Natalia Molchanova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Molchanova Natalia 1, Danmark, Aarhus, 5th Individual freediving World Championship, 2009.jpg

Natalia Vadimovna Molchanova Russian: Наталья Вадимовна Молчанова; (Ufa 8 de maio de 1962 - Ibiza 2 de agosto de 2015) foi uma mergulhadora russa, detentora de múltiplos recordes mundiais[1] e presidente da confederação russa de mergulho livre.

Em agosto de 2015, Molchanova desapareceu durante um mergulho recreativo e foi considerada “presumivelmente morta” após esforços de buscas terem sido abandonadas em 5 de agosto de 2015.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Molchanova nasceu em Ufa em 1962.[3] Molchanova tem um filho, Alexey, e uma filha, Oksana.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Molchanova foi a mais condecorada atleta de mergulho livre da história. Ela possuía 41 recordes mundiais à época de de seu desaparecimento e venceu 23 medalhas de ouro ao longo da carreira.[4] No campeonato mundial de mergulho livre em 2007, em Maribor na Suécia, o tempo de Molchanova foi superior ao do medalhista masculino.[5] Em setembro de 2009, ela se tornou a primeira mulher a ultrapassar os 100 metros de mergulho com peso constante, num mergulho de 101 metros em Sharm el Sheik no Egito.[6]

Molchanova começou como nadadora, mas se retirou após dar à luz. Molchanova voltou a treinar com 40 anos, mudando da natação para o mergulho livre. Estreou em competições de mergulho livre em 2003 no campeonato russo em Moscou, onde conquistou um recorde nacional. O filho de Molchanova também participa em competições de mergulho livre. Molchanova, mais tarde, trabalhou como instrutora de mergulho livre na Universidade Estadual de Educação Física, Desporto, Juventude e Turismo da Rússia..[3]

Desaparecimento[editar | editar código-fonte]

Em 2 de agosto de 2015, ela desapareceu após um mergulho próximo à Ibiza na Espanha. Iniciais tentativas de busca não foram bem sucedidas. Em 5 de agosto, ela foi presumida falecida.[7][1]

Recordes mundiais[editar | editar código-fonte]

Alexey e Natalia Molchanova no campeonato mundial de  mergulho livre em 2007.
Apnea Recorde Data Local
FIM 91 m 21 Sep 2013 Kalamata (Grécia)
CNF 69 m 16 Sep 2013 Kalamata (Grécia)
STA 9:02" 28 Jun 2013 Belgrade (Sérvia)
DYN 234 m 28 Jun 2013 Belgrade (Sérvia)
DNF 182 m 27 Jun 2013 Belgrade (Sérvia)
CNF 68 m 25 Abril 2013 Dahab (Egito)
VWT 127 m 6 Jun 2012 Sharm (Egito)
CNF 66 m 8 Maio 2012 Dahab (Egito)
FIM 88 m 24 Set 2011 Kalamata (Grécia)
CWT 101 m 22 Set 2011 Kalamata (Grécia)
CWT 100 m 16 Abril 2011 Blue Hole (Bahamas)
VWT 125 m 16 Junho 2010 Kalamata (Grécia)[8]
DYN 225 m 25 Abril 2010 Moscow (Rússia)[8]
CNF 62 m 3 Dez 2009 Blue Hole (Bahamas)[8]
FIM 90 m* 27 Set 2009 Sharm (Egito)[8]
CWT 101 m* 25 Set 2009 Sharm (Egito)[8]
STA 8:23" 21 Agosto 2009 Aarhus (Dinamarca)[8]
DNF 160 m 20 Agosto 2009 Aarhus (Dinamarca)[8]
DYN 214 m 5 Outubro 2008 Lignano (Itália)[8]
FIM 85 m 27 Julho 2008 Crete (Grécia)[8]
CWT 95 m 25 Julho 2008 Crete (Grécia)[8]
CNF 60 m 12 Junho 2008 Dahab (Egito)[8]
FIM 82 m 10 Junho 2008 Dahab (Egito)[8]
DNF 149 m 7 Julho 2007 Maribor (Eslovênia)[8]
STA 8:00" 6 Julho 2007 Maribor (Eslovênia)[8]
DYN 205 m 5 Julho 2007 Maribor (Eslovênia)[8]
FIM 80 m 3 Junho 2006 Dahab (Egito)[8]
DYN 200 m 23 Abril 2006 Moscow (Rússia)[8]
STA 7:30" 22 Abril 2006 Moscow (Rússia)[8]
DNF 131 m 20 Dezembro 2005 Tokyo (Japão)[8]
CNF 55 m 7 Novembro 2005 Dahab (Egito)[8]
FIM 78 m 5 Novembro 2005 Dahab (Egito)[8]
CWT 86 m 3 Setembro 2005 Villefranche (França)[8]
DNF 124 m 25 Agosto 2005 Renens (Suiça)[8]
STA 7:16" 25 Agosto 2005 Renens (Suiça)
DYN 178 m 25 Agosto 2005 Renens (Suiça)[8]
DYN 172 m 24 Abril 2005 Moscow (Rússia)[8]
DNF 108 m 23 Abril 2005 Moscow (Rússia)[8]
DYN 155 m 25 Abril 2004 Moscow (Rússia)[8][9]
DYN 150 m 26 Maio 2003 Limassol (Cipre)[8]
  • Note 1: Os dois recordes de 2009, 101 m e 90 m, foram revogadas pela federação oito meses depois de terem sido definido. A razão para isso foi a introdução de uma nova regra, que foi depois aplicado retroativamente.
  • Note 2: Federação de mergulho livre define os vários códigos de apeneia.  Os recordes de distância estão em metros; e os tempos de duração em minutos e segundos..

Referências

  1. a b c Skolnick, Adam (4 de agosto de 2015). «Free Diver Natalia Molchanova Descends for Fun, Then Vanishes». New York Times. Consultado em 5 de agosto de 2015 
  2. http://brasil.elpais.com/brasil/2015/08/05/deportes/1438771533_681774.html
  3. a b Oksana Gredzheva. Чемпионка мира-2005 по фридайвингу Наталья МОЛЧАНОВА Arquivado em 9 de agosto de 2015, no Wayback Machine.. free-diving.ru (interview in Russian)
  4. «Natalia Molchanova, Freediving Champion, Missing and Feared Dead». NBC News. 5 de agosto de 2015. Consultado em 5 de agosto de 2015 
  5. «Natalia Molchanova: World's most successful free-diver missing and feared dead after disappearing in Mediterranean». The Independent. 4 de agosto de 2015. Consultado em 5 de agosto de 2015 
  6. «New World Record – Molchanova CWT 101m». Deeper Blue. 24 de setembro de 2009. Consultado em 5 de agosto de 2015 
  7. «Champion diver is missing» 
  8. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab Natalia Molchanova. apneamania.com
  9. McKie, N (2004). «Freediving in cyberspace.». Journal of the South Pacific Underwater Medicine Society. 34: 101–3. Consultado em 5 de outubro de 2013