Ndee Naldinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ndee Naldinho
Informação geral
Nascimento 26 de maio de 1969 (47 anos)
Origem São Paulo, SP
País  Brasil
Gênero(s) Rap
Período em atividade 1988— presente
Gravadora(s) TNT records
Afiliação(ões) Art Popular, RZO, Sistema Negro, Dina Di, Racionais MC's, Facção Central, Ordem Própria, DJ Cia, Edi Rock, Visão de Rua, Nego Jam entre outros..

Ndee Naldinho, (São Paulo, 26 de maio de 1969) é um cantor brasileiro. Ficou conhecido com sua canção Essa é a Lei (Tributo a Um Pilantra) com a participação da Dina Di, do grupo Visão de Rua, Sistema Negro, e Tribunal MC's seu video clipe contabiliza mais de 2 milhões de acessos no Youtube. Naldinho tem várias participações e expirações nos Racionais MC's, Facção Central, RZO, Tribunal MC's, Dina Di entre outros. Assim como o grupo que ele mesmo foi membro do Art Popular até chegar seguir carreira solo em 2001 com o contrato feito com a gravadora Fantasy Music em 2010 e gravou seu novo álbum O Povo da Periferia em 2002.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1988, foi o incentivador para a gravação da coletânea O Som das Ruas, da equipe Chic Show, promotora de shows de black music de São Paulo.[1] Na ocasião, conhecido como Ndee Rap, gravou as canções "Rap de Arromba" e "Melô da Lagartixa".[2] Em 1991, lançou seu primeiro álbum, Menos um Irmão, Chega Disso, que contém a música que o projetou nacionalmente: "E Essa Mulher de Quem É?".

Em 2007, com o lançamento do álbum Remix, Ndee Naldinho deixa a gravadora Fantasy Music e passa a gravar dentro de seu próprio estúdio. Em 2010, Ndee Naldinho gravou o single 4.0 - T.U.R.B.I.N.A.D.O., e tambêm o som "A Arte do Gueto" que contou com a participação do grupo de Samba Art Popular.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Vídeoclipes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chega de fofoca. Michael Jackson é pra dançar Jornal da Tarde, acessado em 26 de maio de 2010
  2. Ndee Naldinho Hip-Hop Brasil, acessado em 27 de maio de 2010
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.