Naturalismo (arte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antistub.png
Este artigo está em manutenção emergencial a fim de evitar uma futura eliminação. Ajude a corrigir imprecisões no texto e colocar fontes que atestem sua relevância. Caso precise de ajuda para corrigi-lo, proponha a manutenção emergencial do artigo, seguindo as instruções na página.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Naturalismo em arte se refere à descrição de objetos realísticos em ambientes naturais.[1][2]

O movimento do Realismo do século XIX defendeu o naturalismo em reação às estilizadas e idealizadas representações de assuntos em Romantismo, mas muitos pintores adotaram uma aproximação semelhante durante os séculos. Exemplo de Naturalismo é a obra de arte do artista americano William Bliss Baker, cujas pinturas da paisagem são consideradas algumas dos melhores exemplos do movimento do naturalismo. Uma parte importante do movimento do naturalismo foi a perspectiva de vida de Darwin e sua visão da futilidade do homem contra as forças da natureza.

O Naturalismo começou no início da era da Renascença, e se desenvolveu mais durante a Renascença, como por exemplo a Escola Florentina.

Naturalismo é um tipo de arte que presta atenção em qualquer detalhe preciso e retrata objetos e coisas como são.[2]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cultural, Instituto Itaú. «Naturalismo | Enciclopédia Itaú Cultural». Enciclopédia Itaú Cultural 
  2. a b Br, Artes. «Naturalismo - Algo Sobre». Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso 
Ícone de esboço Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.