Neferquerés III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Neferquerés.
Neferquerés III
Cartucho de Neferquerés III na lista real de Abido
Faraó do Egito
Reinado Duração incerta
Antecessor(a) Neferquerés II (?)
Sucessor(a) Djedecaré Xemai (?)
 
Dinastia VII ou VIII dinastia
Religião Politeísmo egípcio
Titularia
Nome
G39N5<
N5nfrD28V30D58ii
>
(Nfr-k3-rˁ nbjj)
Trono
M23L2<
N5nfrD28
>
(Nfr k3 rˁ)
Título

Neferquerés III ou Nefercaré III (em egípcio: Nfr k3 rˁ) ou Neferquerés ou Nefercaré Nebi (em egípcio: Nfr-k3-rˁ nbjj) foi um faraó da VIII dinastia durante o início do Primeiro Período Intermediário (2181–2055 a.C.). De acordo com os egiptólogos Jürgen von Beckerath e Darrell Baker, foi o quarto rei da VII dinastia, pois aparece em quarto na Lista Real de Abido dentro da lista de reis atribuídos a esta dinastia.[1] Seu nome está claramente legível na Lista Real de Abido (número 43) e, ao contrário da maioria dos reis deste período, é atestado por outras duas fontes contemporâneas. Na verdade, seu nome aparece na porta falsa da tumba de Anquesempepi II e também está inscrito em seu sarcófago. Essas atestações mostram que ela aparentemente foi mãe de Neferquerés, o que provavelmente faria de seu pai Merenré I.[2]

A estela de Anquesempepi II registra que Neferquerés iniciou a construção de uma pirâmide, possivelmente em Sacará que foi batizada como Djedanque Nefercaré Nebi (Ḏd-ˁnḫ Nfr-k3-rˁ nbjj), ou seja, "Nefercaré Nebi é Duradouro para a Vida".[1] A localização da pirâmide é desconhecida e provavelmente nunca entrou significativamente na fase de construção.[2] Como muitos reis da VIII dinastia, está ausente do Cânone de Turim porque uma grande lacuna afeta o local onde seu nome teria sido listado.[3]

Referências

  1. a b Beckerath 1999, p. 66.
  2. a b Baker 2008, p. 267-268.
  3. Ryholt 2000, p. 99.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Baker, Darrell D. (2008). The Encyclopedia of the Pharaohs: Volume I - Predynastic to the Twentieth Dynasty 3300–1069 BC. Londres: Stacey International. ISBN 978-1-905299-37-9 
  • Beckerath, Jürgen von (1999). Handbuch der ägyptischen Königsnamen, Münchner ägyptologische Studien. Mogúncia: Philip von Zabern. ISBN 3-8053-2591-6 
  • Ryholt, Kim (2000). «The Late Old Kingdom in the Turin King-list and the Identity of Nitocris». Zeitschrift für Ägyptische Sprache und Altertumskunde. 127 (1): 87–119. ISSN 2196-713X