Nate Grey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde maio de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
X-Man
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição X-Man #1
Criado por Jeph Loeb
Steve Skroce
Características do personagem
Alter ego Nathaniel "Nate" Grey
Espécie Humano Mutante
Afiliações X-Men
Irmandade de Mutantes
Habilidades Telepatia
Telecinese
Clarisciência
Precognição
Viagem Interdimensional.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

X-Man é o pseudônimo de Nate Grey, um personagem do quadrinho americano no Universo Marvel Comics, mais especificamente nas histórias dos X-men.

Criação[editar | editar código-fonte]

Nate surgiu na Era do Apocalipse, como um "filho" do Ciclope e da Jean Grey daquela realidade. O vilão Senhor Sinistro utilizou o material genético dos dois para criar a arma suprema contra Apocalipse. Nate foi libertado das masmorras por Ciclope, e fugiu para o norte dos EUA. Lá encontrou Forge liderando um grupo de mutantes refugiados, composto por Groxo (um sábio disforme), Sauron (o homem-pterodáctilo), Bruto (retardado mental com superforça), Mestre Mental (ilusionista mudo) e posteriormente Syrin (rajadas sônicas), salva por Nate. Forge praticamente criou e educou Nate, tendo um papel fundamental em sua formação e caráter.

Porém, o imenso poder do jovem não passou despercebido. O Mestre das Sombras identificou suas atividades e avisou Lorde Apocalipse, que enviou seus matadores de elite (Dominó, Urso Escarlate e Caliban) para recrutar ou eliminar o rapaz. O grupo supera essa ameaça, mas sucumbe logo depois, pois Sinistro se infiltrou no grupo, matou Forge e o resto dos amigos de Nate, levando esse a fúria que culminou com a morte de Sinistro, logo após a revelação de que Nate foi criado com o objetivo de ser a arma final de Sinistro contra Apocalipse (enquanto Sinistro pretedia galgar o próximo degrau da escala evolucionária, criando o mutante perfeito - que seria Nate - Apocalipse apenas se ocupava com a dizimação e destruição em nome da sobrevivência do mais forte). Nate foi então atrás de Apocalipse no exato momento em que os X-men daquela realidade atacavam sua fortaleza. Em uma feroz batalha contra Holocausto, Nate acabou utilizando um dos pedaços do Cristal Mikraan em seu corpo e transportou os dois para a realidade "normal" dos X-men.

Um Estranho no Ninho[editar | editar código-fonte]

Após os eventos que decretaram o fim da Era do Apocalipse, Nate vem parar no nosso mundo, caindo nos Alpes Suíços. Desorientado e sem saber o que fazer, Nate encontra-se (e muitas vezes maravilha-se) com pessoas normais e paisagens de nosso mundo, além de também encontrar-se (e muitas vezes entrar em conflito) com muitos dos mais poderosos personagens Marvel.

Devido ao seu enorme potencial, muitas são as pessoas a entrar em contato com ele e tentam fazê-lo aliado, tais como: Madelyne Pryor (com quem faz amizade), Selene (da qual escapole facilmente), Fera Negro (o qual derrota em combate) e o Professor Charles Xavier, que o aborda em um momento de conflito e é rechaçado antes de ser compreendido. No combate, Nate consegue expulsar Charles Xavier do plano psíquico, o que fez com que inconscientemente o entrave psíquico que mantinha Massacre preso fosse liberado na psiquê do Professor Charles Xavier.

Após esse combate, Nate ironicamente encontra-se com Vampira, que sugere que ele vá para a Ilha Muir, onde a Dra. Moira McTaggert o examina e conclui que seu corpo não vai aguentar o nível de poder que o jovem possui por muito tempo. A única saída para prolongar sua vida seria minimizar o uso de suas habilidades. Porém, diversos acontecimentos tornam isso impossível, pois ao sair da Ilha Muir à procura de Madelyne Pryor, batalhas ainda mais ferrenhas acontecem na vida do herói, pois ele se envolve diretamente na Saga Massacre.

Massacre[editar | editar código-fonte]

Nate acaba se tornando peça-chave para os planos de Massacre,que sequestra o jovem juntamente com Franklin Richards, intencionando usar os imensos poderes psiônicos de Nate aliados ao poderes de manipulação da realidade de Franklin para eliminar a humanidade e deixar a Terra sob o controle dos mutantes.

Porém, após investigar a mente de Nate e conhecer a realidade da Era do Apocalipse, Massacre conclui que nem mesmo os mutantes estão a altura de herdar a Terra, e decide erradicar toda a vida existente no planeta. Somente com o ataque conjunto dos X-Men, Quarteto Fantástico e Vingadores, aliado à "resistência interna" propiciada por Nate e Franklin, Massacre é derrotado. Porém, com o sacrifício de todo o Quarteto Fantástico e dos Vingadores.

Pós-Massacre[editar | editar código-fonte]

Após a saga, Nate continua isolado das "Equipes X", tentando levar uma vida pacata com Lamúria, alugando um apartamento em Nova York. Porém, seus poderes, cada vez mais fracos, são quase exauridos quando ele reencontra Madelyne Pryor. Descobrindo que foi ele o responsável pelo ressurgimento do clone, tenta destruí-la. Porém, no combate ela demonstra ter habilidades telepáticas e telecinéticas equivalente às de Jean Grey, o que faz com que consiga fugir do rapaz.

Os Doze[editar | editar código-fonte]

Na saga Os 12, Nate é capturado pelo Apocalipse e o vilão cria uma forma de tentar se fundir com Nate para se torna a criatura mais poderosa do mundo. Porém Ciclope o salva empurrando Nate e Apocalipse acaba se fundindo com Ciclope. Depois disso Nate resolve seguir seu caminho para ter uma vida tranquila e se muda para o Japão.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Nate Grey é um Mutante nível Omega. Nate tem poderes mutantes equivalentes aos de Cable, mas sem o efeito do vírus tecnorgânico que impede Cable de demonstrar a verdadeira extensão de seus poderes. Seus inacreditáveis poderes telepáticos e telecinéticos, o colocam entre os mais poderosos mutantes do mundo. Na verdade, se Nate utilizar seus quase ilimitados poderes psiônicos além da conta, seu corpo não suportará e ele morrerá.

Referências

  • a b X-Man #-1
  • X-Man #1-2
  • X-Man #2-3
  • X-Man #4
  • X-Men: Omega (1995)
  • X-Man #5-7
  • X-Man #9
  • a b X-Man #10
  • X-Man #14
  • X-Man #12
  • X-Man #11
  • X-Man #13-17
  • X-Man #18-23
  • X-Man #24-26
  • X-Man #27-30
  • X-Man #32-33
  • X-Man #34-38
  • X-Man #39-41
  • X-Man #42-44
  • X-Man 47
  • X-Man #50
  • X-Man Annual '97
  • X-Man #53
  • X-Man #58
  • a b X-Man #66
  • a b X-Man #68
  • X-Man #69
  • X-Man #62-65
  • X-Man #71-74
  • X-Man #75
  • Dark X-Men #1
  • a b Dark X-Men #2
  • Dark X-Men #3
  • Dark X-Men #4
  • Dark X-Men #5
  • New Mutants, vol. 3 #25 (2011)
  • New Mutants, vol. 3 #27 (2011)
  • New Mutants Vol. 3 #29-32
  • New Mutants Vol. 3 #33-36
  • New Mutants Vol. 3 #37-38
  • New Mutants Vol. 3 #39
  • New Mutants Vol. 3 #40-43
  • Exiled One-Shot
  • Journey Into Mystery Vol. 1 #637-638
  • New Mutants Vol 3 #27
  • X-Man #62
  • X-Man #40
  • X-Man #67
  • X-Man #12, Excalibur #95
  • Cable vol. 1 #29
  • a b New Mutants Vol 3 #38
  • New Mutants Vol 3 #46
  • X-Man at Marvel.com
  • Uncannyxmen.net Spotlight on... X-Man