Victoria (nau)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nau Victoria)
Ir para: navegação, pesquisa


NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Victoria
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Espanha
Proprietário  Espanha
Homônimo Igreja Santa Maria de la Victoria
Data de encomenda 1518
Lançamento 1519
Estado Desaparecido em rota para Sevilha vindo das Antilhas, 1570[1]
Características gerais
Tipo de navio Carraca
Tonelagem 85
Comprimento 18 a 21 metros
Tripulação 55
Notas
Primeiro navio a circunavegar o globo

Victória foi um nau comandada por Fernão de Magalhães e Juan Sebastián Elcano, O navio foi um dos cinco barcos que iniciaram a primeira volta ao mundo. O nome vem da igreja de Santa Maria de la Victoria de Triana, onde Magalhães jurou servir o rei Carlos I. Diz a tradição que o navio Victoria foi construído nos estaleiros de Zarauz (País Basco).

História[editar | editar código-fonte]

O Vitória foi o único navio de cinco que retornou à Espanha, dos 234 marinheiros que compunham a tripulação da frota apenas 18 voltaram. O próprio Fernão de Magalhães morreu lutando nas Filipinas.

Em 6 de setembro de 1522, Victoria chegou a Sanlúcar de Barrameda, comandada por Juan Sebastián Elcano e mais 17 sobreviventes. Chegando finalmente ao porto de Sevilla, em 8 de setembro, tornando o primeiro navio a circunavegar o globo. A carga de especiarias que trouxe no navio Victoria cubriu o custo de toda a expedição.

Tripulação que retornou[editar | editar código-fonte]

Nome Função
Juan Sebastián Elcano, de Getaria (Espanha) Comandante
Francisco Albo, de Rodas em Tui (Galiza) Piloto
Miguel de Rodas, de Tui (Galiza) Piloto
Juan de Acurio, de Bermeo Piloto
Antonio Lombardo (Pigafetta), de Vicenza Supernumerário
Martín de Judicibus, de Génova Imediato
Hernándo de Bustamante, de Alcântara Marinheiro
Nicholas the Greek, de Náuplia Marinheiro
Miguel Sánchez, de Rodas em Tui Galiza Marinheiro
Antonio Hernández Colmenero, de Huelva Marinheiro
Francisco Rodrigues, português de Sevilha Marinheiro
Juan Rodríguez, de Huelva Marinheiro
Diego Carmena, de Baiona Marinheiro
Hans de Aachen (Sacro Império Romano-Germânico) Artilheiro
Juan de Arratia, de Bilbao Habilidoso
Vasco Gómez Gallego, de Baiona Habilidoso
Juan de Santandrés, de Cueto Aprendiz
Juan de Zubileta, de Baracaldo Pajem

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bergreen, Laurence (2003). "XV- After Magellan". Over the Edge of the World (1 ed.). New York City: HarperCollins. p. 413. ISBN 0-06-621173-5.