Nebulosa da Aranha Vermelha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nebulosa da Aranha Vermelha
(NGC 6537)
{{{legenda}}}
Nebulosa da Aranha Vermelha
Dados observacionais (J2000)
Constelação Sagitario
Asc. reta 18h 05m 13.1s
Declinação -19° 50′ 34.9"
Magnit. apar. 13
Outras denominações
PK 10+0.1 / ISO 590-PN1
[[Imagem:|250px|]]

NGC 6537 é uma nebulosa planetária na constelação de Sagitário cerca de 3000 anos luz da Terra. É conhecida também com o nome de Nebulosa da Aranha Vermelha

NGC 6537 é uma nebulosa com dois lóbulos simétricos, originados pela atração gravitacional de uma anã branca e uma estrela acompanhante, ambas as invisíveis na imagem obtida com o Telescópio Espacial Hubble. Emitem uma enorme quantidade de raios X que não é observada, ao ficar fora do espectro visível.

A anã branca central, remanente compacto da estrela original, gera um forte vento estelar muito quente (~10 000 K) com uma velocidade de 2500-4000 km/s, que gerou ondas com picos de 100 000 milhões de quilômetros de longo.[1] Estas ondas são originadas por choques supersônicos, formados quando o gás é comprimido e esquentado pelos lóbulos expandindo-se a grande velocidade. Os átomos capturados nestas colisões emitem a luz mostrada na imagem. Com uma temperatura estimada de pelo menos 500 000 K, é uma das estrelas mais quentes conhecidas.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]