Nathuram Godse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nathuram Godse
Godse durante o seu julgamento
Nome Nathuram Godse
Data de nascimento 19 de maio de 1910
Data de morte 15 de novembro de 1949 (39 anos)
Nacionalidade(s) indiano
Crime(s) Assassinato de Mahatma Gandhi
Pena Pena de morte por enforcamento
Situação Morto desde 1949

Nathuram Vinayak Godse (19 de maio de 191015 de novembro de 1949)[1] foi o assassino de Mahatma Gandhi, no qual atirou no peito três vezes à queima-roupa em Nova Deli, em 30 de janeiro de 1948.[2] Godse, um nacionalista hindu, acreditava que Gandhi havia favorecido as demandas políticas dos muçulmanos durante a partição da Índia,[3] planejou o assassinato com Narayan Apte e seis outros conspiradores. Depois de um julgamento que durou mais de um ano, foi condenado à morte em 8 de novembro de 1949.[1] Apesar dos pedidos de comutação terem sido feitos pelos dois filhos de Gandhi, Manilal e Ramdas, eles foram rejeitados pelo primeiro-ministro da Índia, Jawaharlal Nehru, pelo vice-primeiro-ministro Sardar Vallabhbhai Patel e pelo governador-geral Chakravarthi Rajagopalachari.[4] Godse foi enforcado na Cadeia Central de Ambala em 15 de novembro de 1949.[5]

Referências

  1. a b Ott, Tim (18 de janeiro de 2019). «Nathuram Godse: Learn About the Man Who Assassinated Gandhi». Biography. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  2. Noorani, A.G. (8 de fevereiro de 2013). «The BJP and Nathuram Godse». Frontline. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  3. Bärthlein, Thomas (30 de janeiro de 2019). «1948: Assassinato de Mahatma Gandhi». Deutsche Welle. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  4. Gandhi, Rajmohan (2006). Gandhi: The Man, His People, and the Empire. [S.l.]: University of California Press. p. 660. ISBN 978-0-520-25570-8 
  5. Bandyopadhyay, Sekhar (2009). Decolonization in South Asia: Meanings of Freedom in Post-independence West Bengal, 1947–52. [S.l.]: Routledge. p. 146. ISBN 978-1-134-01824-6