (manga) Anime News Network. Visitado em 1 de Fevereiro de 2015.
  54. a b Alverson, Brigid (1 de Maio de 2007). Viz Speeds Up Naruto Releases - 5/1/2007 - Publishers Weekly Publishers Weekly. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  55. A NEW GENERATION, A NEW DESTINY Viz Media (17 de Novembro de 2008). Visitado em 21 de novembro de 2008.
  56. Fall 2007 Naruto Box Set, Volumes 1-27 (Naruto) Amazon.com. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  57. Naruto #1 Universo HQ. Visitado em 01/06/2010.
  58. Checklist Panini – Abril: Editora Lança Dragon Ball JBox.com.br (9 de Abril de 2012). Visitado em 1 de Fevereiro de 2015.
  59. Naruto Pocket Panini Comics (17 de Maio de 2010). Visitado em 1 de Fevereiro de 2015.
  60. Naruto Pocket Panini Comics (17/05/2010). Visitado em 01/06/2010.
  61. Exóticos quadrinhos orientais Omelete (29 de Novembro de 2000). Visitado em 01/06/2010.
  62. Naruto story (em Japonês) TV Tokyo. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  63. Naruto staff (em Japonês) TV Tokyo. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  64. Naruto Filler to End Anime News Network (4 de Dezembro de 2006). Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  65. Naruto Shonen (em Japonês) TV Tokyo. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  66. Lista de animes distribuídos pela Aniplex (em Japonês) Aniplex. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  67. Naruto (TV) - Anime News Network Anime News Network. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  68. IGN: Naruto: Season 1 IGN. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  69. Naruto review IGN. Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  70. Joost Streams Legal, Subbed Naruto, Death Note for Free (Updated) Anime News Network (23 de Setembro de 2008). Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  71. Hulu.com Launches Channel for Free, Legal Anime Streams (Update 2) Anime News Network (23 de Setembro de 2008). Visitado em 11 de Janeiro de 2015.
  72. Naruto: Shippuden episodes from 2007 (em Japonês) TV Tokyo (22 de Junho de 2009). Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  73. PRESS RELEASE; Re: Animated Television Series Naruto available worldwide, same day as Japanese Premiere (PDF) TV Tokyo (17 de Novembro de 2008). Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  74. Viz Media Announces Unprecedented Multimedia Campaign to Provide Near Simultaneous U.S.-Japan Release of New Naruto Shippuden Animated Episodes for Free on www.Naruto.com Anime News Network (17 de Novembro de 2008). Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  75. Disney XD to Add Naruto Shippūden in U.S. (Updated) Anime News Network (10 de Setembro de 2009). Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  76. Toonami Announcement Toonami.tumblr.com. Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  77. Naruto Shippuden Estreia no Brasil Via Claro Vídeo JBox.com.br (3 de Janeiro de 2015). Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  78. Playarte Lançará Naruto Shippuden em DVD JBox.com.br (8 de Janeiro de 2015). Visitado em 12 de Janeiro de 2015.
  79. Japan Box Yearly Box Office 2004 Box Office Mojo. Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  80. Japan Box Yearly Box Office 2005 Box Office Mojo. Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  81. Japan Box Yearly Box Office 2006 Box Office Mojo. Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  82. Japan Box Yearly Box Office 2007 Box Office Mojo. Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  83. Newest Naruto Movie Named, Dated: Kizuna on August 2 Anime News Network (4 de Julho de 2008). Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  84. Naruto10th Naruto 10th anniversary website. Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  85. 4th Bleach Film, 4th Naruto Shippūden Film Green-Lit Anime News Network (16 de Dezembro de 2009). Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  86. 6th Naruto Shippuuden Movie Titled, Dated Animekon (21 de Março de 2012). Visitado em 29 de dezembro de 2014.
  87. The Last: Naruto The Movie Estreará no Brasil! JBox.com.br (22 de Janeiro de 2015). Visitado em 22 de Janeiro de 2015.
  88. NARUTO - Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  89. NARUTO - Original Soundtrack II CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  90. NARUTO - Original Soundtrack III CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  91. NARUTO - Best Hit Collection Regular Edition CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  92. NARUTO - Best Hit Collection 2 [w/ DVD, Limited Pressing] CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  93. Naruto in Rock -The Very Best Hit Collection Instrumental Version CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  94. Theatrical Feature NARUTO - Daikatsugeki! Yukihime Ninpocho Dattebayo!! - Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  95. Theatrical Feature NARUTO - Daikatsugeki! Yukihime Ninpocho Dattebayo!! - Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  96. NARUTO Drama CD Series Vol.1 CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  97. Naruto Shippuden Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  98. Naruto Shippuden Original Soundtrack II CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  99. Naruto All Stars CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  100. CD TV Tokyo. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  101. Naruto Shippuden The Movie Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  102. Movie Naruto Shippuden Kizuna Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  103. Theatrical Feature NARUTO Shippuden Hi no Ishi wo Tsugu Mono Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  104. Theatrical Anime NARUTO Shippuden The Lost Tower Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  105. NARUTO The Movie - Blood Prison Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  106. Road To Ninja - Naruto The Movie - Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  107. The Last - Naruto The Movie - Original Soundtrack CDJapan. Visitado em 2 de Janeiro de 2015.
  108. Rock Lee no Seishun Full-Power Ninden - Vol. 1 (em japonês)
  109. Naruto’s Rock Lee Spin-off TV anime slated for april 2012 (em inglês)
  110. The Art of Naruto: Uzumaki Viz Media. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  111. PAINT JUMP Art of NARUTO-ナルト- ペイント ジャンプ Shueisha. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  112. NARUTO―ナルト―[秘伝・臨の書] Shueisha. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  113. NARUTO―ナルト―[秘伝・闘の書] Shueisha. Visitado em 21 de novembro de 2008.
  114. Viz Media - products. Naruto: Anime Profiles Viz Media. Visitado em 21 de novembro de 2008.

Ligações externas

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons